Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 31 de julho de 2012

Foi Show: Abertura do Circuito Terruá



O sexteto do baixista Adelbert Carneiro (foto) abriu no começo da tarde desta terça no Boteco das Onze Janelas o Circuito Terruá, programação paralela do Terruá Pará 3

Acompanhado por alguns dos melhores instrumentistas de Belém - Edgar Matos (teclados), Elias Coutinho (sax e sax midi), Joab (trumpete), Márcio Jardim (percussão) e Edvaldo Cavalcante (bateria) -, Adelbert fez um belo show, no qual apresentou temas de seu CD Ianubiá, como "Tia Chiquinha" (homenagem a uma senhora do marabaixo), "Mata Adentro" e "Baixarada" - que definiu como uma intenção de criar no baixo o equivalente da guitarrada. Interpretou ainda uma parceria sua com o Trio Manari, "Dançando no Rio", que saiu no primeiro CD do grupo (posteriormente, o tema instrumental ganhou letra de Eliakin Rufino e foi gravado pela cantora Euterpe). Também ouvimos temas de jazz americano e africano. 

Adelbert fará participação especial nos quatro dias de show do Terruá no Theatro da Paz, acompanhando Lia Sophia no megahit "Ai, Menina". 

Cinco artistas do Norte confirmados na Feira da Música de Fortaleza


A Feira da Música de Fortaleza divulgou hoje a programação completa da 12ª edição, que acontece de 22 a 25 de agosto. Estão confirmados 4 artistas paraenses e 1 amazonense: 
Palco Rock
Suzana Flag (PA)
Mestre Laurentino e Os Cascudos (PA)
Palco Brasil Independente
Mestre Vieira e Os Dinâmicos (PA)
Alaídenegão (AM)
Palco Roots
Juca Culatra (PA)

domingo, 29 de julho de 2012

Gravando o clipe "Legal e Ilegal"

Por Felipe Cordeiro*

Após muitas reviravoltas, eis que tínhamos em mãos um roteiro definitivo. Elaborado pela Carolina Matos, o desafio era colocar em prática aquela idéia maluca, trabalho que passaria pelas mãos e lentes do outro diretor, o comandante da câmera Brunno Régis.

A pré-produção demorou muito tempo, pois tanta gente envolvida e tantos detalhes exigiram uma demanda intensa, trabalho que coube sobretudo ao Brunno Apolônio, foram meses. Decidi com a equipe da Greenvision que iríamos chamar o Carlos Vera Cruz, meu amigo de longa data, pra cuidar do conceito dos figurinos.


Fiz uma viagem demorada pra São Paulo, quando voltei só deu tempo de ir em casa tomar banho e partir pro set de filmagem, o sítio distante e tranquilo da Priscilla Brasil, no subúrbio de Belém.

Chegando lá me surpreendi, a empresa, que aparentava ser simples, me assustou, tamanha a complexidade. O circo estava armado e ostentando vitória. Eram mais de cinquenta profissionais envolvidos. Estudantes de audiovisual e de letras também estavam presentes. No elenco, muitos músicos e amigos, alguns atores e gente que eu só conheci ali.

A liguagem do clipe flertava com teatro e circo, as panadas que serviram de fundo aos diversos quadros que se sucedem durante "Legal e Ilegal" foram trocadas manualmente a cada mudança. Sim, o clipe foi feito numa única tomada de plano-sequência, esse foi o maior desafio.

Quando a câmera focava em mim, por exemplo, havia uma verdadeira mobilização e corre-corre por detrás das paredes móveis, de modo que muitas vezes deu a impressão de estarmos participando de uma disputa esportiva. Aliás, há aí uma curiosidade, havia quatro paredes, a câmera rotativa no meio, e, para ficar mais eficaz o elenco foi divido em quatro, por cores: magenta, ciano, amarelo e preto. No final das filmagens as equipes já tinham encarnado o espírito de disputa e até vaiavam quando algum erro vinha de outra equipe-cor.

Eu troco de figurino quatro vezes durante a música; a primeira mudança é o tempo das primeiras notas da introdução para primeira frase cantada, ou seja, tinha eu que trocar de roupa em cravados dez segundos, coisa que só aconteceu porque tive a ajuda do Carlos e da Márcia (Braga), havia de ser como a troca de pneus de uma equipe de Fórmula 1.

Festival RecBeat - Recife - Carnaval 2011O primeiro dia foi só pra ensaiar, poupamos Dona Onete e meu pai (Manoel Cordeiro). Veloso Dias, compositor do hit "Ex-My Love", cantado pela Gaby Amarantos, participou do ensaio, mas no dia seguinte passou mal e não compareceu, na verdade eu acho que ele ficou com medo, pois todos tinham que aguentar horas de gravação. No ensaio começamos às 17h e fomos até 0h.

No dia da gravação, tudo afinado, testado e ensaiado, um susto, faltou luz. Demorou um pouco, mas voltou para alívio dos diretores e de todos. Começamos a gravar mais ou menos 21h.

No começo parecia um ensaio geral, ainda teve vários erros, gravar um plano-sequência requer muito rigor e paciência. Mas logo pegamos o ritmo e a gravação começou a andar bem mas ainda com pequenos erros e não podia ter absolutamente nenhum. Só André Abujamra não errava, fazia participação especial de dentro de uma tv. Depois de 17 takes muito frenéticos e suados, ficou bom.

Meu primo, Sérgio Mutuca, fez um trabalho de pós-produção incrível, ajustando algumas pequenas sujeiras. O Brunno Régis ainda fez um letreiro para abrir o clipe, que contou também com um bigode desenhado pela arquiteta e cantora Camila Honda.

O resultado me agradou muito, "Legal e Ilegal" é uma canção cínica e divertida mas que tem muitas sutilezas, o tema da tolerância, bem ilustrada na cena em que o punk agride o cabra do carnaval, é uma delas. O clipe conseguiu expor outras filigranas embutidas na letra da canção, sair com um painel do comportamento multicultural contemporâneo, a partir do pretexto tortuoso do tema das drogas e da “questão do gosto” (a grande questão do Kitsch Pop Cult), é o grande sucesso deste vídeo, o primeiro da minha carreira. Obrigado a todos, a ficha técnica está junto ao vídeo no YouTube.


Foto do perfil

* Publicado originalmente no site de Felipe Cordeiro 

sábado, 28 de julho de 2012

De Olho: Lia Sophia na novela Amor Eterno Amor

Bastidores da gravação - Felipe Cordeiro, Márcio Jardim,
Edvaldo Cavalcante, Lia Sophia, Adelbert Carneiro (atrás),
Carol Castro, Vera Mancini e Daniela Fontan (à frente)

Já no primeiro segmento do capítulo de hoje da novela Amor Eterno Amor (TV Globo), houve a participação de Lia Sophia e sua banda (formada por Felipe Cordeiro - guitarra, Adelbert Carneiro - baixo, Edvaldo Cavalcante - bateria, e Márcio Jardim - percussão) tocando "Ai, Menina". E Lia estava visivelmente radiante!

Foi uma participação tão boa quanto breve, em que a câmera passeou pelo palco e pelos personagens que ali estavam reunidos a propósito da inauguração da birosca Alegria do Pará no (fictício) Edifício São Jorge. Pouco mais de dois minutos, que deixaram um gostinho de 'quero mais'. 

O número musical praticamente não teve interrupções, apenas um pequeno corte durante o solo, no qual se mostrou a personagem Juliana (Marina Ruy Barbosa) comentando que nem estava acreditando que o show era da Lia Sophia, de quem ela já teria visto vários vídeos na internet, e a quem considera "o máximo". 

A única coisa esquisita na cena foi a ambientação, com o fundo do palco coberto de bandeirinhas triangulares, no melhor estilo festa junina. 
  • Já no segundo segmento, entrou em cena um grupo instrumental não-identificado tocando lundu marajoara. 

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Rapidola @SomdoNorte - atualizações da quinta, 26.7.12

Vitória Braun, Felipe Cordeiro, Keila Gentil e Luiza Braga





  • 18h26 - Já foram lançados dois volumes do CD triplo 100 Anos de Gonzagão, com regravações inéditas da obra do Rei do Baião. O volume 1, "Sertão", traz Fafá de Belém cantando "A Volta da Asa Branca" (Luiz Gonzaga - Zé Dantas). O 2, intitulado "Xamego", tem Gaby Amarantos cantando "Cintura Fina", dos mesmos autores. Lançamento Lua Music. 

  • 18h24 - A banda Guy-Bras toca amanhã às 17h, durante o plantio de 2 mil mudas de árvores no Conjunto Cruviana, em Boa Vista. A iniciativa é do SESC Roraima,  com apoio da Secretaria Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas (SMGA) e Rural Fértil, e visa divulgar o 8º Roraima Sesc Fest Rock – Uma Nova Atitude. 

  • 18h22 - A banda Control-Z será a atração do projeto Riffs Desplugados de julho. A iniciativa, produzida pro Sandro Nine (blog Manifesto Rock), tem o apoio do Som do Norte. O evento acontece na Saraiva Megastore do Manauara Shopping (Manaus) no dia 17 de agosto, sexta, a partir das 19h30, com entrada franca. A banda irá apresentar músicas que devem estar no CD que pretende lançar ainda este ano. 

    Euterpe
  •  18h20 - A cantora Euterpe apresenta amanhã na Confraria Butikin (Boa Vista), a partir das 23h, o show Nas cordas do meu violão, com músicas próprias e sucessos recentes da MPB e internacionais, tendo o acompanhamento dos violões de Vitor Piani e Flett. Participam os artistas Sansara Buriti, Vânia Coêlho, Leka, Gabi Moreno, Halisson Cristian Bignel. Couvert a R$ 7. 

  • 18h15 - O site da novo web rádio Manifesto Norte (Manaus) anunciou hoje, no melhor estilo teaser, a realização em breve do Prêmio Manifesto Norte de Música Independente 2012. 



Música do Dia: Afroamazônicos

Nos primeiros minutos desta quinta, foi lançado no Soudcloud do produtor musical, engenheiro de som, sound designer e músico paulista Wagner Bagão, o Dubalizer, este som produzido em parceria com o rapper paraense Bruno B.O. - "Afroamazônicos". 

O termo está na raiz mesmo do trabalho de Bruno, agraciado em 2010 pela Secretaria de Identidade e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC) com o Prêmio Hip-Hop 2010 – Edição Preto Ghóez, na categoria Conexões, que contemplou ações que promovem o intercâmbio do hip hop com outras linguagens. Em entrevista que me concedeu em maio de 2011 para que eu escrevesse seu perfil para o site Pará Música (http://www.paramusica.com.br/pagina/menumusicaldetalhe/ID/36), Bruno definiu seu som como “rap afro-amazônico”, acrescentando que seu trabalho se apóia no tripé música, ação política e religiosidade, em especial religiões afro como o candomblé.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

A onipresença de "Ai, Menina"

Na semana em que passei em Macapá, entre o final de junho e início de julho, era comum ouvir na rua a todo momento o som da música "Ai, Menina", de Lia Sophia - vindo de rádios de dentro de casa ou de automóveis, ou de caixas de som postas nas calçadas em frente de lojas ou de residências. 

Vários fatores se somavam para chegar a este resultado. Afora a difusão maciça que naturalmente ocorre quando uma canção entra numa trilha sonora de novela, há o fato de que Lia cresceu em Macapá, logo, por mais identificação que ela tenha hoje com o Pará, onde começou e desenvolve sua carreira musical, é considerada para todos os efeitos uma artista amapaense. Também contribui para isto, imagino, o sentimento de pertença a uma região, como no Brasil só se vê no Norte e no Nordeste - enquanto no meu Sul natal quem é de Porto Alegre não tem o menor interesse pelo que acontece em Curitiba e vice-versa, no Norte quem é de Porto Velho se sente de algum modo próximo de quem é de Boa Vista ou  Macapá.

Já de volta a Belém neste mês, continuo a ouvir "Ai, Menina" com frequência, desta vez não mais com a autora, que não tem feito shows na capital paraense. O caso é que o sucesso da composição fez com que ela entrasse para repertórios os mais diversos. O show da banda Sayonara, ontem no 6º Festival Cultura de Verão, no Pier das 11 Janelas, foi só a mais recente dessas ocasiões. No mesmo palco, Lucinha Bastos e Mahrco Monteiro também já haviam cantado "Ai, Menina" no dia 10. O carimbó também foi tocado na festa de 9 anos da banda B3, no bar Boêmio, no dia 13. Um dia antes, eu ouvira "Ai, Menina" na voz de Yanna Cardoso no Bárbaro Lounge. Yanna voltou a cantar a música de Lia em outro bar, o Municipal, no dia 19 - a cantora faz repertórios distintos nos dois locais, mas não tem dispensado interpretar "Ai, Menina" onde quer que vá. E tudo indica que a lista só faça aumentar. Para nossa alegria. 


terça-feira, 24 de julho de 2012

Sobre a postagem do clipe do Felipe Cordeiro

Pedimos desculpas aos nossos leitores. Às 17h06, postamos aqui no Som do Norte o novo clipe do Felipe Cordeiro, que havia sido lançado hoje cedo no YouTube e vinha sendo compartilhado no Facebook. Nosso post chegou a ter 20 visualizações. 

Porém, agora há pouco, nosso leitor Censurado comentou que não era possível ver o vídeo. Fui verificar e constatei que os produtores do clipe definiram o vídeo como privado, de modo que não há como assisti-lo nem inserido em nosso blog, nem diretamente no YouTube. Embora sendo uma situação sobre a qual não temos controle algum, nos sentimos no dever de nos desculpar com nosso público, que veio até aqui na esperança de assistir o novo clipe (que por sinal está muito bom!).

  • Como ficou: Recebi às 13h18 do dia 25 de julho, e-mail de Brunno Regis, co-diretor do clipe, explicando porque houve a retirada do ar:
oi fábio, o clipe foi postado pelo próprio conexão vivo, aí por conta de alguns ajustes ele foi retirado do ar e colocado de novo no link http://www.youtube.com/watch?v=GP2X8vWtog0

lançamos ele no vimeo também hoje http://vimeo.com/46338171

agradeço a atenção e fico feliz por teres gostado do trabalho 


Veja o clipe oficial de "Legal e Ilegal", de Felipe Cordeiro

Foi lançado agora à tarde o clipe oficial de "Legal e Ilegal", de Felipe Cordeiro, faixa que abre o CD Kitsch Pop Cult, gravado pelo cantor-compositor-instrumentista paraense no ano passado. Além de ser um grande sucesso, inclusive com regravações (nos DVDs Ser do Norte, da Trilogia, e Caldeirão Amazônico, de Marhrco Monteiro com participação especial de Lia Sophia), "Legal e Ilegal" já batizou o fã-clube oficial dedicado a Felipe, fundado recentemente em Belém. 

O divertido clipe tem participação de artistas como Dona Onete, Manoel Cordeiro, Keila Gentil (da Gang do Eletro), Ana Clara Matos e da atriz Luiza Braga, entre outros. E o Felipe me garantiu que foi filmado realmente em plano-sequência (ou seja, numa tomada só, sem interrupções). Haja rapidez para a troca de figurinos e cenários! 


Viabilizado pelo Conexão Vivo através do projeto Conexão Música & Imagem.

FICHA TÉCNICA
Direção: Brunno Regis e Carolina Matos
Direção de Fotografia: Brunno Regis
Roteiro: Carolina Matos
Produção Executiva: Priscilla Brasil
Assistente de Produção Executiva: Brunno Apolonio
Pós Produção: Sérgio Coelho (Mutuca)
Assistente de Direção e Produção: Artur Dutra
Produção: Thalles Santos
Assistente de Produção: Maíra Fonseca
Produção de Elenco: Luana Klautau
Assistente de Elenco: Cecílio Leitão
Produção de Objetos: Tomaz Penner
Assistente de Objetos: Isabela Lima / Taynah Moraes / Renan Mota / Yasmin Pires / Victória Costa / Lucas Wilm
Figurino: Carlos Vera Cruz
Confecção de Figurino: Márcia Braga
Maquiagem: Romário Gonçalves
Assistentes Figurino: Licia Silva e Luiza Queiroz
Cenografia: Fernando Barrão e Rosa Marina Leitão
Assistente de Cenografia: Igor Patrick Franco
Assistentes de Cenário: Raffael Regis / Paulo Evander / Karina Almeida / Riba Júnior / Alexandre Lima / Ingrid Pípolo / Naiana Gaby
Maquinária: Anderson Conte (Miguel)
Eletricista: Aldo Lima
Apoio: Pizz'UP / Ná Figueredo / Marluce Jares

Elenco:
Felipe Cordeiro
Manoel Cordeiro
Artur Kunz
Maurício Panzera
Emanuel Matos
Clarice Sequeira
Edvaldo Souza (Azul)
Ramón Rivera
Luiza Braga
Vittória Braun
Keila Gentil
Paulo Vasconcelos
Bina Jares
Renan Kardec
Dona Onete
Fernando Barrão
Ana Clara Matos
Arthur Benstene
Daniel Silva
Lucas Estrela
Brunno Apolonio

Participação Especial:
André Abujamra

Agenda Boa Vista: Lançamento do EP Sem Mentiras será em 3 de agosto


Desconsidere a data do cartaz, 
a festa é mesmo no dia 3/8! 

No começo de julho, a banda Veludo Branco, de Boa Vista, lançou seu primeiro EP, intitulado Sem Mentiras, escolhido como Disco do Mês pelo blog Som do Norte. O trabalho foi gravado no estilo "ao vivo no estúdio", no mês de abril passado. Em apenas oito horas, a banda tocou no Estúdio Parixara, como se estivesse num show, as quatro músicas que compõem o EP,  que teve produção de Bebeco Pujucan e da própria banda, além da assistência técnica de Marcio Patricio. Foi a primeira vez que se gravou assim no estado de Roraima. O EP pode ser baixado gratuitamente no link http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/07/disco-do-mes-sem-mentiras-veludo-branco.html

Finalizado e lançado o trabalho, é a hora da festa. O show de lançamento do EP Sem Mentiras acontece na Choperia Chacrinha (Av. Nossa Senhora da Consolata, 606, Centro), a partir das 22h na sexta-feira, 3 de agosto, dia em que o Som do Norte completa três anos no ar. Este será portanto o evento oficial comemorativo do nosso aniversário.

Além da Veludo, irão se apresentar a banda HCL e o poeta Rodrigo Mebs. Haverá ainda sorteio de brindes, torres de chopp e produtos da Veludo Branco. O evento marca o início da turnê de lançamento do EP na região Norte. Já estão confirmados shows em Manaus no próximo mês, e em Porto Velho em setembro. Também já estão agendadas a participação da banda no 8º  Roraima Sesc Fest Rock, em 4 de agosto, e numa festa ao lado da banda Antiga Roll, de Manaus, em 18 de agosto, novamente na Choperia Chacrinha.

As letras das canções do EP Sem Mentiras mantêm a unidade temática presente no CD Veludo Branco Rock'n'Roll, de 2010, falando basicamente de mulheres, diversão, bebida e o próprio rock'n'roll. Melodicamente, além do blues rock já presente no primeiro trabalho, a banda evidencia agora influências do folk e do jazz. Há ainda a declamação dos "Poemas de Boteco", pelo vocalista Victor Matheus, na abertura da faixa final, "Maldita Ressaca".

O próximo passo da banda será o lançamento do DVD com o videoclipe de todas as canções do EP. Também intitulado Sem Mentiras, o DVD terá os clipes em versão HD, buscando assim sua veiculação por emissoras de alcance nacional. O clipe da faixa "Sem Mentiras" já pode ser assistido no canal da Veludo Branco no site Vimeo - http://vimeo.com/channels/veludobranco

O projeto gráfico do EP é de Victor Matheus com design gráfico de Saulo Oliveira. As fotos de capa, contra capa, bolacha e encarte do EP são de autoria de Juliana Coelho. O EP tem o apoio do blog Som do Norte, Camera Pro Films, Effex Films, Black House, Estúdio Parixara e Saulo Oliveira. O DVD a ser lançado em breve imagens de Saulo Oliveira e cenas dos bastidores por Saulo Oliveira e Juliana Coelho, ela também responsável pelas fotos. O projeto gráfico do DVD é de Victor Matheus, com design gráfico de Saulo Oliveira, e produção executiva dos estúdios Camera Pro Films, Effex Films e Black House. 

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Rádio Web Manifesto Norte: Novo veículo de divulgação da Arte e Cultura da Região Norte

Texto adaptado do original publicado na Página Canoa Pop do Jornal Folha de Boa Vista da última sexta-feira, 20.07.

A Rádio Web Manifesto Norte (www.manifestonorte.com) leva o melhor da música do Norte do Brasil para rede mundial de computadores

Há pouco mais de um mês a difusão das músicas produzidas no Norte do Brasil ganhou um reforço de peso. No dia 09.06 a Web Rádio amazonense Manifesto Norte passou a transmitir na rede mundial de computadores, por meio do endereço www.manifestonorte.com, uma programação que privilegia a produção artística Nortista.


Com oito programas em sua grade, a Web Rádio Manifesto Norte, que funciona fisicamente em Manaus e tem em sua equipe quatro locutores, dentre eles o diretor da Rádio, o músico, jornalista, produtor cultural e agora radialista Web Sandro Nine, existe com objetivo de dar aos músicos e produtores culturais da região um espaço alternativo de qualidade, que ajude na divulgação daquilo que é produzido por estas terras.


