Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Oportunidade Amazonas: Festival Amazonas de Rock – Grito Rock 2012


Estão abertas até 30 de janeiro as inscrições para bandas e artistas nascidos no Amazonas, ou residentes no Estado há pelo menos dois anos, interessados em participar do Festival Amazonas de Rock – Grito Rock 2012. Baixe aqui o edital e a ficha de inscrição. Só podem participar da seleção artistas ou bandas que tenham composições próprias (autorais).

Serão selecionadas ao todo 27 propostas de shows, sendo 3 para a abertura, no Teatro Amazonas, no dia 22 de março, e 24 para a mostra a ser realizada no Largo Mestre Chico, nos dias 23 e 24. Embora todos os shows tenham a mesma duração (30 minutos), quem for selecionado para o primeiro dia irá ganhar um cachê (o edital fala em "prêmio") bem superior (R$ 7.000,00) ao oferecido para quem irá tocar no segundo e terceiro dias (R$ 1.500,00). Para fazer jus a este valor, quem se inscrever para a abertura precisa propor um espetáculo mais elaborado (o edital fala em "Proposta de repertório e/ou roteiro" e "Concepção de cenários, figurinos, iluminação, adereços e música").

Uma exigência no mínimo curiosa é a que consta nos itens 3.4.6. ("Para a apresentação no festival é obrigatório que os músicos da Banda/Grupo/Artista Individuais, estejam em dia com a Ordem dos Músicos do Brasil.") e 4.4.5 (idem). Afinal, desde agosto do ano passado uma decisão do Supremo Tribunal Federal derrubou a obrigatoriedade de os músicos estarem inscritos na OMB para o exercício da profissão, conforme consta nesta notícia do site JusBrasil, reproduzindo texto d'O Globo ("STF liberta os músicos da OMB: Um duro golpe na tradição cartorialista"). Mas já aviso aos interessados em se inscrever: de acordo com o item 9.1., "A inscrição dos candidatos no Festival implicará na tácita aceitação de todos os termos do presente Regulamento, valendo como adesão espontânea de compositores, intérpretes, instrumentistas, backing vocal e outros para participarem desta realização." Ou seja, uma vez inscrito o participante não poderá alegar a decisão do STF, pois foi informado da exigência relativa à OMB quando da inscrição.

Um comentário:

  1. O único jeito de acabar com essa pouca vergonha seria a total extinção da OMB. Se eu fosse do Amazonas, boicotava o festival.

    ResponderExcluir