Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 25 de dezembro de 2011

Turbo lança compacto e pede ajuda para gravar novo CD na Suécia


Na noite desse sábado, véspera de Natal, a banda paraense Turbo entregou via Souncloud o presente para seus fãs: as músicas do compacto Gostas do Delírio, Baby?, com duas músicas - "A Lira" e "Dromomania", que enfim ganha versão de estúdio. Cantada pela banda em shows desde 2008, pelo menos, esta canção foi incluída no EP Fuzzilando, lançado como Disco do Mês do Som do Norte em dezembro de 2010, reproduzindo o show da banda no Grito Rock Belém daquele ano.

Ao longo de 2011, depois de realizar uma série de lançamentos virtuais periódicos (um single a cada dois ou três meses), a Turbo surpreendeu em setembro com o que poderíamos chamar de virada analógica - lançou uma fita cassete gravada juntamente com a Sincera, Rajada on the Tape Vol. 1 (à esquerda, o vocalista Camillo Royale com a fita), além de anunciar, em entrevista ao blog do Coletivo Velga (São Luís) a masterização de um compacto em vinil (o já citado Gostas do Delírio, Baby?). Detalhe: a masterização aconteceu no estúdio de Abbey Road, Londres - sim, isso, aquele onde os Beatles gravavam. Tudo resolvido online, como explicou Camillo ao Velga.



Dessa vez, porém, a banda está resolvida a ir mesmo à Europa. Há duas semanas, colocou no YouTube este vídeo no qual Camillo e o baixista Wilson Fujiyoshi explicam como os fãs podem contribuir para ajudar a Turbo a ir a Gotemburgo, na Suécia, gravar seu novo CD, Eu Sou Spartacus, com produção de Chips Kiesbye, o responsável por By The Grace Of God, dos Hellacopters, influência confessa da Turbo. Para cobrir os custos com viagem e produção do álbum, o trio recorreu ao sistema crowfunding, ou financiamento colaborativo, no qual os diretamente interessados - os fãs da banda - é que pagam a produção do disco, em troca de presentes exclusivos, que variam de acordo com a quantia dada - vai desde um exemplar autografado do CD antes que ele chegue às lojas, para quem contribuir com R$ 20,00, até a inclusão da marca como patrocinador do disco e dos shows, para quem entrar com R$ 10.000,00. Com isto, a Turbo se torna pioneira no Pará (e talvez no Norte todo) neste modelo de financiamento, que já gerou frutos como os recentes CDs das bandas Autoramas e Mombojó.



Para saber mais e colaborar, você deve acessar a página do projeto no site Embolacha. O prazo para contribuir encerra às 10h42 do dia 11 de fevereiro de 2012. O CD só sai se até lá o grupo arrecadar R$ 45.000,00. Neste minuto que escrevo, só entraram no caixa R$ 710,00 (1% do necessário).

As pessoas que quiserem cooperar e não tiverem cartão de crédito (o modo de pagamento adotado pelo Embolacha) podem procurar a banda pelos telefones: (91) 8826-8811/ 8848-8317 ou pelo e-mail: contatoturborock@gmail.com.
  • Fechamos o post com a nova "A Lira". A versão de estúdio para "Dromomania" você curte no Soundcloud dos caras. Salvo engano meu, essas duas são os primeiros registros da Turbo com Netto B como baterista (à esquerda na foto acima).


Nenhum comentário:

Postar um comentário