Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

sábado, 10 de setembro de 2011

A ausência de Eliakin Rufino na 15ª Feira Pan-amazônica do Livro

A programação da 15ª Feira Pan-amazônica do Livro (disponível aqui) anuncia para hoje os autógrafos de dois autores de Roraima: a jovem Odara Rufino, que lançaria em Belém seu primeiro livro, Rede de Sonhos, e seu pai, Eliakin Rufino (foto acima), um dos maiores poetas-compositores-filósofos da Amazônia, que lançaria Haikai. Eliakin também participaria do show Leite no Tucupi, de Sergio Leite, no SESC Boulevard.

Os verbos do parágrafo anterior estão todos no futuro do pretérito porque, infelizmente, os Rufino estão hoje em Boa Vista, e não em Belém. Há pouco, Odara contou-me que eles não conseguiram patrocínio para bancar suas passagens aéreas. O que me deixou bastante intrigado, afinal, entendo que num evento do tipo - e do porte - da Feira Pan-amazônica do Livro, esta despesa cabe aos promotores do evento, e não aos autores (que são, em última análise, as atrações do evento).

Só para citar um exemplo, na Feira do Livro de Porto Alegre (realizada ininterruptamente desde 1955 e que é o modelo de todas as feiras e festas literárias existentes hoje no país de Norte a Sul), o custeio de passagens, hospedagens e refeições dos autores cabe à Câmara Riograndense do Livro, organizadora do evento - que, evidentemente, para fazer frente a isto busca apoios e patrocínios os mais diversos, via leis de incentivo à cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário