Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 23 de julho de 2013

Mapeamento 2013: Suíte das Amazonas


79

Artistas - Sebastião Tapajós, Ney Conceição, Trio Manari
Cidade/ Estado Santarém (S.Tapajós) e Belém (N. Conceição, Manari)

CD
Número de faixas - 7
Gênero/ estilo - MPB
Data de gravação - maio de 2011
Data de lançamento - fevereiro de 2013

A "Suíte das Amazonas" propriamente dita, a música, foi apresentada por Tapajós, Conceição e Manari em espetáculo com este nome realizado em junho de 2010 no Teatro Margarida Schivasappa (Belém). Na  ocasião, Tapajós definiu ao site Guiart que se inspirou "nas mulheres que vivem no interior da Amazônia. Essas mulheres, na maioria, são tão guerreiras quanto as lendárias amazonas, pela força com que lutam para ganhar a vida, para ser respeitadas pelos homens, e para criar os filhos. Muitas são impressionantes pela capacidade que têm, pela autonomia e pela dignidade. São bons exemplos para mães e pais de jovens e de crianças, principalmente de mocinhas e meninas que estão tendo a dignidade e o futuro destruídos pelos abusos e pelo abandono que as atinge no ambiente doméstico”. A peça, de autoria de Tapajós, tem vários movimentos curtos e ocupa 22 minutos da faixa 3 do CD. Completam o disco outras 6 músicas, sendo 2 de cada participante (Tapajós, Manari e Conceição). Uma das outras faixas assinadas por Tapajós é a conhecida "Igapó", onde Conceição sola fazendo as vezes do vocalise característico de outras gravações. Também de Sebastião é uma homenagem a um dos parceiros de disco: "Uma pro Ney". Conceição assina "Resposta" e "Chuvas de Belém". Já o Manari compôs para o trabalho "Luanda Bissal" (sic), a única faixa cantada do disco, onde como sempre fazem reverenciam Verequete, e "Tribo Amazônica". Neste disco, diferentemente do que ocorre em seu CD solo, intitulado Manari, o trio explora todas as possibilidades de nuances interpretativas de seu vasto arsenal percussivo, recheando os temas de sutis referências à fauna e flora da Amazônia. Uma pena que, novamente, a identificação do arsenal na ficha técnica do CD vem simplesmente como "Trio Manari: percussão". 




Nenhum comentário:

Postar um comentário