Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

sábado, 6 de dezembro de 2014

Diz Aí: Victor

O paraense Victor canta profissionalmente há 17 anos, e compõe desde 2007. Por mais de 10 anos, cantou na igreja, e também em eventos particulares (aniversários, casamentos e formaturas). Em 2008, foi premiado na 5ª Mostra de Intrérpretes de Música Popular Brasileira promovida pela Escola de Música da UFPA. No ano seguinte, formou-se em Psicologia também pela UFPA, e desde então vem conciliando as duas carreiras. 

Em novembro, Victor finalizou a produção de seu primeiro CD, intitulado Desafio, sobre o qual ele fala agora aos leitores do Som do Norte. A entrevista foi realizada por e-mail na quarta, 3. (Fabio Gomes)

***

Som do Norte - Victor, você está lançando agora o CD Desafio. Fale um pouco sobre o disco: onde ele foi gravado e quem participou das gravações?

Victor - O início do álbum 'Desafio' se deu em 2012, quando eu decidi correr atrás de parcerias para a produção das minhas composições e encarar a música como profissão. A música "Desafio" (Victor Romano - Rony Souza- Nelson Torres), faixa título do álbum, surgiu no meio dessa correria: Muitos ‘nãos’ e pouca ‘boa vontade’ dos artistas do meio musical de Belém me deixaram muito triste e ao mesmo tempo muito forte. Foi quando eu decidi que, mesmo diante de toda a dificuldade que eu encontrara, nada no mundo me impediria de realizar meu sonho. Continuei a lutar... Em maio de 2013 consegui fechar parceria com o Studio DNA, do professor de Música Nelson Torres. Esse foi o “cara” que olhou o meu projeto e, sem pensar duas vezes, abraçou a causa. As gravações iniciaram em maio de 2013 e finalizaram em novembro de 2014. Toda a instrumentação do CD foi feita pelo Nelson.

Som do Norte - Notei que você assina o disco apenas como "Victor", e no crédito das composições assina "Victor Romano", algum motivo em especial para isto?




Victor - (risos) Engraçado que todo mundo me faz essa pergunta, até porque a maioria das pessoas gosta muito do meu sobrenome. Todavia, apesar de gostarem do meu sobrenome, depois de certa aproximação, ninguém me chama de Victor Romano, e sim de Victor. É essa aproximação que eu quero buscar com meus fãs. Quero ter uma relação mais próxima e respeitosa possível com todos que gostarem do meu trabalho. "Victor Romano" fica para questões mais formais, como assinar minhas composições e outras obras.

Som do Norte - Quais são suas principais influências? Com quem você sonha em gravar ou dividir o palco um dia?

Victor - Minhas principais influências regionais envolvem os ritmos carimbó, brega, lambada e calypso. Nacionalmente minha principal influencia é o Roupa Nova, meu sonho é dividir o palco um dia com o Roupa Nova. Em nível internacional, minhas influências são Michael Jackson e Rick Martin.

Som do Norte - O disco já pode ser ouvido no Soundcloud, não é? Além dele, em que outros links o público pode acompanhar o seu trabalho através da internet?

Victor - Meu trabalho pode ser acompanhado nos seguintes links:





A versão digital do meu CD já está a venda no OneRPM: https://onerpm.com.br/disco/album&album_number=675357293

2 comentários:

  1. De todo coração, muito obrigado ao Som de Norte e ao grande Fábio Gomes pelo espaço que me foi cedido.

    Um grande abraço,
    Victor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela sua perseverança na busca de seus sonhos, Victor. Sucesso!

      Excluir