Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 31 de outubro de 2010

Agenda Belém: Palestra sobre Jornalismo Cultural


Na próxima quinta, dia 4 de novembro, o jornalista Fabio Gomes, editor do Som do Norte, realiza palestra sobre Jornalismo Cultural na sala C 403 da FAP (Rua Municipalidade, 839 - Umarizal), a partir das 18h30, com entrada franca e aberto ao público em geral.

Entre os temas a serem abordados, estão: conceito de Jornalismo Cultural; breve histórico do Jornalismo Cultural brasileiro; semelhanças e diferenças na forma como veículos especializados e não-especializados cobrem as pautas culturais; e o modo como a internet acabou com a antiga separação entre artista, jornalista cultural e público, resultando no que Fabio denomina Jornalismo Cultural 2.0. Vários exemplos a serem apresentados na palestra serão buscados aqui no blog Som do Norte, um caso concreto de veículo de jornalismo cultural que já nasceu interativo e que não seria possível sem a internet.
  • No dia seguinte à palestra - ou seja, na sexta, 5 de novembro -, acontece o Workshop Jornalismo Cultural 2.0, que será realizado no Espaço Aberto Ná Figueredo (Av. Gentil Bittencourt, 449, entre Benjamin Constant e Dr. Moraes). Ainda há vagas - clique aqui para saber mais e se inscrever.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Agenda Belém: The Baudelaires


Após a gravação do clipe, The Baudelaires farão show no Espaço Aberto Ná Figueredo. Imperdível!

Foi Show: 2ª Noite Som do Norte


Em breve contaremos a vocês detalhes de como foi ontem a 2ª Noite Som do Norte, no Café com Arte (Belém). Aguardamos o material a ser enviado pelo fotógrafo oficial do evento, Davi Paes.

Já adiantamos que as bandas convidadas - La Orchestra Invisível, StereoScope e Paris Rock fizeram o evento ser tão animado quanto esta arte criada pela RKE Design.

Marcelo Kahwage, de La Orchestra..., fez uma participação especial no show da SteroScope.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Agenda Rio Branco: Show Timbres e Temperos encerra turnê no Acre



No dia 13 de novembro, dois cantores e compositores acreanos estarão de volta a Rio Branco para um momento muito especial: Sérgio Souto (radicado no Rio de Janeiro - foto à direita) e Cesar Escócio (residente em Belém) participam do encerramento da turnê do show Timbres e Temperos, dos artistas amapaenses Enrico Di Micelli, Patrícia Bastos e Joãozinho Gomes (foto abaixo).





O show reúne músicas dos CDs Eu Sou Caboca (de Patrícia) e Amazônica Elegância (de Enrico e Joãozinho), vencedores do Projeto Pixinguinha da Funarte em 2008, representando o Amapá, e lançados no ano passado. A turnê iniciou em abril e já percorreu os estados do Maranhão, Amazonas, Pará, Tocantins e Piauí, numa iniciativa do Projeto SESC Amazônia das Artes, que promove o intercâmbio cultural entre os estados da Amazônia Legal. Em julho, Timbres e Temperos teve uma apresentação especial no encerramento do Festival de Inverno de Garanhuns (PE). No mês seguinte, Patrícia Bastos concorreu ao Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Cantora Regional.

Também participam do show do dia 13 o cantor e compositor amapaense Cleverson Baia, e o violonista paulista Dante Ozzetti, diretor musical do show de Patrícia.

SERVIÇO

Show Timbres e Temperos - com Patrícia Bastos, Joãozinho Gomes e Enrico Di Micelli
Participações especiais
- Sérgio Souto, Cesar Escócio e Cleverson Baia
Local: Theatro Hélio Melo (Av. Getúlio Vargas, 309)
Data: 13 de novembro, sábado
Hora: 19h
Entrada: franca

Rumos Música 2010 seleciona apenas dois nortistas


O Itaú Cultural anunciou agora à tarde os selecionados pelo seu programa Rumos Música 2010. O texto que você vai ler é uma adaptação, feita por mim, do publicado originalmente no site do instituto. A única coisa que fiz foi separar os selecionados em cada categoria por região do país, para evidenciar mais uma vez a escassa presença de artistas do Norte em qualquer iniciativa deste gênero. Seria bom que os promotores divulgassem o número de inscritos por região também, para que todos possam avaliar se há de fato poucas inscrições de nortistas, e é por isso que eles são pouco selecionados, ou se isto se deve a outros motivos.

***

"Dos 2.699 inscritos, 74 foram selecionados. Mantendo a finalidade de mapear, apoiar e difundir o trabalho de músicos de todas as regiões do Brasil, esta quarta edição abriu edital nas categorias: Coletivo, Infantil, Homenagem e Mapeamento.

A Carteira Coletivo, inédita no programa, tem como intuito colaborar para a formação de grupos musicais por meio da junção dos artistas selecionados. Foram 393 inscritos e 30 contemplados, entre instrumentistas, intérpretes e programadores.

Na Carteira Infantil, também aberta pela primeira vez, foram inscritos 196 candidatos e selecionadas 12 propostas: grupos e músicos com projetos musicais destinados a crianças de até 12 anos.

Nesta edição da Carteira Homenagem, cada inscrito apresentou uma música composta com base na utilização de um ou mais dos fonogramas e do texto listados: "Seis Pequenas Peças para Violoncelo", de Rogério Duprat; "Só Esperança Ficou", de Elpídio dos Santos; e "Navio Negreiro", de Castro Alves. Foram 112 inscritos e 7 selecionados. Cada contemplado terá uma animação digital desenvolvida exclusivamente para a música apresentada.

Na Carteira Mapeamento, dedicada à difusão e articulação de músicos que já possuem um trabalho desenvolvido, foram 1.998 inscritos e 25 selecionados.

Os contemplados nas carteiras Mapeamento, Infantil e Coletivo participarão de apresentações a ser promovidas pelo Itaú Cultural com início em 2011 e término em 2012. Os shows resultam na gravação de uma série de programas de TV, que também trazem entrevistas e making of, e serão veiculados em emissoras de rádio e televisão no Brasil e no exterior. Além disso, serão produzidos programas para a web-rádio do instituto com cada um dos participantes.

Conheça os selecionados de cada categoria:


Carteira Mapeamento


Centro-Oeste

Diego Moraes e O Sindicato (Goiânia/GO)

Nordeste

Adriano Salhab
(Recife/PE)
Cabruêra (Campina Grande/PB)
Criolina (São Luís/MA)
EDDIE (Olinda/PE)
Jardim das Horas (Fortaleza/CE)
Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz (Salvador/BA)
Patrícia Polayne (Aracaju/SE)
Zé Barbeiro
(São Miguel dos Campos/AL)
Zé Cafofinho (Recife/PE)

Norte

Patrícia Bastos (Macapá/AP)

Sudeste

Weber Lopes e Paulo Belinatti (Belo Horizonte/MG)
EMICIDA (São Paulo/SP)
Guizado (São Paulo/SP)
João Parahyba (São Paulo/SP)
Lurdez da Luz (São Paulo/SP)
Mário Sève (Rio de Janeiro/RJ)
Renegado (Belo Horizonte/MG)
Rogério Rochlitz (São Paulo/SP)
Tulipa Ruiz (São Paulo/SP)
Warley Henrique (Belo Horizonte/MG)
Projeto B (São Paulo/SP)

Sul

Carlos Careqa
(Curitiba/PR)
Entrevero Musical (Capinzal/SC)
Maurício Marques (Viamão/RS)

Carteira Infantil

Nordeste

Pé no Terreiro
(São Luís/MA)
Projeto Pifercussão (João Pessoa/PB)

Sudeste

Barbatuques (São Paulo/SP)
Nervoso (Rio de Janeiro/RJ)
Pato Fu (Belo Horizonte/MG)
Gangorra (São Paulo/ SP)
Cia. Cabelo de Maria (São Paulo/SP)
Catibiribão
(Belo Horizonte/MG)
Solange Sá (São Paulo/SP)

Sul

Pandorga da Lua (Santa Maria/ RS)
A Turma do Pé Quente (Porto Alegre/RS)
Maxixe Machine (Curitiba/PR)


Carteira Coletivo

Centro-Oeste

Fernanda Cabral (Brasília/ DF)

Nordeste

Chico Correa (João Pessoa/PB)
Daniella Gramani (João Pessoa/PB)
Di Freitas (Juazeiro do Norte/CE)
Fabio Presgrave (Natal/RN)
Silvério Pessoa (Recife/PE)

Norte

Zé Jarina (Rio Branco/AC)

Sudeste

Antonio Loureiro (Contagem/MG)
Arismar do Espirito Santo (São Paulo/SP)
Carlos Amaral (São Paulo/SP)
Délia Fischer (Rio de Janeiro/RJ)
Denni Pontes (Sorocaba/SP)
Fabrício Conde (Juiz de Fora/MG)
Itamar Vidal (São Paulo/SP)
Jovem Palerosi/Youngman (São Carlos/SP)
Jucilene Buosi (Pouso Alegre/MG)
Ligiana (São Paulo/SP)
Loop B (São Paulo/SP)
Muepetmo (São Paulo/SP)
Rafael Piccolotto de Lima (Campinas/SP)
Renato Savassi (Belo Horizonte/MG)
Ricardo Herz (São Paulo/SP)
Vanja Ferreira (Rio de Janeiro/RJ)

Sul

André Siqueira (Londrina/PR)
Angelo Primon (Porto Alegre/RS)
Guilherme Darisbo (Porto Alegre/RS)
Paulinho Cardoso (Porto Alegre/RS)
Samuel Costa (Santo Antônio da Patrulha/RS)
Thiago de Moura (Passo Fundo/RS)
Vanessa Longoni
(Porto Alegre/RS)

Carteira Homenagem

Nordeste

Soraia Drummond (Salvador/BA)

Sudeste

Fred Chamone (Belo Horizonte/MG)
Geraldo Vianna (Belo Horizonte/MG)
Ricardo Stuani (São Paulo/SP)
Roberto Gava (São Paulo/SP)
Rodrigo Lopes (Rio de Janeiro/RJ)
Thiago de Melo (São Paulo/SP)


Comissão de seleção

Jards Macalé, compositor e cantor.
Pio Lobato, instrumentista e compositor, foi selecionado no Rumos 2004-2007.
Debora Pill, pesquisadora musical, produtora de documentários sobre música e locutora de rádio e web-rádio, atualmente apresenta o Vitrola Livre.
Wado, cantor e compositor, foi selecionado no Rumos 2007-2009.
Alessandra Leão, cantora e compositora, foi selecionada do Rumos 2007-2009.
GOG, compositor, cantor e rapper.
Ynaiã, instrumentista, compositor e baterista do grupo Macaco Bong.
Julio Rizzo, instrumentista e compositor, foi selecionado no Rumos 2007-2009 (Quartchêto).
Marcelo Brissac, compositor, instrumentista e diretor da rádio MEC (RJ).
Jarbas Cavendish, instrumentista e professor de harmonia na Universidade Federal de Goiás (UFG).


Representante do Itaú Cultural
Edson Natale, gerente do Núcleo de Música do Itaú Cultural (com direito a voto na comissão).

Tocantins presente na criação da Federação Nacional dos Músicos


Na semana passada, aconteceu no Rio de Janeiro a assembleia de fundação da Federação Nacional dos Músicos. O Tocantins esteve representado por Luciano de Souza, presidente do SindiMusi-TO (Sindicato dos Músicos do Tocantins) e por Helena de Oliveira Zica, cantora do grupo Palmas Música e professora do Centro de Criatividade do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.


Reproduzo abaixo a nota sobre o evento emitida pela Comunicação do SindiMusi-TO.

***

Aconteceu dia 23 de outubro, na sede do SindMusi-RJ, a reunião de assembléia geral de constituição da Federação Nacional dos Músicos. Na ocasião, representantes de 12 sindicatos de Músicos de todo o Brasil aprovaram a ata de fundação da FENAMUSI e acertaram para a segunda quinzena de março de 2011, possivelmente em Salvador, Bahia, a assembléia de fundação da instituição.

Acesso a uma estrutura representativa nacional muito mais eficaz - este foi o tom das discussões em torno da criação da FENAMUSI, além de questões como nota contratual, Previdência, Direito Autoral e a importância da mudança de mentalidade do profissional da música.

Nas discussões, ficou clara a necessidade de trabalhar pedagogicamente formas para que o músico se reconheça como trabalhador comum, tendo inclusive o entendimento da importância do recolhimento do INSS.

Os representantes do Tocantins se comprometeram a conduzir a entidade que representa sua base territorial no sentido de atender todos os requisitos necessários para estar apto a participar deste processo. Em contrapartida foram abertos canais de comunicação e negociação com Secretária Geral de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho, Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP, Dieese e Fundo de Previdência Petros (Cultura Prev).

Comunicação SINDIMUSI-TO

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Tradições Brasil documenta festas populares brasileiras

Foi realizada na Feira das Américas – Abav 2010, no Rio de Janeiro, a estreia dos seis primeiros vídeos da coleção Tradições Brasil, uma parceria do Ministério do Turismo em parceria com a Associação Arte Vida. Os filmes documentam grandes festas culturais que viraram atrações turísticas do país. Com 24 minutos cada um, os filmes exibidos retratam as celebrações de Corpus Christi (RJ e ES), as festas juninas (SE), a Procissão Fluvial de São Pedro (Manaus, AM), a Festa do Divino Espírito Santo (Pirenópolis, GO), a Semana Farroupilha (Porto Alegre, RS) e a Festa da Nossa Senhora da Boa Morte (Cachoeiras, BA). A próxima festa a ser documentada será a Romaria do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte (CE). Até março, os realizadores prevêem completar a coleção até março, registrando outras 3 festas, fechando assim 10 títulos.

O objetivo dos vídeos é fazer com que os operadores turísticos conheçam um outro olhar sobre os destinos que comercializam. Rani Ribeiro, da equipe de produção, detalha que o processo de preparação das gravações inclui uma pesquisa prévia detalhada sobre manifestações folclóricas, aspectos gastronômicos e culturais, crenças, música e dança das festas populares selecionadas para a coleção, além da identificação dos atrativos turísticos regionais.

A Associação Arte e Vida pretende fazer também um site para disponibilizar os vídeos. Interessados em ter acesso ao material podem entrar em contato com a produção dos documentários pelo telefone 61 8160-6611 (Rani Ribeiro).

O material que recebi do Ministério do Turismo não menciona se o Círio de Nazaré (Belém, PA) será incluído na coleção. Seria uma lacuna imperdoável.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Ministério do Turismo destaca cultura do Acre, Amazonas e Pará


Daqui a pouco, às 13h30 (horário de verão), o Ministério do Turismo lança no Rio de Janeiro, durante a Feira das Américas – Abav 2010, a publicação Caminhos do Fazer – Guia de Produtos Associados ao Turismo, nas versões impressa e virtual (www.fazeresdobrasil.com.br). O material destaca os principais produtos de artesanato, moda, culinária típica, manifestações culturais e agroindústria de 16 municípios brasileiros, e objetiva auxiliar turistas e operadores na organização e comercialização de destinos. O projeto é uma parceria do Ministério com Sebrae, com execução do Instituto Cultural e Educacional do Paraguaçu (INCEP).

As cidades incluídas no Guia são Rio Branco (AC), Manaus (AM), Belém (PA), Mata de São João (BA), Nova Olinda e Juazeiro do Norte (CE), Parnaíba (PI), Bezerros (PE), Caicó (RN), Aracaju (SE), Cuiabá (MT), Brasília (DF), Paraty (RJ), Tiradentes (MG), Bananal (SP) e Pomerode (SC).

A nota que recebi há pouco do MTur não explica o critério de seleção das cidades para o Guia.

Campanha pelo fim da violência contra mulher convoca classe artística de Belém


Recebemos dos compositores Felipe Cordeiro e Larissa Medeiros este e-mail convocando a classe artística de Belém para aderir a esta importante campanha, à qual já nos engajamos. Participe! Não dá pra admitir que mulheres sejam agredidas todos os dias em nosso país em pleno século 21! Queremos contribuir para que esta mobilização se alastre para outras capitais e cidades do Norte.

Fabio Gomes
***

Carta aberta à classe artística e homens

públicos da sociedade paraense

O Núcleo Belém da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) vem por meio desta divulgar que está trazendo para a cidade de Belém a Campanha do Laço Branco (http://www.lacobranco.org.br).



Essa campanha de nível internacional já existe no Brasil desde 2001 e tem o objetivo de sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher. Suas atividades são desenvolvidas em consonância com as ações dos movimentos organizados de mulheres e de outras representações sociais que buscam promover a eqüidade de gênero, através de ações em saúde, educação, trabalho, ação social, justiça, segurança pública e direitos humanos.

A nível nacional muitos artistas e pessoas públicas têm apoiado essa causa voluntariamente como pode ser observado nas fotos e no vídeo da campanha encontrados no site.

Deste modo, convocamos a todos as pessoas públicas e aos que compõe a classe artística paraense, especialmente homens, a se engajarem na campanha auxiliando-nos de alguma forma: em sua divulgação, através da cessão de suas imagens para a sensibilização da população, ou participando do ato público que acontecerá no dia 28 de novembro de 2010 e envolverá show ou outra atividade cultural a ser programada.

Neste ato público que está em processo de construção, além da atividade cultural serão distribuídos laços brancos, camisetas e folhetos informativos a fim de sensibilizar homens (jovens e adultos) sobre os problemas resultantes da desigualdade de direitos entre homens e mulheres, envolvendo os mesmos na agenda das políticas públicas de gênero e oferecendo propostas que visem a transformações em nível pessoal, institucional e cultural.

Estamos em busca de apoios de todas as ordens, pois o único recurso que temos é o material a ser distribuído que será enviado pelo Comitê de Gestão Nacional da campanha, com exceção das camisas.

Solicitamos então aos interessados em se engajar de alguma forma nesta campanha que entrem em contato conosco através do e-mail: abrapsobelem@gmail.com, ATÉ O DIA 25 DE OUTUBRO de 2010.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Na Rede: Juliana Sinimbú libera faixas do 1º CD para baixar



No dia 22 de setembro, noticiamos aqui que a cantora Juliana Sinimbú postara em seu perfil do site Conexão Vivo 3 músicas do seu CD de estreia, o ainda inédito Sonho Bom de Fevereiro: a faixa-título, mais "Nem Venha" e "Flor da Idade".

Poucos dias depois, foi incluída uma quarta: "Santuário do Pau de Aroeira", de Caê Rolfsen e Vicente Barreto.

A novidade é que agora à tarde foi concluída a disponibilização destas quatro músicas para download! Sim!!

domingo, 17 de outubro de 2010

Esperando a Festa: Som do Norte apresenta The Vassos e Patrick Tor4


O Café com Arte será palco nesta quinta-feira, 21 de outubro, da festa Som do Norte Apresenta, tendo como atrações a banda The Vassos e o DJ Patrick Tor4, que assim define o que se irá ouvir: "Muita fuleragem com boleros, guitarradas, surf music, jovem guarda e brega roots."

The Vassos é a primeira banda de surf music de Belém, formada neste ano por três músicos do grupo La Pupuña - John Vassos (guitarra/voz), Barney Vassos (baixo/voz) e Mike Vassos (bateria). Em pouco tempo, já se tornou um dos mais destacados grupos da capital paraense. Seu repertório é eclético (vai dos clássicos do rock 1960-70 a sucessos de trilhas de cinema e TV, passando por bregas paraenses 1980-90) e irreverente (os vocalistas fazem eles próprios as vozes femininas, quando relembram sucessos como os de Tetê Espíndola). O cantor e compositor Felipe Cordeiro já confirmou participação no show da The Vassos na festa desta quinta.

THE VASSOS
"The Vassos" - 2010

Download



Patrick Tor4 é baiano e já morou em vários estados do Brasil - Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Sergipe e agora Pará; de cada um deles, assimilou o gingado, o peso e a criatividade da música popular, transferindo para as pistas de dança as batidas mais ricas e diversificadas da música brasileira e mundial. Em maio, criou o Baile Tropical, projeto que valoriza a musicalidade amazônica (carimbó, guitarrada e tecnobrega), ainda pouco difundida mundialmente. Nestes cinco meses, o evento já foi realizado em Belo Horizonte e Uberlândia (MG), Brasília (DF), Fortaleza (CE), São Paulo (SP), Recife (PE), Aracaju (SE) e também no exterior: Dortmund (Alemanha), Montevidéu (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina). A próxima edição será em Belém no dia 6 de novembro.

Para a festa Som do Norte Apresenta, Tor4 preparou o set "Top 10 by Patricktor4 (5planeten @ Funkhaus Europa)", contendo estas pérolas, incluindo algumas que já foram destaque aqui como Música do Dia ("Da Calçada pro Lobato") ou figuraram em nossa Central de Abastecimento ("Psica da velha chica"):

1. Rubens Bassini e Chico Batera – Macumba
2. Major Laser – Ponde Flor
3. Sabo & Cassadi – Esa loca cumbia
4. Baiana System – Da calçada pro lobato
5. Felipe Cordeiro – Legal e ilegal
6. La Pupuña – Psica da velha chica
7. No Doubt – Don’t Speak (DJ Cremoso Remix)
8. Gang do Eletro – Panamericano (Eletromelody Remix)
9. Fauna – Gauchito Gil
10. Petrona Martines – El Hueso (King Coya Remix)

SERVIÇO

Som do Norte Apresenta The Vassos e DJ Patrick Tor4
Participação especial: Felipe Cordeiro
Café com Arte
Trav. Rui Barbosa, 1437, entre Brás e av. Nazaré - Belém
Inf: 91-3224-8630
21 de outubro – quinta - 22h
Ingresso: R$ 10

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Agenda Belém: Tributo a Janis Joplin


Quinta, 14 de outubro, a cantora Joelma Klaudia volta a apresentar o show Tributo a Janis Joplin, no Café com Arte, a partir das 22h. O show tem o apoio do Som do Norte.

No último dia 4 de outubro, completaram-se 40 anos do falecimento de Janis Joplin (1943-70), uma influência marcante para Joelma Klaudia desde a época em que ela uma adolescente cantora de igreja em Altamira, interior do Pará. Tão marcante que, anos depois, ao se mudar para Belém e participando do projeto baile Flores Astrais, fez questão de incluir clássicos lançados pela texana ao lado de hits de Beatles, Secos e Molhados, Mutantes e Pink Floyd, entre outros.

Foi só em abril deste ano, porém, depois de ter lançado seu primeiro CD (Dias Assim, 2009) e recebido a Plaqueta Waldemar Henrique, que Joelma Klaudia conseguiu colocar em prática o sonho que alimentava desde a época em morava às margens do rio Xingu: um show-tributo a Janis Joplin. As primeiras edições do espetáculo, no primeiro semestre, foram feitas em parceria com Sérgio Leite e homenageavam também o baiano Raul Seixas.

Acompanham Joelma Klaudia os músicos André MacClaury na bateria, Guibson Landim na guitarra e Fernando Costa no contrabaixo. Além de clássicos do repertório de Janis, Joelma promete interpretar várias pérolas setentistas.

Serviço

Tributo a Janis Joplin - Joelma Klaudia
Café com Arte
14 de outubro – quinta - 22h
Ingresso: R$ 10
Apoio: Som do Norte

Agenda Rio de Janeiro: Destruidores de Tóquio


Diz aí, DDT!

Som do Norte - Como surgiu esta oportunidade de tocar no Rio de Janeiro?

Destruidores de Tóquio - O contato vem do ano passado, quando saímos em uma pequena turnê com algumas datas em São Paulo, mais algumas cidades do interior daquele estado e o Rio de Janeiro, porém por uma série de contratempos acabamos cancelando o show do Rio, daí ficamos mantendo contato com o proprietário da casa, que ficou à disposição se nós quiséssemos marcar outra data, que decidimos adiar para este ano.

Som do Norte - Não era a primeira vez que vocês tocavam fora do Pará, não é?

DDT - Além da turnê do ano passado, já havíamos nos apresentado em outra data em São Paulo, na extinta Milo Garage, em julho de 2008, a nossa idéia é viajar todo ano como estratégia de divulgação de nosso trabalho, além de trocarmos figurinhas com bandas tipo Ecos Falsos, Chuck Hipolitho, Rejects, o Foca e a Ana da Camarones Orquestra Guitarrística, com os canadenses do GrimSkunk...

Som do Norte - Como é que será viabilizada a viagem? A Audio Rebel dará as passagens, ou vocês precisaram buscar este recurso por conta própria?

DDT - As passagens ficam por nossa conta, durante todo esse tempo viajando, geralmente os cachês que as casas oferecem não cobrem as despesas de uma banda que se aventura para lugares tão distantes, como é nosso caso, o Pará fica bem longe do Rio de Janeiro, porém se uma banda quer crescer e se divulgar, precisa passar por isso, nós guardamos bons cachês de apresentações aqui no estado para investir nessas viagens. Achamos que vale a pena.


