Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 14 de novembro de 2010

Música do Dia: Lambada com Farinha


Nossa música deste domingo, "Lambada com Farinha", é um tema instrumental que estará no CD Kitsch Pop Cult, que Felipe Cordeiro, um dos principais compositores da nova geração paraense, prepara para lançar em 2011, com produção de André Abujamra. A gravação que vamos ouvir faz parte do CD-demo promocional do projeto Kitsch... com três faixas (as outras duas são "Legal e Ilegal" e "Fanzine Kitsch") gravado agora em 2010.

Adelaide Teixeira, Felipe Cordeiro e Luiza Braga
5º Festival Se Rasgum - 12.11.10

É curioso observar como a nova geração paraense está revitalizando a lambada, depois da quase morte do gênero no começo dos anos 1990, quando a indústria fonográfica a impôs ao Brasil como "sucesso do momento". Diferentemente do carimbó, porém, que segue sendo composto, cantado e dançado por grupos do Pará todo, principalmente no interior, a lambada do século 21 vem sendo cultivada por jovens artistas urbanos, num processo consciente que me parece semelhante ao da valsa no Rio de Janeiro: outrora a grande voga das serenatas, a valsa é hoje um gênero ao qual autores como Chico Buarque, Francis Hime e Edu Lobo recorrem quando entendem que ela dará o melhor clima para passar o recado. Do mesmo modo, Aíla incluiu "Adocica" (Beto Barbosa) em seu show Trelelê de 8 de setembro, Juliana Sinimbú compôs "Simpatia" e Felipe nos apresenta, de parceria com seu pai, Manoel Cordeiro, esta "Lambada com Farinha".

Embora a palavra "lambada" conste do título, esta não é a única influência detectável na música. Há elementos de pop, de surf music, de erudito e principalmente de guitarrada (aliás, devo elogiar a excelente técnica de Felipe na guitarra, instrumento que ele só passou a tocar por volta de maio deste ano, justamente tendo em vista o projeto Kitsch...).

E por que "com farinha"? Possivelmente por causa dum hábito alimentar tipicamente paraense. À mesa, sempre há um pote com farinha - não aquela farinha de mandioca rala, branca, que a gente do Sul usa para acompanhar o churrasco. É uma farinha amarela, com grãos grossos, que acompanha praticamente tudo, do feijão com arroz ao açaí. É o complemento indispensável para a refeição ficar mais saborosa - talvez daí, por analogia, venha o uso da expressão no título desta música - algo como se Felipe nos dissesse: Sabe como é que esta lambada fica boa? É com farinha.

Bom, chega de papo, vamos ouvir a Música do Dia!

FELIPE CORDEIRO
Kitsch Pop Cult - 2010

"Lambada com Farinha" (Felipe Cordeiro - Manoel Cordeiro)


Nenhum comentário:

Postar um comentário