Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 1 de janeiro de 2012

De Olho: Gaby Amarantos lança Treme! no Domingão do Faustão


Acabou de acabar a participação de Gaby Amarantos no primeiro Domingão do Faustão do ano. Afora um que outro deslize do apresentador (nas chamadas, Fausto Silva se referiu à cantora paraense como nordestina), podemos dizer que houve um grande avanço em relação a maio de 2010, quando Gaby cantara pela última vez no programa - no ano passado, chegou a participar do quadro de jogos "Maratoma", como foi mostrado na breve retrospectiva de suas estadas anteriores no Domingão.


Gaby cantou três músicas do CD Treme!, que chega às lojas em breve: "Xirley", do pernambucano Zé Cafofinho, que ela lançou em outubro como amostra do disco e já é sucesso, "Eira", composição dela própria, e "Beba Doida", de autoria do cearense Ronim Mata (vocalista da banda Forró Estourado), grande sucesso dos bailes de aparelhagem. Desta vez a Globo fez a coisa certa: em vez de colocar a banda do Domingão, que não tem o 'molho nortista', para acompanhar Gaby, deixou tudo a cargo de quem entende: seus músicos - ou seja, a banda Félix y Los Carozos, mais a participação especial de quatro metais, integrantes da banda brasiliense Móveis Coloniais de Acajú. Em dezembro, Gaby participou do show dos Móveis em Belém, cantando justamente "Xirley".

Vocês devem lembrar (e quem não lembra clica aqui e pronto, lê) que em 2010 eu reclamei que a cantora tinha sido praticamente mandada embora do programa pelo apresentador. Felizmente isso não se repetiu, muito antes pelo contrário. Basta pensar na retrospectiva já citada para ver que o tratamento mudou. Os músicos de Gaby já estavam no palco enquanto Faustão apresentava o quadro de jogo anterior. Ele começou a retrospectiva às 17h15 (hora do Pará) e ela entrou no palco às 17h18 para cantar as três músicas. Saiu às 17h24. Foram seis minutos (nove, contando com a retrospectiva), enquanto em 2010 haviam sido oito. Mas esses números não importam tanto, e sim o tratamento. Desta vez não há o que reclamar: Fausto tratou Gaby como uma grande artista. Além disso, como bem falou outro dia no Twitter a cineasta Priscilla Brasil (a diretora do magistral clipe de "Xirley"), não houve jabá, ou seja, a emissora chamou Gaby pelos seus méritos, por reconhecer nela uma estrela em ascensão.

2012 tem tudo para ser o ano de Gaby Amarantos. Treme, Brasil!

2 comentários:

  1. O compositor d "beba doida" é Romim Mata e não Roni Mata, o mesmo é vocalista da banda Forró Estourado.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Tarcísio, já corrigi no texto.

    ResponderExcluir