Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Post nº 2700 - Diz Aí: Gabi (Jamrock)


Som do Norte - Gabi, no começo deste mês enfim a Jamrock parafraseou o título do seu EP e fez sua "primeira viagem", para dois shows e uma entrevista em Manaus. Vocês nunca haviam tocado fora de Roraima, não é? Como foi a sensação de tocar para um público diferente, que não estava habituado a ouvir vocês?

Gabi - "Não é!" haha.. Foi uma experiência incrível, Fabio. Fomos convidados a tocar no Caverna Rock e no Cauxi Espaço Cultural, agradecendo demais e sempre o convite e a recepção que foi única. Ver e sentir o nosso som sendo aceito e reconhecido foi maravilhoso.. Além dos amigos que nós temos lá, que deram toda a força e apoio! A viagem foi tão produtiva que além da entrevista na Manifesto Norte, feita pelo William D'Angelo e o nosso parceiro/brother/amigo Sandro Nine, rolou também uma entrevista na Amazonas FM com o Sandro Abecassis, que faz um trabalho super profissional e nos recebeu super bem!



Som do Norte - O EP A Primeira Viagem, lançado no começo de junho, já foi baixado 667 vezes apenas a partir do Som do Norte, fora os downloads feitos no blog da Jamrock e no Soundcloud. Por sinal é o maior sucesso já lançado pelo  Som do Norte, só o post do lançamento já foi acessado mais de 1.000 vezes! A galera que foi nos shows de Manaus já conhecia as músicas, o pessoal cantou junto? 

Gabi - Cantou e isso surpreendeu! A gente percebeu o quão necessária a internet se tornou.. E quem não sabia cantar, dançava e se expressava da maneira que dava. Sem contar nas vendas do EP! Muita gente chegava pedindo pra comprar e isso valoriza muito, é trabalho reconhecido, né? Tudo que qualquer pessoa gosta de receber!

Som do Norte - Como foi ser a única banda de Roraima a tocar na festa "Rock BR 174" no Caverna Rock Café no dia 3?


Gabi - Vou ser sincera.. Na hora que eu cheguei, deu um medo e um frio na barriga que eu nunca mais tinha sentido! Acho que todo mundo tava assim.. Mas como eu te falei, a recepção foi demais mesmo! Depois da primeira música a gente se soltou e foi tranquilo interagir com o público que não tá muito acostumado com um reggae aqui e alí! Eles dançaram, pediram música, curtiram a nossa Roraimeira com "Solana Star", do nosso poeta Eliakin Rufino, e "Casinha de Abelhas", do tio Neuber Uchôa, numa versão meio rock com o Sandro Nine, dividindo vocal com o Hugo.

Som do Norte - E de dividir o palco com Alaídenegão no dia 5 no Espaço Cauxi, o que você me conta? 

Gabi - No Cauxi não foi muito diferente, tanto o público quanto a casa nos receberam de braços abertos e na hora do show não deu em outra, todo mundo dançando e curtindo alí na nossa frente.. Felicidade total! A galera da Alaídenegão foi super receptiva e nos deram muita atenção, não tem como agradecer o convite. Além disso, o show dos meninos é de não ficar parado mesmo! Música de qualidade, alegria, a sintonia deles é linda de se ver, têm tudo pra estourar, com certeza!

Som do Norte - Vocês também estiveram no programa Rockstória da rádio web Manifesto Norte, um projeto do Sandro Nine, como foi a entrevista?

Gabi - Foi superdescontraída e animada, não tem como ficar perto do Sandro e ele não te tirar umas risadas, né? Falamos sobre a cena de Manaus e de Roraima, o EP, a viagem.. A galera que tava acompanhando pelo chat participou e curtiu! Eu, particularmente, gostei muito. O Sandro é um grande profissional e uma pessoa ótima, o Wiliam, que também nos entrevistou também foi super atencioso e também é um grande profissional! Manifesto Norte tá no começo e dando super certo, foi uma honra pra Jam participar! Sucesso pra eles!

Jamrock com Sandro Nine (de boné)

Som do Norte - Recentemente, a banda Forfun elogiou vocês no Facebook (http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/06/disco-do-mes-forfun-recomenda-jamrock.html). Como foi para vocês receber este reconhecimento?

Gabi - Não sei nem como te explicar, porque desde o começo da Jamrock, Forfun faz parte da nossa rotina. Particularmente falando, eles fazem parte da trilha sonora da minha adolescência, sou fã mesmo! Então ver aquele compartilhamento foi surreal, cara.. Deu motivação e nos alegrou demais! A gente só tem a agradecer, porque aquele compartilhamento nos apresentou pra outras pessoas, outras regiões e é isso mesmo que a gente quer, ir o mais longe possível fazendo o que a gente gosta e quer! Tá na memória! Haha

Som do Norte - Por fim, quais são os planos futuros da Jamrock? Já há outras viagens marcadas? 

Gabi - Bom, como eu falei, o nosso objetivo é espalhar e atingir o máximo que a gente puder, sem restrições. Mas, um passo de cada vez.. A região Norte, primeiramente, é nosso foco, claro que se oportunidades surgirem de outros lugares elas serão muito bem vindas. Não temos nenhuma viagem marcada e isso nos dá tempo pra trabalhar em mais músicas, principalmente próprias, que é nosso principal foco!

Fotos: Ed Andrade Jr. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário