Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Amapá: Ciclo do Marabaixo começa neste domingo no Laguinho

Por Mariléia Maciel

Começa neste domingo, 24, em Macapá, no bairro Laguinho, na casa da Tia Biló, o Ciclo do Marabaixo 2011, marcando os festejos em homenagem à Santíssima Trindade e Divino Espírito Santo. Homenageados há mais de duzentos anos por família amapaenses, os santos são festejados dentro da religião católica mas com o costume brasileiro de incluir o lúdico, unindo às ladainhas e missa rodadas de marabaixo e bailes dançantes. A programação inicia no Domingo de Páscoa e se prolonga até o Domingo do Senhor, após Corpus Crhisti, no dia 26 de junho. Constam ainda nos festejos, o corte dos mastros nas matas do Curiaú, levantar e derrubada dos mesmos com a participação de devotos, estudiosos e população em geral.


No Laguinho, local escolhido pela família de Mestre Julião Ramos para morar após a mudança das famílias que iniciaram o povoamento de Macapá do Centro, a bisneta Danniela Ramos dá continuidade à tradição. Ela preside a Associação Cultural Raimundo Ladislau, que reúne mais de 100 integrantes de todas as idades, comprometidos em não deixar a cultura amapaense se perder no tempo. Sob o comando da Tia Biló, única filha viva de Julião Ramos, ela e outros familiares e amigos se reúnem para organizar a festa que se eterniza com empenho e persistência da família Ramos.

- O mais importante é que hoje temos o reconhecimento e respeito das pessoas, tivemos que vencer muitas barreiras, na sociedade, com autoridades e até com a igreja, por falta de conhecimento da cultura, agora sofremos menos preconceitos e somos prestigiados, recebemos muitos convites, temos o apoio do Governo e a satisfação de ver jovens e crianças orgulhosos em usar saias e calça branca e colocar flor na cabeça - comemora Danniela. Ela foi uma das responsáveis por transformar o marabaixo do Laguinho em fonte de pesquisa e referência cultural.


O Governo do Estado é parceiro dos cinco festeiros do marabaixo em Macapá. Dois são do Laguinho, outros dois do bairro Favela e o quinto é do distrito de Campina Grande. Este ano a Secult (Secretaria de Cultura) vai investir R$ 80 mil para que as cinco famílias organizem a festa. A primeira parcela será paga esta semana, e a segunda no mês de maio. O Governo vai ainda construir uma maloca na Favela, que está sem local adequado para a festa.

Cantando ladrão

O grupo Raimundo Ladislau foi o primeiro a realizar promoções para que o Ciclo não dependa unicamente do Governo do Estado. No entender de Danniela, "Somos a favor do Governo ajudar, mas a cultura destes festejos têm hoje respeito e força para sobreviver ser depender totalmente do Estado".


Neste domingo o Marabaixo da Ressurreição começa às 17h, e a programação continua no dia 28 de maio com o corte dos mastros no Curiaú. Será distribuído caldo e gengibirra para os participantes.

Gengibirra


Segue abaixo a programação:
  • 24/4 - 17h - Domingo de Páscoa - 1º marabaixo (Marabaixo da Ressurreição)


  • 28/5 - 9h - Sábado do Mastro - Corte do Mastro no Curiaú

  • 29/5 - 10h - Domingo do Mastro - 2º marabaixo (a festa vai até a meia-noite)


  • 1/6 - 17h - Quarta-feira da Murta do Divino Espírito Santo - 3º marabaixo (que se estende até o amanhecer do dia 2/6)
  • 2/6 - Quinta-feira da Hora: Levantamento do Mastro do Divino Espírito Santo / 21h - 1º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo
  • 3/6 - 19h - Início das Novenas do Divino Espírito Santo
  • 10/6 - 19h - Início das Novenas da Santíssima Trindade
  • 11/6 - 21h - 2º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo
  • 12/6 - 7h - Domingo do Divino Espírito Santo - missa na Igreja de São Benedito, em seguida café da manhã na casa da festeira / 16h - Murta da Santíssima Trindade (4º marabaixo, até o amanhecer
    do dia 13)


  • 13/6 - amanhecer - Levantamento do Mastro da Santíssima Trindade / 21h - 1º Baile dos Sócios da Santíssima Trindade
  • 18/6 - 21h - 2º Baile dos Sócios da Santíssima Trindade
  • 19/6 - 7h - Domingo da Santíssima Trindade - missa na Igreja de São Benedito, em seguida café da manhã na casa da festeira
  • 23/6 - 20h - Corpus Christi - 5º marabaixo
  • 26/6 - 17h - Domingo do Senhor - Derrubada dos mastros, escolha dos festeiros do próximo ano e encerramento do Ciclo do Marabaixo 2011


As fotos que ilustram a matéria são do Ciclo 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário