Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

sábado, 18 de maio de 2013

Foi Show: Pré-Lançamento de Assovio

Por Nany Damasceno,
de Rio Branco
Fotos: Bethe Oliveira

A Usina de Arte foi palco do pré-lançamento do CD Assovio, de Rodolfo Minari, em 12 de maio. Com um show gratuito, colorido e cheio de diversão, Rodolfo subiu ao palco acompanhado dos músicos Marilua Azevedo (percussão), Gabriel Oliveira (percussão), Vanessa Oliveira e Amanda Schoenmaker (vozes), Victor Romero (violão) e Maiara Rio Branco (contrabaixo) contou, também, com a participação dos músicos Mahatma Moura (violão) e Pedras Leão (celo).


Nascido em Araçatuba, interior de São Paulo, Minari morou em Goiás, Pernambuco, Minas, São Paulo e Bahia, até chegar ao Acre em 2009. Formou-se em Direito, mas atualmente se dedica exclusivamente à arte: é cantor, poeta, educador, escritor e ator. Ele conta que a paixão pela poesia começou ainda na infância e passou toda a adolescência escrevendo. O artista conta que, após se fixar no Acre, começou a encarar isto como um trabalho: juntou e organizou todos os seus escritos e realizou pesquisas; O que resultou em um repertório com canções autorais que retratam a cultura popular do Acre e ainda mistura ritmos de outros lugares do país, como por exemplo, o coco - ritmo tradicional do nordeste. Tudo influência captada nos períodos em que morou/visitou outros lugares.

A carreira como músico começou em 2010, quando realizou três apresentações no Theatro Hélio Melo. Desde então, o espetáculo foi levado para várias regiões do estado através de apresentações em escolas rurais e urbanas, praças, bibliotecas, teatros, instituições de apoio, hospitais, sempre gratuitas.


O repertório de Assovio agradou sobretudo as crianças, foram elas que roubaram a cena, cantando e dançando na frente do palco, dando ainda mais alegria e encanto ao espetáculo que teve casa lotada.

A data do pré-lançamento foi escolhida por ser a véspera do Dia da Abolição da Escravatura, comemorado no dia 13 de maio. “O dia 13 tinha sido o dia escolhido por lançamento, mas houve atraso da fábrica, porém decidimos manter a data por essa ser uma temática que eu busco trabalhar, como na música 'Navio Negreiro'” diz Rodolfo.

Após este pré-lançamento,  o artista está esperando o recebimento dos CDs para distribuição e então sair em uma turnê: Argentina e Chile estão na agenda do artista. Após a turnê pela América Latina, Rio Branco vai ser palco de pelo menos mais 5 apresentações, garante. Além disso, será lançado ainda este ano um livro que reúne suas canções e poesias, que já está pronto. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário