Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 17 de julho de 2011

Música do Dia: Tocata para Billy Blanco


Seguimos com as homenagens a Billy Blanco, um dos maiores cantores e compositores filhos do Pará, que deixou este mundo no dia 8.

Desta feita, a homenagem vem de outro paraense, natural de Santarém: seu amigo e parceiro Sebastião Tapajós, que lhe dedicou a faixa de abertura do LP Lado a Lado (Visom, 1988) que gravou com o pianista carioca Gilson Peranzzetta: "Tocata para Billy Blanco". O álbum foi produzido por Tapajós e Peranzzetta, e trazia ainda outra homenagem ("Pro Jobim", também de autoria de Tapajós).

SEBASTIÃO TAPAJÓS E GILSON PERANZZETTA
"Tocata para Billy Blanco" (Sebastião Tapajós)
1988


  • Este vídeo foi gravado em dezembro de 2009 no programa Bonde Alegria, da unATI (Universidade Aberta da Terceira Idade), uma unidade da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro). Billy conta a história de várias músicas, como a "Sinfonia do Rio de Janeiro" (parceria com Tom Jobim), "Não Vou pra Brasília", fala de Sebastião Tapajós e das sucessivas prisões por causa de "João da Silva" e de "Canto Livre" - esta, aliás, composta a pedido de Ziraldo, com quem certa vez se deparou à porta da prisão, ele entrando e Billy saindo. Billy declama "Se a Gente Grande Soubesse" e é homenageado, ao final, com o auditório cantando "Viva Meu Samba".

Nenhum comentário:

Postar um comentário