Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Diz Aí: Caldo de Piaba


Entrevista por Nany Damasceno
de Rio Branco

Som do Norte - Há algum tempo, aconteceu a saída do baterista Eduardo Di Deus da banda, depois disso vocês andaram tocando menos e tentando alguns bateristas. Como se deu esse processo? 

Caldo de Piaba - Sim foi natural a banda tocar menos. O Flávio Barba, quando entrou no Caldo de Piaba, precisou de um  tempo pra colocar as referências dele nas músicas, fizemos um show com ele no sarau da UFAC - muito bom, por sinal -, depois desse show, por motivo de força maior o Barba teve que sair da banda. Com isso, fizemos o convite ao Jorge Anzol (do Los Porongas) que, por nossa sorte, estava passando uma temporada em Rio Branco. Ele topou na hora, fizemos 9 shows em Rio Branco, até ele voltar pra São Paulo. Foi quando entrou o Paulinho Nobre e se fixou  na banda com facilidade. Levando em consideração que a banda tocou com três bateristas diferentes, cerca de 15 shows, na medida do possível mantivemos uma boa atividade. Hoje já estamos com o repertório firmado e esse processo de mudança foi mais uma experiência pra nossa vida.




Som do Norte - E como está este novo momento do Caldo de Piaba?

Caldo de Piaba - O Caldo de Piaba vive hoje um momento muito especial, já fizemos alguns shows bem legais com essa formação, estamos fazendo uma parceria musical com o Andrelino Caetano (um cara das antigas, referência do brega acreano) e isso envolve a produção, por conta própria, de um documentário sobre a história do cara. Também seremos banda base do Andrelino em sua participação num festival local, em que ele concorre com a música “Misteriosa”. Estamos no mesmo festival com um música chamada "Quebra Jejum". Além disso temos também o projeto Zé com Caldo, junto com o Zé Jarina, com quem já fizemos alguns ensaios abertos e um show, recentemente.




Com Zé Jarina

Som do Norte - Vocês tocaram recentemente no Festejo BeradeRO, em Porto Velho. Como estão sendo os convites para tocar fora do Estado?

Caldo de Piaba - Recebemos com muita felicidade esse convite da gelara do Fora do Eixo Rondônia pra tocar no Festejo BeradeRO, já fazia um tempo que a gente queria agitar essa ida pra Porto Velho e o convite veio a calhar. É sempre bom mostrar o nosso trabalho pra outros públicos, então sempre que for possível a gente vai com o maior prazer, além de ficar de olho em editais, que são uma ótima porta para circulação.

Som do Norte - Quais os planos imediatos e futuros da banda? 

Caldo de Piaba - Além das parcerias com o Andrelino e o Zé Jarina, estamos focados no baile-show de 4 anos de Caldo de Piaba que será em meados de dezembro. Pro ano que vem, compor novas canções, gravar e  lançar CD, e continuar produzindo cada vez mais, na medida do possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário