Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Post nº 4000!: Veja Sebastião Tapajós em cena de filme de 1965

Foto: Fabio Gomes


Eu estava pensando no que podia fazer de especial para que a postagem nº 4.000 do blog não passasse em branco quando a ocasião praticamente caiu no meu colo... 

Fui assistir no fim da tarde a uma sessão do filme Um Dia Qualquer, primeiro longa-metragem paraense, dirigido por Líbero Luxardo em 1965. A sessão faz parte do ciclo em homenagem a Luxardo que o centenário Cinema Olympia (Belém) realiza nesta semana - e encerra amanhã com Marajó, Barreira do Mar, de 1964 (18h30, grátis!). 

A cena que consegui fotografar com meu tablet (por isso, evidentemente, a qualidade não é das melhores, desculpem) mostra Sebastião Tapajós acompanhando ao violão uma cantora não-identificada que interpretava "Tamba-Tajá", de Waldemar Henrique, que contribuiu ainda com outra melodia para a trama, letrada pelo poeta Bruno de Menezes

Aliás, a banda sonora (como se chamava a trilha na época) é luxo só - além das composições de Waldemar, o filme teve participação de duas orquestras em seus números musicais (um hábito da época), sendo uma das orquestras a de Sebastião Tapajós (que aparece tocando guitarra elétrica). E a direção musical da fita foi de ninguém mais ninguém menos que Pixinguinha! Sim! O maestro carioca aproveitou e recheou a trama de choros clássicos seus, em novas orquestrações, incluindo "Proezas do Solon", "O Gato e o Canário" (na cena em que o protagonista, vivido por Hélio Castro, em seu único trabalho para o cinema, circula pela zona do meretrício de Belém) e, obviamente, "Carinhoso" (que sonoriza a cena mais ousada, em que a protagonista Lenira Guimarães faz um strip-tease completo - eu disse com-ple-to - para Hélio às margens de um igarapé).

Hélio Castro e Lenira Guimarães
em cena do filme 

* OBS: algumas fontes dão 1962 como ano de produção do filme

Nenhum comentário:

Postar um comentário