Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

sábado, 2 de outubro de 2010

Preparativos para o Arrastão do Círio 2010

Por Yorranna Oliveira*

As atividades do Instituto Arraial do Pavulagem para o Arrastão do Círio, evento que há dez anos homenageia a padroeira dos paraenses, já começaram. Através do projeto "Ponto de Cultura Arraial do Saber", conveniado com o Ministério da Cultura, os integrantes do Batalhão da Estrela participam de oficinas de aperfeiçoamento em percussão, dança e artes circenses até o dia 7 de outubro, na sede do Instituto Arraial do Pavulagem, em Belém. As inscrições para as oficinas já encerraram; as vagas foram abertas para quem já havia das atividades do Batalhão da Estrela, no Cordão do Peixe-Boi, em fevereiro de 2010, e/ou no Arrastão do Pavulagem, em junho deste ano.

A maratona de oficinas e ensaios é para fazer bonito quando a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré aportar da Romaria Fluvial no cais da escadinha da Estação das Docas, no final da manhã de sábado, dia 9. O Batalhão vai prestar sua homenagem tocando “Vós sois o Lírio Mimoso” - hino tradicional do Círio de Nazaré - no ritmo da Marujada de Bragança. Para acompanhar o cortejo no sábado, basta chegar a partir das 10 horas na escadinha da Estação das Docas. O evento tem a parceria da Prefeitura Municipal de Belém e inicia com a chegada da imagem de Nossa Senhora na orla e segue pelas ruas do Ver-o-Peso em direção à Praça do Carmo, no bairro da Cidade Velha.

Projeto Orube – Os componentes do Boi Orube do Satélite, parceiro nos cortejos do Instituto, também ensaiam para o Arrastão do Círio desde o dia 23 de agosto. O Projeto Orube é o resultado de uma experiência baseada na educação cultural e pedagógica que utiliza conteúdos teóricos e saberes populares sobre a temática socioambiental.

O Centro Comunitário do Conjunto Satélite, em Belém, resolveu conceber um boi-mirim, como alternativa para a quadra junina da comunidade. O projeto propõe a construção de um arraial junino com padrões de qualidade cultural para os moradores locais, com o objetivo de aprimorar um conceito capaz de garantir a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes do bairro, refletindo sobre o lixo, a segurança e a poluição sonora.

A ideia foi estimulada por meio de oficinas de bairros da Fundação Curro Velho, a partir de fevereiro de 2008, com o apoio do Instituto Arraial do Pavulagem e outros parceiros.

Serviço:

Outras informações sobre o grupo e o Instituto Arraial do Pavulagem em www.arraialdopavulagem.com.br

* Edição: Fabio Gomes

***

O vídeo abaixo tem 34 minutos de duração e documenta o Arrastão do Círio de 2008.


Um comentário:

  1. Boa noite, Fábio.
    Grata por colaborar na divulgação do Arrastão do Círio 2010. Você está convidado para participar tbm.
    Abraços,
    Yorranna Oliveira

    ResponderExcluir