Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Brutal Exuberância lança clipe de "Território Perdido"



No dia 20 de abril, a banda amazonense de trash metal Brutal Exuberância lançou o clipe de "Território Perdido", a faixa-título de seu primeiro CD, lançado em novembro de 2012. Em março de 2013, o álbum recebeu do site Manifesto Norte o prêmio de Melhor Álbum de Heavy Metal de 2012. 

O clipe foi gravado no segundo final de semana de fevereiro deste ano na cidade de Presidente Figueiredo, a 107 km de Manaus, na cachoeira e grutas de Iracema. O vídeo chama a atenção por usar atores caracterizados como pessoas do século 16, remetendo ao início da colonização das Américas. Miguel, da banda Evil Syndicate, interpreta um explorador espanhol, que leva prisioneiro um índio que capturou, interpretado por Adelino Lobato. Adelino também é conduzido preso por um homem engravatado (Nelson Bernardino), que simboliza o capitalismo moderno. Em ambas as situações, o índio está vestido e pintado do mesmo modo, o que poderia indicar que nós ainda somos os mesmos, apenas a forma de nos oprimir mudou. Os atores chegam a circular entre os músicos da banda, mas não chega a haver interação entre os dois universos (diferentemente do que aconteceu no clipe "O Jardim", da banda paraense Gramofolk, lançado ano passado e que também recorreu ao recurso da "quarta parede" teatral). O uso de personagens de época é raro em clipes nacionais. 

O vídeo foi dirigido por Afrânio Pires, o baixista da Brutal, que foi também o responsável pela fotografia e filmagem (ambas as funções divididas com Felipe Amorim) e pela cenografia. O vocalista e guitarrista Naldão editou o clipe. Também integram a Brutal Evaldo Castro (guitarra) e Sandinho (bateria). 



2 comentários:

  1. O clipe ficou muito bom, um trabalho de ótima qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Este clip ficou muito bom, parabéns Brutal Exuberância.

    ResponderExcluir