Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Post nº 1500: Foi Show: Fuxicando com Lia Sophia

Davi Amorim e Lia Sophia
(foto: Rosa Sena)

A procura por lugares no Espaço Fuxico para o Fuxicando com Lia Sophia, que realizamos ontem, começou cedo - mais exatamente na segunda-feira. Sim, na véspera! Como o evento foi noticiado já no dia 18 em um jornal daqui de Belém, uma senhora foi ao Fuxico e bateu até ser atendida (na segunda, não há programação, só expediente interno). Ela por algum motivo achou que o show seria mesmo na segunda (atenção: o Fuxicando é às terças); quando entendeu que seria só no dia seguinte, quis logo comprar ingresso antecipado (mas a casa não trabalha desta forma: você vem, curte o show, e paga ao sair). E desde cedo, na terça, já havia várias mesas reservadas.

O que gerou tanta expectativa é fácil de entender: Lia Sophia tem se apresentado pouco em bares - ela que já chegou a ser dona de um, o Carpe Diem, como contou, numa das tantas histórias que pontuam o show Intimidade, reestreado em 6 de abril e que foi a base da apresentação de ontem. Ao lado do violonista Davi Amorim, Lia interpretou grandes sucessos como "Eu Só Quero Você", sua primeira composição, "A Flor", "Castelo de Luz", "Amor Amor", "Ao Pôr do Sol" e as inéditas "Salto Mortal" e "Ai Menina".

Na plateia, tivemos as ilustres presenças das cantoras Gigi Furtado e Débora Vasconcelos (Cacau Novais deu uma rápida passada por lá também; já aproveitamos para anunciá-la como a convidada do Fuxicando de 10 de maio); as produtoras Taísa Fernandes e Glaíde Carvalho; o radialista Fabrício Rocha; a atriz Wanda Monteiro (que já fuxicara conosco na estreia); a jornalista Marcela Brabo; entre outros.

Davi Amorim e Lia Sophia
(foto: Fabio Gomes)

A noite foi marcada por um fato curioso: a presença de uma fã da canção "Boca", composta por Débora Vasconcelos, e gravada por Lia no seu primeiro CD, Livre, de 2005 (antes de cantá-la neste show, Lia diz que muita gente acha que foi ela quem escreveu esta música, na verdade um grande presente que recebeu de Débora). A moça em questão é de fato fã da música "Boca" - ela a escuta no fone de ouvido quando vai de casa pro trabalho e quando retorna para casa, todos os dias. Foi esta fã que pediu, num bilhetinho, que Lia cantasse "Boca" e também "Tchau Tchau Amor". Mesmo já tendo tocado "Boca" pouco antes, Lia atendeu ambos os pedidos, reservando "Tchau..." para o bis final. Quando ouvi a fã contar a Lia a história de que escuta todos os dias a gravação no trajeto do trabalho, fiz questão de apresentá-la a Débora, que ficou radiante ao encontrar alguém que curte tanto uma obra sua.

Meus agradecimentos a Lia e ao Davi, que fuxicaram e nos encantaram na noite de ontem, a todos os que estiveram e/ou ajudaram a divulgar e também aos proprietários do Espaço Fuxico. Tudo indica que a parceria entre Fuxico e Som do Norte ainda vai render muitos outros bons frutos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário