Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 30 de junho de 2013

Foi Show: Dia D Fest - Delinquentes

Por Raissa Lennon,
de Belém

Quem foi ao show de lançamento do DVD dos Delinquentes e guardou o canhoto dessa apresentação memorável já pode trocá-lo por uma cópia do registro Planeta dos Macacos nas Lojas Ná Figueredo em Belém. Por enquanto, o DVD não esta à venda, mas dentro de algumas semanas ele já poderá ser comprado, avisou a banda em sua página oficial do Facebook. 


Mas a prioridade é para quem compareceu ao Mormaço no dia 8 de junho, um sábado, para conferir mais uma apresentação visceral da banda de hardcore clássica da capital paraense. O show Dia D Fest foi o lançamento oficial do primeiro DVD da banda, gravado há um ano na Praça da República. Como era de se esperar, os Delinquentes conseguiram contagiar o público, logo nos primeiros solos de guitarra e a “roda punk” já se formava a todo o vapor.  

O evento organizado pela Xaninho Discos Falidos, com o apoio da Casa Fora do Eixo Amazônia, lotou o bar em frente ao rio Guamá, e consagrou mais um momento especial para a banda.  Foi um show muito porrada, em todos os sentidos. O público estava animal do início ao fim de nosso set de uma hora. O som estava funcionando maravilhosamente bem, tanto no palco quanto pro público, e isso é muito importante, já que nem sempre a gente se ouve tão bem. Foi de longe nosso melhor show ali naquele local, e que com certeza marcar uma nova fase da banda, de certa forma, pré-inaugurada no show da gravação, ano passado”, comentou o vocalista Jayme Katarro. 

Jayme Katarro
(ajoelhado, em primeiro plano)

O “Dia D” contou com a presença de outras bandas importantes do cenário local, convidadas para abrir o evento. Entre elas, D.N.A., Johny RockStar, All Still Burns e Adipocera.  “As bandas anteriores todas mandaram bem e esquentaram a galera”, elogiou Jayme. Sammliz, vocalista da Madame Sataan, também marcou presença no evento, apresentando o show principal.  O único imprevisto neste dia aconteceu com o All Still Burns, inicialmente escalado para tocar como segunda banda, mas que acabou fechando a noite. 

O som pulsante do grupo Delinqüentes é o resultado da união dos músicos: Pedro Bernardo (guitarra), Pablo Cavalcante (baixo), Rafael Lima (bateria), e Jayme Katarro (vocal), que tocaram um repertório basicamente igual ao do DVD, mas com acréscimo do cover tributo ao Ratos de Porão. 

O DVD Planeta dos Macacos foi dirigido por Priscila Brasil e Brunno Regis, que tiveram o cuidado de captar a sincronia do público com a agressividade da banda ao vivo. Participam do DVD Sammliz, o percussionista Nazaco (Trio Manari), Leandro Pörkö (Baixo Calão) e Djair, da Antcorpus (Parauapebas). A produção do DVD teve o apoio da Lei de Incentivo do Estado do Pará (SEMEAR) e o patrocínio do Conexão Vivo, além do co-patrocínio da Funtelpa e Rede Cultura de Comunicação. Sem dúvidas, é um registro que mostra uma banda singular, que une qualidade e ferocidade, e que já faz parte da história do rock paraense. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário