Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 30 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Pessoas Felizes


54

Banda - Cão de Rua
Cidade/ Estado - Palmas (TO)
EP
Número de faixas - 4
Gênero/ estilo - rock
Data de lançamento - 29.4.13

EP de estreia da banda formada por atuais ou ex-integrantes de bandas de Palmas - La Cecilia, Capellinos, Herdeiros & Reis e Criticos Loucos. As músicas, todas de autoria do guitarrista Abel Filho, citam o escritor José Saramago e A Banda Mais Bonita da Cidade, e tratam de temas existenciais, alternando entre o otimismo e o realismo (Pessoas felizes existem. Não sei onde estão, mas um dia vou encontrar alguém feliz, diz a faixa-título). 

Mapeamento 2013: Mente Formatada


53

Artista - Mek
Cidade/ Estado - Belém (PA)
Single
Gênero/ estilo - rap
Data de lançamento - 27.4.13

Single do rapper paraense, com participação especial de Back Dan.

Onde ouvir e baixar - https://soundcloud.com/mekbeat2/mek-mente-formatada-part-back


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Perdão Clichê


52

Artista - Danniel Lima
Composição - Danniel Lima
Cidade/ Estado - Belém (PA)
Single
Gênero/ estilo - pop/brega
Data de lançamento - 28.4.13

Single do cantor paraense Danniel Lima, que prepara o lançamento do seu CD Universo Paralelo. Na canção, um pop rock com elementos de brega e guitarrada, o eu-lírico lamenta a partida do ser amado, partida pela qual não se exime de culpa ("Não vi... a tua mão no abismo pra me socorrer"), mostrando-se arrependido do que fez ("Tropecei, caí, não levantei e só assim fui perceber o vazio que sinto em não te ter..."), o que o levou a escrever a canção (que denomina "este clichê") pedindo para que o ser amado volte. 

Onde ouvir e baixarhttps://soundcloud.com/danniellima-1/perd-o-clich


sábado, 27 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Zulusa


51

Artista - Patricia Bastos
Cidade/ Estado - Macapá (AP)
CD
Número de faixas - 14
Gênero/ estilo - MPB
Data de lançamento - 31.3.13

Onde ouvir https://soundcloud.com/patriciabastosoficial

Onde comprarhttp://www.tratore.com.br/um_cd.php?id=2100

Quinto CD da cantora amapaense, uma das principais vozes do Norte do país. Gravado entre São Paulo, Belém e Macapá. Neste disco, o processo de gravação foi invertido, partindo-se da percussão do Trio Manari, presente em 12 das 14 faixas (exceto a gaúcha "Miss Tempestade", de Vitor Ramil e Ricardo Corona, e a carioca "Ribeirinho", de Guinga e Paulo César Pinheiro), dando uma excelente unidade rítmica ao disco. O nome "Zulusa" remete à miscigenação entre africanos ("zulus") e portugueses ("lusos") que são a base da população do Amapá, junto com os indígenas. Com efeito, boa parte do CD gira em torno de temas zulusos, como os cultos afro em "Linha Cruzada", uma paixão indígena em "Incantu", a Festa do Divino em "No Laguinho"... O CD tem participação de Felipe Cordeiro em "Mais Uma" (sua primeira composição gravada após o lançamento do CD Kitsch Pop Cult, de 2011) e Marcelo Pretto (poema em "Rodopiado" e contra-canto em "O Batuque"). O disco tem pelo menos três regravações: "Miss Tempestade" foi gravado pelo co-autor Ricardo Corona em 2001; "Mal de Amor" foi lançado em 1998 por Emília Monteiro, que a regravou no recente CD Cheia de Graça, e também faz parte do disco Sou Ana, de Ana Martel, lançado em 2009; e "O Batuque" encerra o CD Tambores do Meio do Mundo, do Grupo Senzalas, de 2011. 


Agenda Macapá: Ana Martel


O show terá músicas do CD Sou Ana, e também sucessos de Elis Regina.

Ana terá como convidados Joãozinho Gomes, Rebecca Braga e Ingrid Sato. A banda será formada pelos músicos Siney Sabóia (trompete), Marcelo Cardoso (saxofone), Valério de Lucca (bateria), Hian Moreira (contrabaixo), Jeffrey Redig (piano) e Fabinho Costa (guitarra). A direção é do maestro Joaquim França. 

Mesas a R$ 150,00.


Agenda Portugal: Banda Calypso no Brazilian Day


Em Oeiras, na área metropolitana de Lisboa, a capital.

Tarde paraense na TV Xuxa



De manhã cedo, Gaby Amarantos já havia aparecido na TV Globo, em entrevista ao programa Ação, falando de sua ligação com a rede Fora do Eixo. Foi o começo de um sábado bastante paraense na maior emissora nacional. O complemento viria à tarde, com a presença de Gaby e da Gang do Eletro na TV Xuxa. 

Primeiramente, Gaby entrou cantando "Ex-My Love", tema da novela Cheias de Charme, exibida pela Globo no ano passado. Xuxa notou um leve funkeado na execução, e Gaby confirmou que vai incorporar mais elementos de funk em seu próximo disco (que deve sair ainda este ano), inclusive com uma parceria com o MC Coringa.

O legal foi que, em vez de cada convidado cantar e sair, todo mundo ficava no palco, podendo interagir com as atrações seguintes. Foi assim que vimos Gaby dançando ao som de "Le le le", de João Neto e Frederico. Que, pouco depois, assumiram não saber muito sobre as aparelhagens de Belém, tema de uma reportagem exibida em seguida pelo programa. E mote para que Xuxa chamasse ao palco a segunda atração paraense da tarde: a Gang do Eletro. 


A Gang já entrou mandando seus sucessos "Só no Charminho" e "Velocidade do Eletro". Em seguida, o grupo conversou com a apresentadora, falando do show que fez em março nos Estados Unidos e antecipando a ida para Alemanha em maio. Maderito aproveitou para, parafraseando o grito de guerra "Faz o T" das aparelhagens, ensinar a plateia do programa a fazer o "X" em homenagem a Xuxa. A apresentadora chegou até a arriscar mexer o ombro ao ritmo do 'Treme', como Keila estava demonstrando. 

Não ficaram só aí as homenagens que ela recebeu dos paraenses. Ao final da entrevista "Papo X" que teve com a apresentadora, Gaby lhe presenteou com uma coroa branca que acende, "afinal Xuxa você é nossa rainha", justificou. Antes, o papo passeou por temas como o dia-a-dia de Gaby no bairro do Jurunas, em Belém, onde mora junto com toda a família (em casa da qual só irá sair para morar "três ruas mais adiante", como informou) e onde tem sua famosa piscina de plástico. Xuxa exibiu algumas fotos de Gaby jovem como "Miss Caipira", e depois em momentos marcantes da carreira, como o famoso DVD que foi gravado na frente da casa da cantora, em 2011, e lançado no mesmo local em março - e que Xuxa custou a crer que tenha sido rodado com apenas 800 reais! (Veja o DVD na íntegra em  http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/03/assista-o-dvd-gaby-amarantos-live-in.html)

Gaby ainda ensinou a Xuxa a risada de gente rica - é essa com a cabeça atirada para trás -, ao que a gaúcha retribuiu ensinando à paraense a dieta do beijo (não precisa explicar muito né!). Gaby fechou sua participação musical no programa cantando o sucesso "Xirley Xarque", e em seguida "Chuva". Mais adiante, ainda tomou parte na jam session comandada pelo grupo de pagode Jeito Moleque, puxada pelo sucesso d'O Rappa "Pescador de Ilusões", incluindo também temas do Skank, e que contou ainda com a presença do MC Sapão. 

Recorde histórico de acessos ao @SomdoNorte nesta tarde


Está aí para quem quiser ver... A comprovação de nosso recorde-total-e-absoluto histórico de acessos às 15h da tarde deste sábado - nesse momento, quando os paraenses Gaby Amarantos e Gang do Eletro participavam do programa TV Xuxa (Rede Globo), atingimos a marca de 82 VISITAS POR MINUTO!

Nosso recorde anterior fora em agosto de 2011, 40 visitas por minuto. Aceita, Brasil! 

Entre os posts mais vistos, está o que tem a íntegra do DVD Live in Jurunas, da Gaby Amarantos, acessado mais de 200 vezes só hoje (!) e também postagens sobre a Gang do Eletro.

A todos os que prestigiam o Som do Norte, nosso muito obrigado! :D


  • Embora esse volume de acessos tenha se concentrado de fato na hora do programa, tivemos uma boa visitação ao longo do dia todo, atingindo 1.130 visitas no total, recorde do ano! O post do DVD da Gaby Amarantos encerrou o dia com 381 visualizações! 

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Piscar de Olhos


50

Banda - Os Grileiros
Cidade/ Estado - Belém (PA)
CD
Número de faixas - 11
Gênero/ estilo - rock
Data de lançamento - 5.4.13

O grupo enfim lança o CD, após disponibilizar 3 singles ("Décimo Terceiro", "A Hora é Essa" e "Bem me Quer", que podem ser baixados gratuitamente no OneRPM). A sonoridade do CD Piscar de Olhos, conjugando banda de rock e instrumentos orquestrais, remete ao rock do final dos anos 1960.

Onde ouvir e comprar - https://onerpm.com/#/disco/album&album_number=441007663


quinta-feira, 25 de abril de 2013

Karine Aguiar volta a Nova York em agosto


A cantora Karine Aguiar volta em agosto a Nova York para fazer no mínimo dois shows (um terceiro está em negociação), conforme noticiou a edição de hoje do jornal Em Tempo, de Manaus. 

Em entrevista ao jornalista Gustav Cervinka, a artista amazonense agradeceu ao empenho de seu agente nos Estados Unidos, e citou o Som do Norte ao comentar a repercussão de seu álbum Arraial do Mundo, gravado em maio do ano passado em Nova York:

"... a promoção tem rolado bastante nas redes sociais mesmo. Muitas pessoas do mundo inteiro têm acessado a minha fan page e os links pra audição do disco na internet, como o iTunes e o Som do Norte", explica a cantora. 

Destacado como Disco do Mês em novembro do ano passado, o CD Arraial do Mundo já foi ouvido 1639 vezes no link http://musicadonorte.blogspot.com/2012/11/disco-do-mes-arraial-do-mundo.html , sendo o quarto post mais acessado da história do Música do Norte. 

Foi Show: Aíla no Teatro Waldemar Henrique


Fotos: Sergio Malcher

Ontem à noite, a cantora Aìla fez no Teatro Waldemar Henrique, aqui em Belém, o show comemorativo do aniversário de lançamento do seu único CD até o momento, Trelelê (ao lado, a arte do flyer do show de 19.4.12). Trata-se de um espaço onde, conforme ela recordou durante o show, já viveu belos momentos como espectadora, mas onde nunca havia cantado até então.

A espera foi plenamente compensada, pois Aíla fez ontem no "Waldeco" um show consagrador, cujos pontos altos foram as interpretações de "Todo Mundo Nasce Artista" e "Tudo Vira Bosta". Na primeira, um tema de Eliakin Rufino, Aíla simulou ser uma pessoa que se sentia perseguida, encolhendo-se num canto do palco (entre a bateria e a percussão) e chegando a rolar pelo chão (foto abaixo), impressionando pela performance. Na canção seguinte, que iniciou fingindo ler uma revista, sentada, partiu do refrão de protesto de Rita Lee para exorcizar vários fantasmas, entre eles o deputado homofóbico Marcos Feliciano, e declarar que O amor me representa


Outro bom momento foi a abertura do show, com o bolero inédito "Sabor de Sedução", escrito especialmente para Aíla por Dona Onete - que prestigiou o show da primeira fila, sem chegar a participar (como no show do ano passado). "Sabor..." voltou como bis, logo após o final do show com "Proposta Indecente", outra parceria exitosa entre autora e intérprete. Dona Onete espera que "Sabor de Sedução" faça pelo menos tanto sucesso quanto "Proposta...". 


A única participação especial foi de Iva Rothe, que dividiu o vocal com Aíla no carimbó "Sereia". As duas desceram do palco, passearam pela plateia, e mesmo depois que Aíla retomou seu lugar, Iva seguiu circulando, aproveitando para cumprimentar Dona Onete. Ainda fora do repertório do CD, Aíla cantou "Quero Você", sucesso de Carlos Santos dos anos 1980 - isso sem falar, é claro, dos carimbós "Lua Luar" e "Pescador", que Aíla já há algum tempo canta ao final dos shows (por sinal, foram os mesmos carimbós com os quais Luê encerrou seu show em São Paulo na quarta, 17). 


A canção-título do show apareceu numa nova roupagem, em um momento que Aíla convidou a plateia a curtir um clima de "luau". Mas, afora ela, o guitarrista Davi Amorim e o baixista Rafael Azevedo sentarem em pufes, não houve complementos para o clima (a luz seguiu branca, por exemplo) - o que, evidente, não impediu a galera de cantar junto.


Destaco ainda a inclusão de um bloco dedicado à fase da carreira da artista marcada pelos festivais, de onde vieram "À Sua Maneira" (grande sucesso de 2009 que a cantora raramente inclui nos shows atuais) e "Vamos", que marcou sua estreia em festivais em 2008, já recebendo um prêmio de Melhor Intérprete. 

Repertório

1 Sabor de Sedução
2 Preciso Ouvir Música sem Você
3 Brechó do Brega
4 Pelo Retrovisor
5 Trelelê
6 Quero Você
7 Garota
8 Qualquer Esperança
9 Todo Mundo Nasce Artista
10 Tudo Vira Bosta
11 À Sua Maneira
12 Vamos
13 Sereia
14 Lua Luar/ Pescador
15 Proposta Indecente

BIS
16 Sabor de Sedução


quarta-feira, 24 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Nó da Massa


49

Banda - Nódamassa
Cidade/ Estado - Porto Velho (RO)
EP
Número de faixas - 2
Gênero/ estilo - rock
Data de lançamento - fevereiro de 2013

Banda formada no ano passado em Porto Velho, pelos músicos Mailson - voz, Fabrício - guitarra, Márcio Flappy - baixo e Halffer - bateria. EP de estreia do grupo, mesclando rock com influências como reggae, pop, indie e MPB. 

Onde ouvir e baixar - https://soundcloud.com/bandasweetro/sets/ep-nodamassa

Euphonicos lançam nova música





Ao final da entrevista que deram a Nany Damasceno, e que publicamos aqui no começo de março - http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/03/euphonicos-lancam-primeiro-ep.html -, os Euphonicos já avisavam:

O trio pretende periodicamente fazer o registro de novas canções e lançar na internet, como fez com o EP. “A intenção e continuarmos colocando na net pras pessoas baixarem e fazer de cada música um lançamento”, diz Brunno  Damasceno.

Por isso, não é de estranhar que eles tenham lançado esta nova música, "Por Acaso", menos de dois meses após o lançamento do primeiro EP - http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/03/mapeamento-2013-euphonicos.html

Para baixar a nova música, vá no link http://www.4shared.com/mp3/_Nt8x_Fb/9_-_Por_Acaso.html

E para baixar o EP, mais a música nova, acesse http://www.4shared.com/rar/VNJBM1hL/Euphonicos.html

terça-feira, 23 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Moi et Ma Vie de Merde


48

Banda - Os Acossados
Cidade/Estado - Manaus (AM)
Single
Gênero/ estilo - punk rock 
Data de lançamento -17.4.13

Raro exemplar de música brasileira em francês. Os Acossados é uma banda formada por Mônica Cardoso (voz), Paulo Merchak (guitarra), Renato Souza (baixo) e Rafael Lima (bateria), que estreou em 2012. As referências de seu punk-rock de garagem remetem a obscuras bandas da segunda metade dos anos 1960. 


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Quero Ver Até Onde Vocês Vão


47

Banda - Os Playmobils
Cidade/ Estado - Manaus (AM)
Single
Gênero/ estilo - rock
Data de lançamento - 21.4.13

Há algum tempo, uma banda em Manaus passou a usar um nome parecido com o da Playmobils, o que passou a confundir imprensa e público. Segundo a Playmobils (a legítima) escreveu ontem no Facebook, "Essa banda perecia mais um cosplay fuleiro de Village People, pois, se fantasiavam de playmobil, operário, médico, índio, etc…" A música comenta esta situação: " Eu vou criar uma banda.../(...)/ Eu vou roubar teu nome/ Vou ficar famoso.../ Até o que não temos estamos roubando..." A canção integra o próximo EP da banda, a sair em junho. Antes, em maio, novo single. 

Onde ouvir e baixar http://www.drifterrock.com/noticias/21/04/2013/os-playmobils-lanca-novo-single-quero-ver-ate-onde-voces-vao

"Sentimento Real" une as rimas de Israel Di Souza e Bruno B.O.


Depois de divulgar a capa (ao lado) e o repertório do CD Sorria para Demonstrar que o Mundo não é Só Maldade (http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/04/divulgadas-capa-e-faixas-do-cd-amor.html), na quarta, o projeto Mais Amor lançou no sábado, via Soundcloud e YouTube, uma prévia do disco.

O som divulgado é "Sentimento Real", que une as rimas de Israel Di Souza, idealizador do projeto, e o premiado rapper paraense Bruno B.O. As rimas estão bem sintonizadas com os dias em que vivemos - ao final, B.O. comenta que tá difícil, todo mundo achando que amor é só relação entre homem e mulher, ao que Israel responde que as palavras têm poder, e B.O. arremata: "Muita coisa que pregam pra você como liberdade é escravidão".


Banda Desiderare lança "O Sol", prévia do primeiro EP


A banda Desiderare, de Macapá, lançou ontem no Soundcloud a canção folk "O Sol", prévia de seu primeiro EP, Caleidoscópio, que será lançado em breve. 

Na composição, uma parceria entre Kallebe Amil e Lara Utzig, o eu-lírico questiona o abandono por parte do seu ser amado (Por favor, me diga:/ O que não te satisfaz?), faz um convite para que retorne (Vem, pega na minha mão .../ Eu vou sempre estar aqui!) e principalmente se anime (Não há porque ter medo). O final da letra dá a entender que o convite foi aceito. 

Um bom aperitivo, agora ficamos à espera de ser servido o prato principal, ou seja, o EP. 


Mapeamento 2013: Castelo de Areia


46

Banda - Zeromou
Cidade/ Estado - Belém (PA)
EP
Número de faixas - 4
Gênero/ estilo - rock psicodélico
Data de lançamento - 22.4.13

EP de estreia da banda paraense criada em 2011. De acordo com a própria banda, suas músicas são sobre as angústias vãs de um jovem comum, modulações viajantes e timbres malucos. O pacote de download inclui 3 fotos promocionais e encarte com as letras. De modo geral, o EP é bem produzido, com a exceção do vocal da faixa-título, "Castelo de Areia", onde por vezes é bem difícil entender o que diz o vocalista. 


Onde baixar - http://migre.me/eegOe (direto do 4Shared)

Mapeamento 2013: Verde Mansidão


45

Banda - Versalle
Cidade/ Estado - Porto Velho (RO)
Single
Gênero/ estilo - rock
Data de lançamento - 22.4.13

O single anuncia o novo CD da banda rondoniense, cujo lançamento deverá ocorrer em breve.

Onde ouvirhttps://soundcloud.com/bandaversalle/versalle-verde-mansid-o

Rock em Geral divulga programação completa do Festival Casarão

O site Rock em Geral divulgou hoje a programação completa, dia a dia, do próximo Festival Casarão, que acontece em Porto Velho de 23 a 25 de maio - http://www.rockemgeral.com.br/2013/04/22/encabecado-por-matanza-e-nasi-festival-casarao-anuncia-lista-de-bandas/ 

casarao13


Dia 23, quinta
20h30, Move Light
Wari (RO)
Os Últimos (Ariquemes, RO)
Branco ou Tinto (MT)
Leave Me Out (MG)
Maria Melamanda (RO)
Matanza (RJ)
Dia 24, sexta
20h30, Move Light
Sexytape (RO)
Sub Pop (RO)
Dimazz Trio (BA/RJ)
Mezatrio (AM)
Versalle (RO)
Nasi (SP)
Dia 25, sábado
18h30, Praça Mercado Cultural 
Eis o Arquiteto (RO)
Illusion Of Death (RO)
Coveiros (RO)
Beradelia (RO)
Kali e os Kakhordas (RO)
Cassino Supernova (DF)

sábado, 20 de abril de 2013

Foi Show: Luê em São Paulo


São Paulo - A cantora Luê fez na capital paulista nesta quarta, 17, o terceiro show da turnê de lançamento do CD A Fim de Onda (http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/02/mapeamento-2013-fim-de-onda.html). O evento aconteceu na tradicional casa Tom Jazz, por onde já passaram os maiores nomes da música brasileira contemporânea. A plateia, não muito numerosa, estava repleta de formadores de opinião - as cantoras Márcia Castro e Roberta Sá, a jornalista Patricia Palumbo e o produtor Bernie Walbenny, além do pai de Luê, o músico Júnior Soares, e do produtor da artista, Betão Aguiar. 

A turnê iniciou em Belém em 9 de março (leia o relato de Raissa Lennon em http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/03/foi-show-lue-no-theatro-da-paz.html) e passou antes pelo Rio de Janeiro, no dia 20 do mês passado, para encerrar em Salvador no próximo sábado, 27. 

Embora eu não tenha presenciado os dois shows anteriores, creio não incorrer em equívoco ao afirmar que a grande mudança foi a estreia na banda, neste show, do guitarrista Régis Damasceno substituindo ninguém menos que Felipe Cordeiro - diretor musical do show e um dos principais arquitetos do novo som de Belém. Régis se saiu bem da difícil missão na maioria das vezes. O restante da banda segue igual - Caetano Malta (guitarra), Klaus Sena (baixo), Da Lua (percussão) e o único paraense, Arthur Kunz (bateria). Mesmo tendo formação no jazz e trânsito maiores pelo rock e MPB, é Kunz (junto com a rabeca de Luê) que garante um caráter mais nortista ao som do espetáculo. 

Luê se mostrou bem desenvolta no palco, traduzindo em gestos, olhares e inflexões de voz o conceito com o qual certa vez Betão Aguiar definiu o som dela para Patricia Palumbo - música sensual brasileira. De fato, uma certa picardia percorria boa parte do repertório, já a partir da canção-título "A Fim de Onda" (Luê - Betão Aguiar - Arnaldo Antunes) - Eu tô a fim de onda/ A fim de onda com você... -  e atingindo o ponto máximo na releitura de Reginaldo Rossi "Em Plena Lua de Mel": Dizem que o seu coração/ Voa mais que avião/ Dizem que seu amor/ Só tem gosto de fel/ Vai trair o marido em plena lua de mel.

Tal clima de sensualidade foi, talvez, responsável por várias manifestações da plateia, que nos intervalos das músicas ia gritando "Gata!", "Linda!" etc., até que em dado momento a cantora pediu, bem-humoradamente: "Se controlem..." 

O repertório incluiu, além das 10 músicas do CD, várias canções, a maioria de autores paraenses, como "Lua Namoradeira", de Dona Onete, "Mistério no Olhar", de Saulo Duarte, e "Nasci para Bailar" (do paraense Paulo André Barata em parceria com o acreano João Donato) - esta, com uma citação de "Baila Comigo", de Rita Lee. A maioria destas outras composições estavam dentro do clima do espetáculo, e foram bastante aplaudidas. A rigor, creio que as únicas canções fora do clima foram  a canção francesa "La Vie en Rose" (Marguerite Monnot Louiguy - Edith Piaf), que Luê solou à rabeca, e "Namoradinha de um Amigo Meu" (Roberto Carlos), num arranjo bem rockão que de certo modo fechou o "momento pesado" do show, vindo logo após o boi-rock "Cavalo Marinho" (Renato Torres - Ronaldo Silva). 

A maior desenvoltura de Luê no palco está de certa forma associada à maior ênfase na cantora que na instrumentista. A rabeca só esteve presente em 9 das 17 músicas - e em uma delas, "Prática", foi só para um arremate final. 

Os momentos mais aplaudidos foram: "Sei Lá" (Felipe Cordeiro), "Nós Dois" (Júnior Soares - Ronaldo Silva) - neste a casa quase veio abaixo - , "Lua Namoradeira", "Cavalo Marinho" e "Mistério no Olhar".

Set list

1 A Fim de Onda
2 Onde Andará Você
3 Sei Lá
4 Prática
5 Se Colar
6 Nós Dois
7 Lua Namoradeira
8 Cabeça
9 La Vie en Rose
10 Cavalo Marinho
11 Namoradinha de um Amigo Meu/ Moliendo Café
12 Nasci para Bailar/ Baila Comigo
13 Mistério no Olhar
14 Em Plena Lua de Mel
15 Faróis
Bis:
16 Bom
17 Lua Luar / Pescador


Site paulista elogia Joelma Klaudia


O site Coletivo Action, de Santos, publicou na terça uma nota sobre a cantora paraense Joelma Klaudia, clamando por um show dela no Sudeste - a nota é reproduzida abaixo. A postagem original está em http://www.coletivoaction.com/curtas/tragam-a-joelma-klaudia-aqui-pra-baixo-urgente

É bom ver Raphael Morone fazendo coro a algo que eu digo desde 2009, e que a razão de ser deste blog -  Acho um crime como o restante do país ignora o que acontece no Norte

O vídeo incluído na postagem é do DVD Dias Assim, gravado em Altamira em 2010 e lançado no ano passado.

Em tempo: para contratar Joelma Klaudia, mande um e-mail para joelmaklau@gmail.com 

***

Postado em abril 16, 2013 às 17:03



Tragam a Joelma Klaudia pra tocar aqui pra baixo, urgente!

Música do Dia: Por Toda Vida

Em julho de 2012, a cantora amazonense Karine Aguiar sagrou-se a grande campeã do 28° Festival da Canção de Ourém (PA) interpretando "Por Toda Vida", composição de seu tio, o compositor paraense (radicado em Manaus) Gonzaga Blantez. Ambos levaram ainda o prêmio de Melhor Letra e Melhor Arranjo. No mês seguinte, ficaram como finalistas do 4º Festival de Música da Alta Mogiana, em Ribeirão Preto (SP), com a canção sendo incluída no CD oficial do evento. 

Trata-se, como vocês poderão ouvir, de uma canção de amor. Amor entre duas pessoas, não importa o gênero delas. Amor é amor! Em função disso, o Tal Qual Dublagens, de Manaus, produziu o clipe "Amor Gay", utilizando cenas de casais masculinos, embalados pela voz de Karine. Postado no YouTube ontem, o vídeo já tem até este momento 623 exibições. 

Perto das 11h da manhã deste sábado, Karine Aguiar postou em sua página pessoal do Facebook um texto agradecendo a homenagem e se posicionando publicamente sobre o respeito à diversidade sexual, alvo de tantas polêmicas recentes:

"Quero agradecer ao Tal Qual Dublagens Lotado pelo vídeo que fez com esta música e a todos os comentários lindos na publicação e pelas mensagens cheias de carinho que tenho recebido do público gay de Manaus há algum tempo. Muitas polêmicas têm acontecido relacionadas a certas cantoras, envolvendo a liberdade sexual. Decidi me expressar publicamente sobre o tema, justamente por causa desta homenagem que meu trabalho recebeu hoje. Sim, UMA HOMENAGEM!

Penso que não é preciso ser negro pra respeitar os negros. Nem é preciso ser pobre para respeitar as pessoas que têm menos do que nós. Não é preciso ser gay para compreender e respeitar os gays. Também não é preciso estar/ser portador de qualquer doença grave para respeitar as pessoas que sofrem nos leitos dos hospitais todos os dias. O que quero deixar claro aqui é que você não precisa e nem é obrigado a pertencer a uma minoria para respeitá-la ou lutar por ela. A questão é você ter consciência de que é HUMANO e, na condição de ser humano, tem o dever de RESPEITAR o seu semelhante. Só quem já sofreu na pele o preconceito, sabe o quanto dói. Eu mesma vim de uma família de condição bastante humilde e sofri preconceito descarado pela condição de pobreza em que vivemos um dia. Também na condição de mulher e ARTISTA, preciso encarar todos os dias os risos de deboche de gente desavisada que acha que exercer a profissão de artista não é um trabalho tão digno quanto qualquer outro.

A única coisa que gostaria de compartilhar com vocês é o meu RESPEITO a todos, independente de RELIGIÃO, COR, ORIENTAÇÃO SEXUAL ou CLASSE SOCIAL e, mais, dizer que a arte que faço é para TODOS. E que eu sempre estarei onde o meu público estiver.

A você, Tal Qual Dublagens, a todos os meus AMIGOS, FÃS, SEGUIDORES HOMOSSEXUAIS, que fazem da minha vida um universo multicolorido fica aqui o meu CARINHO e a minha ADMIRAÇÃO pela luta diária para alcançar seus DIREITOS diante de uma sociedade ainda cheia de preconceitos, hipocrisia, falso moralismo e todos os "ismos" que até hoje, só fizeram bem aos bolsos de quem oprime!


Amai-vos uns aos outros. E que isso baste.

Karine Aguiar"




sexta-feira, 19 de abril de 2013

Festival Casarão divulga atrações da edição 2013


Divulgadas capa e faixas do CD +Amor


O Projeto +Amor, uma iniciativa do MC paraense Israel Di Souza, divulgou nesta quarta, 17, a capa e a relação das faixas incluídas no seu CD Sorria pra Demonstrar que o Mundo não é Só Maldade. O disco tem participações de Léo BeatBox, Osga MC, Wiil Pow, Everton MC, Nego Lil, Mana Josy, Dri'MC, Bruno B.O. e Pelé do Manifesto - este tem ainda uma faixa solo no CD. Também têm suas faixas próprias MC Black, Ministério Costa Norte e Magrinho. O disco pode ser encomendado diretamente com Israel Di Souza, pelo fone 91-8894-0442, a R$ 5.

Uma das faixas, "Vingança", teve clipe lançado no mês passado assista aqui - http://somdonorte.blogspot.com.br/2013/03/veja-o-clipe-de-vinganca-do-amor.html

01 Liberdade 

(Participação de Léo BeatBox) 
02 Somente o Amor Vai Mudar o Mundo 
03 Lacuna Educacional 
04 Todos Iguais 
(Participação de Osga Mc) 
05 Papo de Auto-Afirmação 
(Participação de Mc Nego Lil) 
06 +Carinho
(Participação de Osga Mc) 
07 Eu Quero Mais Amor 
(Participação de Wiil Pow) 
08 Trema Sistema 
(Participação de Everton Mc e Mc Nego Lil) 
09 Inseguro 
10 Democracia na Real
(Participação de Mana Josy) 
11 Retrato Social 
(Participação de Pelé do Manifesto) 
12 Não Tem Preço 
(Participação de Dri'Mc) 
13 Mc Black - PorMaisAmor 
14 Ministério Costa Norte - Não Desista 
(Ygor Mc e Benison) 
15 Só a Real 
16 Magrinho -Na Linha do Horizonte 
17 Sentimento Real 
(Participação de Mc Bruno BO) 
18 Aos Falsos Discursos... 
(Participação de Everton Mc)
19 Vingança 
20 Auto-Análise
21 Pelé do Manifesto - Último Rap.

Banda O Sósia lança primeiro clipe

A banda amapaense O Sósia lançou na quarta, 17, seu primeiro clipe, o da música "A canção de amor de um viajante das estrelas". O som tem um clima sessentista (visível já no próprio figurino da banda), bem ao estilo Jovem Guarda - pra quem não sabe, o grupo tirou seu nome de um rock de Getúlio Côrtes gravado por Roberto Carlos em 1967 no histórico álbum Em Ritmo de Aventura

O clipe foi gravado no dia 7 de abril. A música é de autoria de Alecsandro Cantuária, e seu tema também é bem jovem-guarda: o rapaz lamenta o desprezo da moça que ama, mas tem certeza que ela um dia irá notá-lo e então ambos serão muito felizes. 

terça-feira, 16 de abril de 2013

Foi Show: Eletrola

Por Raissa Lennon,
de Belém

O show da banda Eletrola, que aconteceu na última sexta-feira (12), no Café Com Arte, representou uma reunião dos “velhos amigos” de banda, que não tocavam juntos há quatro anos.  O reencontro fez parte da programação comemorativa dos 10 anos da produtora Se Rasgum.  

Foto: João Lemos 

A banda estreante Blocked Bones fez o show de abertura da noite. O duo de garage rock é formado por Fill Alencar (vocal e guitarra) e por Thiago Almeida (vocal e bateria), e tem influências de sons como Silverchair, The White Stripes e Queens of the Stone Age. Já os DJs Arede, Lux, Marco Auad, G Bandini, Roberto Figueiredo e Dudu Feijó foram os responsáveis pelo som da pista de dança do Café.  

Sem dúvidas, o Eletrola faz parte da história do Se Rasgum, responsáveis por reunir a banda em vários momentos. Mesmo após anunciar seu final em 2005, o Eletrola ainda fez um show especial em 2009, no Espaço Laboratório do 4º Festival Se Rasgum, e em 2010 abriu o show da banda carioca Autoramas dentro da série Se Rasgum Apresenta

Em cima do palco a formação era quase mesma a original: Eliézer (voz e guitarra), Camillo (guitarra),  Mário Antunes (bateria) e Ricardo Maradei (baixo) substituindo Natanael, que não pôde participar. 

Como a principal banda da noite, o Eletrola relembrou vários sucessos do seu único CD, lançado em 2002, como “Até Quando”, “Alvo Fácil”, “Não Olhe Pra Mim”, “Não Pode Chover” e “Revel”. Para consagrar ainda mais o clima de reencontro, no meio do show, o músico Jack Nilson foi convidado para tocar com a Eletrola uma canção de sua extinta banda Stereoscope, “Eu Envelheço”, que o público cantou junto, na íntegra.

O Eletrola fez parte de um cenário de bandas, assim como Stereoscope, A Euterpia e outros, que movimentaram o cenário alternativo de rock Belém há cerca de uma década. Em 2002, o lançamento de seu disco destacou a Eletrola no cenário da música independente nacional, inclusive conseguindo ser a primeira banda paraense a ter videoclipe exibido na MTV Brasil. Baixe o CD da Eletrola direto dos servidores do Som do Norte: http://musicadonorte.blogspot.com.br/2012/07/acervo-para-eletrola-2002.html

O grupo também chegou a entrar tocar em Brasília com a banda gaúcha Cachorro Grande, além de fazer show no Goiânia Noise Festival. A partir de 2005, com o fim da banda, Camillo criou a Turbo e os irmãos Natanael e Eliézer fundaram a Johnny Rockstar. 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Fé na Mudança


44

Artista - Carol Luna
Participação especial - Coringa Tarja Pretta
Cidade/ Estado - Manaus (AM)
Single
Gênero/ estilo - rap/reggae/dub
Data de lançamento - 10.4.13

Novo single da MC amazonense, com participação de Coringa (também co-autor da letra), integrante do grupo de rap Tarja Pretta. A letra fala da fé que devemos manter mesmo em tempos difíceis, e chega a comentar o preço da passagem de ônibus em Manaus, alvo de recentes protestos:  R$ 2,75 parceiro, pra mim não dá/ Se essa porra aumentar, não vou poder pagar/ Vou ter que andar a pé, no lado da minha mulher

Onde ouvir - https://soundcloud.com/carollunamc/carol-luna-part-coringa-f-na

O som não foi liberado para download.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Mapeamento 2013: Tanta Coisa


43

Banda - Escândalo Fônico
Cidade/ Estado - Manaus (AM)
Single
Gênero/ estilo - rock
Data do lançamento - 5.4.13

Primeiro lançamento do ano da banda de Manaus. O single foi lançado em festa realizada na capital amazonense no dia 5, com a presença de i9 Rock e Rahvox, e no dia 9 através do programa Pocket de Notícias da Rádio Web Manifesto Norte. 


O pacote de download inclui o CD Escândalo Fônico, de 2012



terça-feira, 9 de abril de 2013

Após tocar na Noite Som do Norte, Malbec e Luneta circularão por palcos de outras regiões

Malbec na 7ª Noite Som do Norte - 
Casa do Neuber (Boa Vista), 15.3.13

Matéria de Mônica Dias publicada pelo G1 Amazonas na noite da segunda, 8, destacava as próximas viagens das bandas manauaras Malbec e Luneta MágicaBandas amazonenses fazem turnê no Sul e Sudeste do Brasil (http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2013/04/bandas-do-amazonas-fazem-turne-no-sul-e-sudeste-do-brasil.html).  

O texto destacava pontos em comuns entre as bandas, e dedica um parágrafo ao único show de cada uma 'fora de casa' até o momento: 

"Outra coincidência entre as bandas é que elas só tocaram no Amazonas e em Roraima. Pela primeira vez, os grupos irão se aventurar musicalmente fora da região Norte. "Em Boa Vista (RR), foi ótimo, porque nós encontramos pessoas que já conheciam nossa música e até cantaram durante o show. Espero que nas próximas cidades não seja diferente", almejou Natan (Fonseca, baterista da Malbec). O guitarrista da banda Luneta Mágica tem expectativas semelhantes. "Foi surpreendente em Boa Vista, porque lá abriram espaço para ouvir a Luneta. Para essa primeira turnê, a expectativa de aprendizado é muito grande, mas tudo será uma grande surpresa, na verdade", disse (Erick Omena). "

Luneta Mágica na 8ª Noite Som do Norte - 
Casa do Neuber (Boa Vista), 5.4.13

A outra feliz coincidência é que ambas as bandas tocaram em Roraima em eventos promovidos pelo Som do Norte juntamente com o Roraima Rock'n'Roll - sim, exato, nossas Noites Som do Norte! As fotos ilustram momentos de cada show.

A ambas as bandas, nosso desejo de muito sucesso nessas novas viagens - afinal, quanto mais sons do Norte espalhados pelo Brasil, melhor! 

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Música do Dia: Povo Daqui



Joelma Klaudia lançou no sábado, durante o show em que comemorou os dez anos de carreira, em Belém, seu novo clipe, com a música "Povo Daqui" (Edir Gaya - Cacá Farias). A composição foi incluída no repertório de seus shows desde o Circuito Autoral, realizado nos bares da capital paraense em outubro do ano passado. 

Lançado neste domingo, 7, no canal da artista no YouTube, o vídeo foi gravado em Altamira (PA) em julho de 2012, tanto na parte urbana quanto em aldeias de indígenas das etnias Araweté, Arara, Asurini e Parakanã.

domingo, 7 de abril de 2013

Na Rede: 8ª Noite Som do Norte em áudio e vídeos

O blog Roraima Rock'n'Roll, produtor local das Noites Som do Norte em Boa Vista, publicou entre ontem e hoje alguns materiais reportando o que rolou na Casa do Neuber na noite da sexta, 5.

O primeiro vídeo é uma espécie de mini-doc, trazendo trechos dos shows das bandas Luneta Mágica e Jamrock, além da fala de abertura do produtor Victor Matheus e uma entrevista com Pablo, da Luneta, feita já no Aeroporto de Boa Vista. Nos outros vídeos, trechos dos shows de cada banda.

Ao final, incluí também um trecho do programa Estilo Rock, apresentado pelo próprio Matheus, feito na manhã do sábado, 6, e no qual a Luneta Mágica comenta a festa e seus planos para 2013.

***

8ª NOITE SOM DO NORTE - BOA VISTA - RR
com Luneta Mágica (AM) e Jamrock (RR)


8ª NOITE SOM DO NORTE - BOA VISTA - RR
Luneta Mágica (AM)


8ª NOITE SOM DO NORTE - BOA VISTA - RR
Jamrock (RR)


***

Na Rede: MOMENTO POLAROID - 8ª NOITE SOM DO NORTE - BOA VISTA - RR

Por Victor Matheus (texto e fotos)

A Coluna MOMENTO POLAROID é uma extensão da sessão “Momento Polaroid” da Coluna Roraimarocknroll do Jornal Folha de Boa Vista, que visa promover os artistas da fotografia roraimense que sempre colaboram com o Blog e registram a história do rock roraimense através de fotos. 

Nesta edição do MOMENTO POLAROID o leitor do Blog Roraimarocknroll aprecia o registro fotográfico da passagem da banda amazonense LUNETA MÁGICA pela primeira vez na cidade de Boa Vista para participar da 8ª NOITE SOM DO NORTE, e o registro dos shows da banda LUNETA MÁGICA e JAMROCK, pelas lentes da TECPIX RORAIMAROCKNROLL. O evento aconteceu no dia 05 de abril, na CASA DO NEUBER. 

Confira o MOMENTO POLAROID 
8ª NOITE SOM DO NORTE - BOA VISTA - RR 

A banda amazonense LUNETA MÁGICA
foi recebida e atendida pelo baixista JORGE HOLANDA (1º a esquerda)  da banda DITAMBAH.
e almoçou no CHACRINHA CHOPP'S.

LUNETA MÁGICA no HOTEL FERRARI.

 LUNETA MÁGICA em momento turista no CENTRO COMERCIAL CAXAMBU
no centro de Boa Vista - RR

 LUNETA MÁGICA surpreendeu o público roraimense com seu som espacial e psicodélico

 LUNETA MÁGICA na 8ª NOITE SOM DO NORTE

LUNETA MÁGICA: Psicodelia amazônica expansional

Momento Hendrixiano 
guitarrista ÉRICK "ÍCARO" da banda LUNETA MAGICA

 Entrada da Casa do Neuber 
Discos das bandas JAMROCK e LUNETA MÁGICA para venda.

 ANA GABRIELA, talento e inspiração artística na alma e na atitude

 JAMROCK: O brilho de uma estrela em ascensão

 LUNETA MÁGICA e NEUBER UCHÔA

 VICTOR MATHEUS e LUNETA MÁGICA
rádio FM MONTE RORAIMA 107,9

Rodrigo Mebs e Jorge Holanda (Banda Ditambah)
e Luneta Mágica no check out de volta a Manaus
AEROPORTO INTERNACIONAL DE BOA VISTA