Sandro Nine, Marcelo Augusto, Robson Santos e William D´Angelo formam a equipe da Rádio Web Manifesto Norte (www.manifestonorte.com)


"A Rádio é um projeto antigo. Por meio do Blog Manifesto Rock (www.manifestorockunderground.blogspot.com) eu (Sandro Nine) o que acontecia na cena independente, tanto de Manaus, quanto do resto do Norte. Com a rádio isso ganha novos moldes, onde podemos realizar o mesmo trabalho do Blog com mais atrativos, interatividade e maior participação do público", afirmou Sandro Nine, diretor da Rádio Web.


Programação da Rádio vai além da música


Mesmo com pouco tempo no ar a Manifesto Norte consegue apresentar uma programação diversificada, composta por oito programas que interagem constantemente com o ouvinte por meio do bate-papo disponível na página da Rádio. Além da música o programa Liga Esportiva discute o esporte da Região.


O Programa Liga Esportiva discute o Esporte do Norte do Brasil 
Nesta semana, Sandro Nine, quem veio a Boa Vista fazer o lançamento oficial da Rádio Web durante o I Indie ao Extremo, trabalhou como correspondente do programa Liga Esportiva ao acompanhar o Jogo do Naútico de Roraima contra o Penarol do Amazonas d enviar informações colhidas no Estádio Ribeirão para os locutores do Programa que estavam no Estúdio da Rádio, em Manaus.


A música de Roraima também ganhou um espaço especial na grade da Manifesto Norte. O programa Conexão Roraima traz ao público horas de programação com o melhor das canções produzidas na terra de Macunaima. A página da Rádio Manifesto Norte ainda possui um plantão de notícias onde os ouvintes podem ler sobre as novidades da cena independente da região.


Sandro Nine é o diretor da Web Rádio Manifesto Norte (www.manifestonorte.com)
Segundo Sandro Nine o empreendimento apoiado pelo Studio Garagem 30, Underground Brasil Distro, Push Play, pretende em um ano chegar as frequências FM da capital amazonense, garantindo mais um espaço para música nortista na mídia tradicional.


Quem quiser conhecer o trabalho realizado pela equipe da Manifesto Norte pode acessar a Rádio por meio do endereço www.manifestonorte.com e conferir o que Sandro Nine e seus companheiros andam aprontando na Web. A direção da Rádio ainda pode ser contatada por meio do telefone: (92) 3877-0832.

A página da Web Rádio Manifesto Norte disponibiliza um plantão de notícias com as novidades da cena independente da Região

Banda Zona Tribal lança na internet clipe "Guerrilha" e CD Crônicas

Estreou na Mix TV (São Paulo) no dia 15 de julho, domingo passado, o clipe "Guerrilha", da banda amazonense Zona Tribal. A faixa faz parte do álbum Crônicas, já lançado em formato digital e que em breve sai em formato físico pela Blast Records.

O clipe foi gravado em Manaus, em locações como a Maloca Multiétnica do Memorial Povos da Amazônia, Largo de São Sebastião, ponte sobre o Rio Negro e prainha do Tropical Hotel Manaus, e leva a assinatura da produtora paulistana Movie3 do experiente produtor Mess Santos. O trabalho contou com apoio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), dos estúdios Tupana Cabocla e Supersônico. O vídeo tem a participação especial do ator Fidelis Baniwa, oriundo da etnia Baniwa do alto Rio Negro.



Segundo André Kostta, produtor da Blast Records, a proposta é mostrar para o Brasil toda a diversidade que envolve a região e a musicalidade da banda:

- A Zona Tribal foi um achado que garimpei via internet. É uma banda com forte conteúdo nas letras e melodias. Diria que é diferente de tudo o que está rolando na cena musical no Brasil. O clipe mostra as inúmeras faces da Amazônia, que o Brasil não está acostumado a ver. Quando pensamos em um clipe para a banda, percebi que teríamos que gravar em Manaus, em meio à urbanidade, aos rios e aos ícones que retratam uma cidade grande no meio da selva.

 Para ele, ter os elementos urbanos e indígenas só torna mais fascinante o clipe e por consequência o trabalho da Zona Tribal. “Veja bem, quando falamos do norte do país sempre olhamos a floresta e quase nunca o fator humano e a produção cultural, a Zona Tribal é um exemplo de como esse mundo interage e dialoga com a universalidade. A Zona Tribal é uma banda de rock do meio da selva, isso é no mínimo interessante”, comenta.

Crônicas é o terceiro álbum da banda formada em 1996 por alunos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), que se conheceram nos corredores. A mistura entre o universo urbano de Manaus e indígena do Amazonas resultou em um trabalho permeado de expressões e sonoridades tribais, somado ao discurso social das letras e a musicalidade universal do rock. Formada pelo baterista Marco Moura, pelo guitarrista Jean Carlo, pelo baixista Plínio Annunciato e pelo vocalista Mencius Meloa Zona Tribal já lançou os CD Zona Tribal (2002) e Extremo Norte (2006). Mencius Melo tem sido destacado aqui no Som do Norte como autor da clássica toada "Apocalipse Karajá".

Mencius afirma que a estreia do vídeoclipe “Guerrilha” em um dos maiores canais de entretenimento do país só reforça a trajetória da banda. “A Zona Tribal é uma das bandas da geração de meados dos anos 1990 em Manaus, quando a cena respirava inconformismo com a apatia dos palcos locais e produziu grandes bandas como Chá de Flores, Espantalho, Several e tantas outras. Tenho orgulho dessa história e esse clipe na Mix TV só vem para coroar essa fase”, observa. Para o artista, a projeção pode chamar atenção para outros talentos. “Temos o pé no chão quanto a relação ‘causa e efeito’ dessa estreia, quero contar com todos os que tem orgulho do Amazonas para invadirmos as redes sociais como o Facebook da banda e assim fazermos disso um sucesso, quem sabe assim podemos trazer oportunidades para outras bandas locais”.

A arte do encarte de Crônicas foi produzida pelo bureau do renomado criador Gustavo Sazes, de São Paulo - autor de trabalhos para bandas como Oficina G3, Jota Quest e artistas como Vanessa da Mata, Zezé Di Camargo & Luciano, Kiko Loureiro, Adriana Calcanhoto entre outros.

O CD Crônicas pode ser adquirido em formato digital nos sites ITunes - http://itunes.apple.com/us/album/cronicas/id452240469 - e OneRPM -https://onerpm.com/#/disco/album&album_number=776422689 , onde é possível ouvir todas as faixas.  

domingo, 22 de julho de 2012

Foi Show: Gaby Amarantos no 2º aniversário da Brega Naite


O show de Gaby Amarantos ontem à noite no Clube Internacional do Recife, comemorando os 2 anos da festa Brega Naite, repercutiu rapidamente. Ainda com a festa em andamento, o site Celebs PE, de Antônio Bernardi, publicou fotos do começo da apresentação. Selecionamos duas fotos de autoria de David Max, a que abre a matéria e esta logo abaixo. Veja todas em http://celebspe.com.br/gabi-amarantos-entra-no-palco-do-clube-internacional/


Além da comemoração, o show marcou por ter a estreia de novidades no repertório, novo figurino e também de backing vocals, conforme Gaby havia antecipado ao G1 Pernambuco (http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2012/07/gaby-amarantos-estreia-repertorio-e-figurino-em-show-no-recife.html?noAudience=true). No Recife, ela teve como backings Camila Rochelle e Gigi Furtado, um dos maiores nomes da noite de Belém. A produtora Priscilla Brasil me confirmou há pouco via Twitter que a participação de Gigi era só neste show, e quem dividirá a função com Camila será Jéssica

Portanto, só quem esteve no Recife presenciou Gigi cantando com Gaby e Camila essa versão de "Vida de Empreguete", sucesso da ficção que invadiu a vida real, após ser lançado pelo trio Rosário, Penha e Cida (Leandra Leal, Taís Araújo e Isabelle Drummond) na novela Cheias de Charme, cujo tema de abertura é cantado justamente por Gaby. 


O vídeo foi gravado por Luana Alves, a dona do blog Quem Gosta de Brega Sou Eu, que também já fez um post contando como foi curtir o show, desde seu contato com a banda de Gaby até o rápido encontro com a cantora ao final, com direito a um papo com Felipe Cordeiro, que fez participação especial. O post traz fotos feitas por Luana (como esta à esquerda) e mais dois vídeos - o de Gaby cantando "Parabéns" para a Brega Naite, e Felipe Cordeiro tocando um trecho de "Legal e Ilegal" na passagem de som com a banda de Gaby. Veja em http://quemgostadebregasoueu.blogspot.com.br/2012/07/banda-de-gaby-amarantos-em-recife.html


Rioter lança clipe de seu primeiro single

A banda de death metal Rioter, de Manaus, lançou no dia 14, via YouTube, o clipe de seu primeiro single, "Burn Them All".

Rioter é:

Italo Bianco - vocals
Alan Kirsch - guitars
Yves Frazão - guitarrs
Brendo Lincoln - Bass guitar
Jorge Henrique - Drums


Festival Até o Tucupi divulga bandas selecionadas

Depois de receber 67 inscrições de artistas e bandas amazonenses, o Festival Até o Tucupi 2012 divulgou a relação dos 10 selecionados para tocar no evento, marcado para setembro. 
  • Brutal Exuberância 
  • Dpeids 
  • Grind
  • Igor Muniz 
  • Karine Aguiar 
  • Linha Rasta 
  • Luneta Mágica 
  • Malbec 
  • Ramiro Hitotuzi
  • 00:00

O Coletivo Difusão convidou para julgadores: 
  • Anísio Melo, músico e produtor musical integrante da Tipiti – Cooperativa de Música do Amazonas; 
  • Renata Paula, jornalista e produtora cultural no Espaço Cultural Cauxi; e
  • Marcelo Damaso, jornalista, produtor cultural e realizador do Festival Se Rasgum (Belém).

sábado, 21 de julho de 2012

Gaby Amarantos concorre em 5 categorias no VMB 2012

Única artista do Norte selecionada para o VMB 2012, Gaby Amarantos concorre em cinco categorias ao prêmio entregue pela MTV Brasil, que divulgou ontem a relação dos indicados. 


As categorias em que Gaby concorre são:

- Clipe do Ano - Xirley (direção: Priscilla Brasil)- http://somdonorte.blogspot.com.br/2011/10/musica-da-semana-xirley.html
- Melhor Capa - CD Treme (arte: Priscilla Brasil)
- Revelação
- Melhor Artista Feminino
- Artista do Ano

Para votar em Gaby é muito fácil, basta acessar o site do VMB - http://vmb.mtv.uol.com.br/ - e clicar nos quadradinhos que correspondem às categorias em que ela concorre. Os nomes dos concorrentes vão aparecer em ordem alfabética. Clique em "VOTE", vai abrir uma janela pop-up pedindo para você copiar duas palavras e clicar novamente em "VOTE"; na sequência, aparece a lista de novo, desta vez classificada pela votação parcial. Dicas: a palavra de votação sempre começa por "MTV"; ignore os espaços que parecem existir entre as palavras, digite tudo como uma palavra só. 

Você pode votar quantas vezes quiser, até 20 de setembro, mesmo dia em que será entregue a premiação. A cerimônia acontece em São Paulo. Um júri especial, a Academia do VMB, irá escolher o melhor em cada categoria entre os cinco nomes mais votados. 

  • Curiosidade 1: Gaby Amarantos também participa de outro clipe que concorre com "Xirley" - é "Zica, Vai Lá", de Emicida, que também conta com a presença do jogador de futebol Neymar.  
  • Curiosidade 2:  A recordista de indicações no VMB 2012 é a banda Vanguart, com seis. Além de Gaby, outros artistas que tiveram cinco indicações foram Emicida, Mallu Magalhães e Marisa Monte. 
Até o momento, a melhor colocação de Gaby é o 3º na categoria "Melhor Capa'. 

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Lia Sophia gravou participação na novela Amor, Eterno Amor

Felipe Cordeiro, Márcio Jardim, Edvaldo Cavalcante,
Lia Sophia e Adelbert Carneiro (atrás); Carol Castro,
Vera Mancini e Daniela Fontan (à frente)

Na quarta, 18 de julho, a cantora Lia Sophia gravou participação na novela Amor Eterno Amor, que a TV Globo exibe na faixa das 18h. A gravação aconteceu no Projac, estúdio da Globo no Rio de Janeiro. Lia aparecerá no ambiente cenográfico que reproduz a ilha do Marajó, cantando na inauguração da birosca Alegria do Pará, dos personagens Carmen (Vera Mancini) e Zé (Pedro Paulo Rangel). 

Embora a notícia divulgada pelo site da novela (http://tvg.globo.com/novelas/amor-eterno-amor/Fique-por-dentro/noticia/2012/07/lia-sophia-participa-de-amor-eterno-amor.html) não afirme isto, é válido supor que Lia cantou sua música que está na trilha da trama como tema da personagem Valéria (Andréia Horta), "Ai Menina". Certeza mesmo a gente só vai ter quando o capítulo for ao ar, no próximo dia 28, um sábado. Obs: as cenas podem começar no capítulo da sexta, 27, de acordo com as sinopses já divulgadas pela emissora. 


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Onde encontrar partituras de guitarradas?

Recebemos há pouco o seguinte e-mail:

Caro Fabio, 

Parabéns pelo blog. A coisa mais difícil é encontrar partituras das músicas do Norte. Especificamente, guitarradas do Pará, dos Mestres Vieira, Curica e Aldo Sena. Será que você teria alguma dica?

Abraços e sucesso, 

Reno Martins

Se alguém souber onde localizar, por favor entre em contato conosco pelo e-mail musicadonorte@gmail.com

Foi Show: Festival Cultura de Verão - 18.7.12


A noite desta quarta, 18 de julho, levou grande público ao Pier das Onze Janelas (Belém), para curtir o show de Aílamais duas atrações do Festival Cultura de Verão: Espoleta Blues e Trio Lobita & o Quarto Elemento. 

  • Cheguei ao local já perto do fim da apresentação da Espoleta Blues, banda formada  recentemente que conta com vocalistas crianças tendo uma banda de apoio constituída por alguns dos melhores músicos da cena rocker paraense, como Elder Effe e Argentino Neto. No repertório, canções ligadas ao universo infantil, como "Pica-Pau", sucesso de Erasmo Carlos à época da Jovem Guarda. 


  • O Trio Lobita ontem estava um quinteto - os violonistas Paulinho Moura e Cardosinho e o bandolinista Marcelo Ramos tiveram o reforço de Muca (surdo) e do violonista Diego Leite (que tocou pandeiro). O grupo apresentou temas próprios, como "Esquina do Vento", e clássicos da música brasileira, a exemplo de "A Volta do Malandro". Quando  Andréa Pinheiro (o Quarto Elemento) começou a cantar "Pelo Retrovisor", alguns  fãs de Aíla estranharam, pois reconheceram uma faixa do CD Trelelê. O fato é que a canção, de autoria de um  dos integrantes do Trio Lobita,  Paulinho Moura, em parceria com Jorge Andrade, já faz parte do repertório habitual de Andréa. 


  • Já Aíla voltou a fazer show ao ar livre em Belém, o primeiro (salvo engano meu) após o lançamento de Trelelê no Memorial dos Povos, em abril. Saudada atualmente como uma das novas artistas mais promissoras da cena brasileira - em especial depois de ter se apresentado no Teatro Oi Futuro Ipanema (Rio de Janeiro), em maio, abrindo o festival Levada - a cantora fez no Pier um show de fato empolgante. Não faltaram os principais sucessos do CD, como "Preciso Ouvir Música sem Você", "Garota" e "Brechot do Brega". A música de trabalho, "Trelelê", teve mudanças no riff final, que era mais roqueiro à época em que Felipe Cordeiro integrava a banda. Ontem Davi Amorim fraseou mais e deu um toque mais latino ao trecho. As músicas que mais fizeram o público cantar junto e dançar muito foram "Proposta Indecente", "Dona Maria" e "Todo Mundo Nasce Artista" (foto na abertura da matéria), as três do CD, além de clássicos do carimbó - "Lua, Luar" e "Pescador" - em levada rock'n'roll. Só ficou um gostinho de "quero mais" ao final, já que não pôde haver 'bis', em função do festival ser transmitido pela TV Cultura (Belém). 


terça-feira, 17 de julho de 2012

Rapidola @SomdoNorte - atualizações da terça, 17.7.12


  • 22h40 - A banda Amazônica publicou no YouTube trecho da sua apresentação no Dia Mundial do Rock, dia 13, no Parque dos Bilhares (Manaus). No vídeo, o grupo interpreta "Apocalipse Karajá", música do single lançado pelo  Som do Norte em junho. Assista em  http://www.youtube.com/watch?v=I-ZtJTS2xyo  

  • 22h35 - Ainda a propósito do Dia do Rock, o Portal Amazônia publicou no próprio dia 13 reportagem Rock de Saias, com as damas do rock roraimense - Paola Carvalho, da novíssima banda Garage (que ainda nem tinha feito show quando a matéria saiu); Daiane Silva, da Reclive; e Gabi (Ana Gabriela Gomes), da Jamrock. A música usada na matéria como exemplo do trabalho da Jam é "Recompensa", buscada no nosso Souncloud - a canção faz parte do EP A Primeira Viagem, que lançamos em junho, reproduzimos a imagem abaixo. Leia a matéria completa em http://www.portalamazonia.com.br/amazoniamulher/rock-de-saias-conheca-as-damas-do-rock-roraimense/

Confira sucesso da banda JamRock

  • 22h12 - O site Whiplash.Net publicou no domingo, 15, resenha do CD Atmo Mediokra, da banda Baixo Calão, de Belém. Christiano K.O.D.A. considerou o trabalho Grind sem perdão e com muita qualidade! Indicado para os felizardos curtidores de som extremo, óbvio! Podem partir pra cima sem medo (ou temendo a devastação?)! Leia o texto completo em http://whiplash.net/materias/cds/158911-baixocalao.html
Imagem

Música do Dia: Miss Blues



O violonista e compositor Ziza Padilha publicou no Soundcloud nessa terça, 17 de julho, uma gravação novíssima, registrada no dia 3 no estúdio Edgar Proença, da Funtelpa (Belém): "Miss Blues" (Ziza Padilha - Dudu Neves). 

Na faixa, cantada por Dayse Addario, a banda Zarabatana Jazz contou com mais de 20 músicos, com regência de Cibele Jemima. 



Dayse Addario – Voz 
Cibelle Jemima – Regente 
Isac Almeida – Piano 
Jonatas Gouveia - Baixo 
Tiago Belém– Bateria 
Billa Boy e Léo Coelho – Percussão 
I Alto – Elias Pinheiro 
II Alto e Soprano - Tiago Levy 
II Alto - Zé Neto 
II Alto - Dayvis Matos 
I Tenor – Renato Pinheiro 
II Tenor – Marcel Vieira 
III Tenor – Daniel Serrão 
Sax Barítono – Rafael Oliva 
I Trompete – Elielson Gomes 
II Trompete – Johabe Quadros 
III Trompete – Edvaldo Santos 
I Trombone – Benedito Jr. 
II Trombone - Adnelson deodato 
II Trombone – Mauricio Brito 
III Trombone – Raphael Santos


Ziza Padilha – Guitarra, Arranjos e Direção Musical 
Técnico de Gravação - Ulisses Moreira (Funtelpa) 
Mixagem e Masterização - J P Tubarão e ZIza 
Arquivista - Cleber Wilkerson 
Produção - Sandro Santarém


segunda-feira, 16 de julho de 2012

Cantora Camila Honda divulga novo vídeo no YouTube

A cantora paraense Camila Honda divulgou há pouco no YouTube novo vídeo com a canção "O Riso e a Faca", de autoria de Tom Zé


Acompanhando Camila ao violão, Felipe Cordeiro, que será o diretor musical do disco de Camila. Felipe me disse há pouco no Facebook que este vídeo "é um aperitivo informal, um registro de momentos de ensaios", não necessariamente "algo do CD, que ainda está longe". 

Luê no Vozes na Casa

Foto: Cris Brandão

Entrou no ar hoje o programa Vozes na Casa que a cantora Luê gravou em junho, em São Paulo, onde está produzindo o seu primeiro CD. À apresentadora Patrícia Palumbo, Luê antecipou novidades sobre o disco, que sai no segundo semestre pela Natura Musical.

O vídeo abaixo mostra os principais momentos da entrevista, da qual participou também o produtor musical do álbum, Betão Aguiar


Aqui, você pode ouvir a entrevista completa, incluindo os dois números que Luê cantou: "Nós Dois" (Júnior Soares - Ronaldo Silva) e "Sei Lá" (Felipe Cordeiro).






Foi Show: Noite Fora do Eixo Porto Velho

Noite Fora do Eixo - STROBO (PA)

Ontem aconteceu em Porto Velho mais uma edição da Noite Fora do Eixo, tendo como atração principal a banda paraense Strobo. Os dois integrantes da formação, o guitarrista Léo Chermont e o baterista Arthur Kunz, estavam na capital rondoniense em função da turnê do show Tu, Já Rainha, da cantora Luê. Vejam fotos da festa, de autoria do fotógrafo Douglas Diógenes.



 


Participaram do evento duas bandas locais: a Wari...


...e a Testemunhas de Giovani, comandada por Giovani Vieceli (da Beradelia).


A poetisa Gabi Amadio também participou da apresentação das Testemunhas.