Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Em dia de lançamentos, Madame Saatan anuncia recesso

Na tarde desta quarta, 23 de abril, um anúncio surpreendeu os fãs da banda Madame Saatan - a saída da vocalista Sammliz (à direita em foto de Antonia Muniz), e a conseqüente pausa nas atividades da banda. O início do recesso foi acompanhado do lançamento do clipe da música "Moira", faixa do CD Peixe Homem (2011), e do EP comemorativo 11 Anos na Missão. Explicações e descrições constam dos textos que reproduzimos abaixo.

Creio não exagero em apontar Madame Saatan como a mais bem sucedida banda de rock autoral paraense de todos os tempos, como tive oportunidade de dizer na "biografia" do grupo que escrevi para o site Pará Música em 2011. Em seis de seus onze anos, os integrantes da banda - formada então por Sammliz, Ed Guerreiro, Ícaro Suzuki e Ivan Vanzar - moraram em São Paulo, participando dos maiores festivais do país e aparecendo com freqüência na mídia nacional (a opção por morar no Sudeste foi justamente para facilitar o trânsito da banda pelo Brasil, conforme Sammliz me contou em entrevista de 2009). O sucesso artístico, porém, não eliminou a necessidade de os músicos buscarem seu sustento em outras atividades, o que fez com que em 2012 o baterista Ivan se afastasse da banda para ir trabalhar no Sul do país, pouco antes do acidente com o baixista Ícaro que o afastou dos palcos. A saída dos dois fundadores coincidiu com o retorno a Belém e estreia da nova formação, com Vince no baixo e Nugoli na bateria, no já histórico show do dia do fim do mundo (alguém ainda lembra da profecia maia? rs). Foi uma das melhores performances de grupo que eu já vi na vida. A volta a Belém fez com que a banda intensificasse sua presença no Norte do país, tocando em festivais no Amazonas e no Pará, e circulando pelo interior paraense a bordo da carreta-palco do projeto Música na Estrada. O último show aconteceu em 14 de dezembro de 2013, no Pitiú Fest.

***


11 anos de estada, tocadas, parcerias, suor, algumas certezas, festivais, Belém, São Paulo, Brasil. 11 anos na missão.
Preparamos um pacote de b-side para vocês, que vêm nos acompanhando desde o comecinho, e, claro, para quem acaba de conhecer a banda. Aproveite e baixe nossos trabalhos no site e assista nossos outros vídeos.

Nesse EP digital estão 4 músicas + 1 web clipe. Duas versões acústicas de músicas (Até o Fim e A Foice) que constam em nosso último disco, Peixe Homem. Caos, música que fez parte da trilha do espetáculo Ubu – Uma Odisseia em Bundalele, que tocávamos no inicio do MS e que até hoje muitos pedem. Para finalizar, uma versão demo de Estranhos, música que não chegamos a finalizar e fez parte da pré produção do Peixe Homem. E para finalizar um web clipe feito com imagens da banda , em suas duas formações, feitas ao longo desses 11 anos e com muitas imagens retiradas de vídeos postados pelo público.

E é nesse clima comemorativo que eu acho propício para anunciar meu desligamento temporário do Madame Saatan. Há muitos anos acalento a vontade de trabalhar em meu disco e enfim é chegado esse momento. Venho reunindo ao longo de todo o tempo que estou de braços dados e bem apertados com a música, composições minhas e com novos parceiros. Necessidade minha de voar sozinha e de experimentar outras sonoridades que me habitam. Preciso, portanto, desse tempo para me dedicar de corpo e alma nessa nova etapa da minha vida. Estou indo em direção dela muito feliz e na suavidade. Não é o fim do Madame Saatan, apenas umas férias que a banda tira. E um novo começo pra mim.

Muita gratidão à todos que estiveram conosco e sempre estarão, aos nossos amigos, ao nosso publico incrível de Belém, a SP, nossa segunda casa, a quem nos acompanhou estrada a fora.

Sorriso largo, amor infinito, lágrimas de saudades para todos.

Até breve 
Samm



Release – 11 Anos Na Missão


O Madame Saatan acaba de lançar o EP comemorativo “11 Anos na Missão”(Doutromundo Discos). No pacote estão as músicas “Caos”, parte da trilha do espetáculo que deu origem à banda “Ubu Rei – Uma odisséia em bundalele”, “Até o Fim” e “A Foice” em versões acústicas, e “Estranhos”, música não finalizada que fez parte da pré-produção do disco “Peixe Homem”. As músicas têm a produção musical de Paulo Anhaia, responsável pelo disco “Peixe Homem”. Junto com o EP, está o web clipe da música Moira, que trás um apanhado de imagens desses 11 anos de banda.

Esse momento também marca o afastamento temporário da vocalista Sammliz das atividades do Madame Saatan para se dedicar à sua carreira solo. Com isso a banda entra em recesso por tempo indeterminado.

O EP 11 Anos na Missão pode ser baixado gratuitamente no site madamesaatan.com, assim como toda a discografia da banda.


Clique na imagem para baixar o EP


Nenhum comentário:

Postar um comentário