Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Foi Show: S'Esquenta pro Se Rasgum

Sammliz e João Lemos


A foto acima registra um dos melhores momentos da festa S'Esquenta pro Se Rasgum, realizada na madrugada de sábado para domingo no Café com Arte (Belém) - a hora em que João Lemos, vocal e guitarra da banda Molho Negro, após uma performance ensandecida no meio da galera, foi até onde  estava Sammliz, vocal da Madame Saatan, e a puxou de surpresa para o palco para repetirem o dueto em "Aparelhagem de Apartamento", que já haviam feito na quinta, na estréia do show Terruá Pará 2013. Todo o público presente que lotava a galeria do Café gritou o refrão da música a plenos pulmões junto com a dupla. Na platéia, uma ilustre presença: sentado na primeira fila, o produtor Carlos Eduardo Miranda, diretor geral do Terruá. 

A Molho Negro abriu perto de 0h45 do domingo os trabalhos da festa que, como o nome já indica, é uma prévia do 8º Festival Se Rasgum, que inicia no dia 12. E abriu em grande estilo, agitando a galera com seu rock pesado de garagem, fazendo todos cantar sucessos como "Onde Está Meu Mojo?", Ela Prefere o DJ" e a impagável "Se Ela não é Lésbica tem Namorado". 

Seguiu-se The Baudelaires, fazendo o show de lançamento de seu 3º CD, Charlie, o primeiro gravado com o baixista Marcelo Damaso. O show teve músicas do CD novo, do EP City Love (lançado pelo Som do Norte em 2011) e ainda clássicos da banda como "She's a Queen" (regravada no Charlie) e "Little Rino", ambas entoadas em coro por todos. Nem o já conhecido problema no som do Café prejudicou o entusiasmo da galera com a boa performance dos Baudelaires  (que também toca no Se Rasgum, no dia 14). 

Encerrando a festa, a banda Petit Mort, da Argentina, surpreendeu com seu hard rock em inglês. A vocal e guitarra Michelle Mendez, também autora das canções, encantou a todos com sua magnética presença de palco - ela demonstrava estar se divertindo muito com a resposta do público de Belém. Pela primeira vez no Pará, o grupo está em meio à sua quinta turnê pelo Brasil, ficando no total dois meses fora de casa. O baixista Juan Manuel Recio arrancou algumas gargalhadas do público, ao tocar parte do show de costas para a platéia, rebolando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário