Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Diz Aí: Liah Soares

Som do Norte - Liah, esse seu show do sábado no Theatro da Paz comemorando os 397 anos de Belém é sua primeira apresentação na capital paraense? O repertório terá basicamente canções do seu CD mais recente, Quatro Cantos (2011), ou será mais abrangente, fazendo um panorama de sua carreira?

Liah Soares - Esse será o meu segundo show em Belém, fiz um show na praça com o Skank há um tempo atrás. o Theatro da Paz é o um lugar sagrado pra mim. Estou muito feliz em estar celebrando o aniversário de Belém e ainda cantar num palco que sonho pisar desde menina. O show será único na minha vida, com músicos paraenses estarei revisitando minhas origens musicais mesclando com meu repertório autoral (cantando um pouco de cada disco meu) e fazendo minha releitura de clássicos que também fazem parte da minha trajetória, que inclusive cantei no The Voice Brasil.

Som do Norte - Embora já tenha quatro CDs lançados, creio não ser de todo errado dizer que o grande público só veio a conhecer o seu trabalho como cantora no final de 2012, quando da sua participação no programa The Voice Brasil (TV Globo). Como foi que você chegou até o programa? Como avalia a experiência de estar sendo julgada por astros como Daniel, Lulu Santos, Carlinhos Brown e Cláudia Leite, e competir com artistas da qualidade de uma Ellen Oléria? Você sente um reconhecimento maior do público após sua participação no programa?

Liah Soares - O reconhecimento do meu trabalho pelo grande público realmente aconteceu com o The Voice e as oportunidades e novas portas que estão se abrindo também. Soube do programa através da indicação de amigos. A experiência no The Voice foi incrível. Fiz muitos amigos, aprendi demais com tudo que vivemos lá juntos e só posso dizer que tem muita gente talentosa e com um caminho muito bacana pela frente. Vislumbro perfis de artistas diferentes e respeito muito todos eles. Além de tudo isso, conquistei o respeito e admiração de grandes músicos do cenário brasileiro como Lulu Santos, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e o cantor Daniel (que foi um técnico muito amigo, competente e generoso).

Com Daniel, no programa The Voice Brasil (2012)

Som do Norte 
- Em 2000, antes mesmo de você gravar seu primeiro CD (Liah, 2003), a apresentadora Angélica gravou uma música sua, "Fotos no Espelho". Posteriormente, outras canções suas foram gravadas por KLB, Cidade Negra, Wanessa e Sandy & Júnior. Como foi que o seu trabalho chegou ao conhecimento destes artistas?

Liah Soares - Sempre gravei demos das minhas canções e saía distribuindo para os artistas. Até o dia que aconteceu de minha primeira música ser gravada por um artista nacional. Minha carreira sempre foi de muita luta, batalhei muito para conquistar meu espaço, para mostrar minha música, para viver da minha arte com dignidade!

Som do Norte - Você nasceu em São Domingos do Araguaia e morou até os 12 anos no interior do Pará. Você voltou a morar no Estado depois disto? Que lembranças você guarda deste período? Você reconhece alguma influência deste período em seu trabalho atual?

Liah Soares - Nasci em Tucuruí, mas logo em seguida meus pais se mudaram pra São Domingos do Araguaia.  Sou a caçula de uma familia de 4 filhos e a paixão por música vem desde criança. Sou uma curiosa nata por instrumentos musicais, aprendi os primeiros acordes num cavaquinho que meu pai deixava abandonado na sala aos 8 anos, depois violão. O primeiro festival de música que participei com uma composição minha eu tinha apenas 12 anos, o FECAM, um renomado festival da canção de Marabá, a partir daquele dia eu tive certeza que queria viver de música. Sem dúvida alguma todo o tempo que morei no Pará influenciou muito a minha formação musical.

 Fazendo Twitcam no começo do ano

Som do Norte - Recentemente, você adotou artisticamente o sobrenome Soares, deixando de assinar apenas Liah. Houve alguma razão especial para isto?

Liah Soares - Na verdade, durante o The Voice, eles optaram por usar o Liah Soares. Eu gosto de ambos, com ou sem sobrenome, a minha essência, a minha verdade e a minha arte sempre permanecerão as mesmas.

Som do Norte - Quais são seus planos para 2013? Sua agenda incluiu outros shows em Belém e no Pará além deste de sábado?

Liah Soares - Pra esse ano, além de querer fazer meus shows por todo o Brasil, o grande projeto é gravar meu primeiro DVD, um sonho antigo meu. Já estou pensando no repertório e conceito, onde enfatizo minhas raízes e influencias musicais para contar minha estória nesse show com muita intimidade e verdade para publico brasileiro. Já tenho um show (corporativo) para fazer no dia 27 em Belém e muitos outros a serem confirmados por todo o Pará. Espero estar muito no Pará de agora em diante!


Nenhum comentário:

Postar um comentário