Agenda Belém: Quintas Som do Norte no Café com Arte


A programação das próximas três quintas no Café com Arte foi elaborada por nós do Som do Norte especialmente para você, só com atrações da melhor qualidade:
  • Dia 14 - Tributo a Janis Joplin - com Joelma Klaudia
  • Dia 21 - Festa com The Vassos e DJ Patrick Tor4
  • Dia 28 - 2ª Noite Som do Norte - com La Orchestra Invisível e StereoScope
Os eventos iniciam às 22h, com ingressos a R$ 10.

domingo, 10 de outubro de 2010

Na Rede: Megafônica entrevista Larissa Xavier


Na sexta, dia 8, a publicação de uma entrevista de Larissa Xavier (ao lado, durante show no Espaço Ná Figueredo), vocal-guitarra-teclado da banda La Orchestra Invisível, a Júlia Mácola, marcou o lançamento de nova seção do blog do Coletivo Megafônica, as SextAS MegafônicAS, dedicadas às mulheres.

Na matéria, Larissa diz que o som de La Orchestra é "Rockindiealternativompbsunshinepowerpoppsychedeliclatinmusicmelodramaticrock", destaca influências num leque que vai de Caetano Veloso a Beck e cita a paraense Iva Rothe como uma mulher que admira na música. Leia a matéria completa no blog da Megafônica.
  • Aproveitamos o ensejo para anunciar oficialmente aqui no blog o que vimos tuitando desde ontem: a 2ª Noite Som do Norte já tem data e local - será no Café com Arte no dia 28 de outubro, uma quinta. As bandas que irão tocar são La Orchestra Invisível e StereoScope. Mais detalhes em breve.

Lançado o CD do 2º Festival de Música Popular Paraense


Os finalistas do 2º Festival de Música Popular Paraense receberam na quinta, dia 7, do grupo de comunicação RBA, promotor do evento, os CDs e DVDs com as gravações da finalíssima, realizada na Assembleia Paraense (Belém) em 12 de agosto. Assim como no ano passado, os discos não terão distribuição comercial.

Vamos ouvir a primeira faixa do disco, com a grande campeã: "Iluminada", do maestro Tynnôko Costa, cantada por Nanna Reis - também escolhida como Melhor Intérprete do festival (na foto acima, cantora e compositor no dia da final)

NANNA REIS

Iluminada
(Tynnôko Costa)
12.08.10


sábado, 9 de outubro de 2010

Na Rede: Júnior Rodrigues em destaque no blog de Alcione


Na segunda, 4 de outubro, o blog Alcione Morena Forrozera publicou um depoimento de Junior Rodrigues, sambista amazonense e um dos autores de "A Casa da Mãe da Gente" (em parceria com Gilson Nogueira), samba eleito pelos leitores daquele blog como a melhor faixa do CD Acesa, que a Marrom lançou em agosto de 2009.

Junior comemora a conquista, e relembra em detalhes a composição do samba e como ele chegou às mãos do produtor de Alcione, Jorge Cardoso (à esquerda de Junior na foto). Nós já havíamos contado esta história, muito mais resumida, quando "A Casa da Mãe da Gente" foi nossa Música do Dia, em 11 de setembro do ano passado.

Veja aqui como foi a votação no blog da Marrom.


Qual a melhor música do álbum Acesa?




Só a título de curiosidade, o mesmo samba, interpretado pelo próprio Junior Rodrigues, obteve apenas um voto na nossa enquete da Música do Ano de 2009 da região Norte.

CD do carnaval de Macapá será gravado ao vivo

Por Mariléia Maciel

No último fim de semana encerrou o prazo dado pela Liga das Escolas de Samba do Amapá-LIESA para entrega dos sambas-enredo para o carnaval 2010. Segundo o presidente Orles Braga, as nove escolas que atualmente compõem a LIESA entregaram os sambas na data e agora aguardam a gravação do CD que está previsto para o mês de novembro. A novidade para o próximo carnaval é que a gravação sairá do estúdio, será ao vivo.

O presidente Braga, que foi eleito em março deste ano, acredita que a gravação ao vivo fará o diferencial no carnaval amapaense:

- O mercado de música hoje aceita com mais facilidade os CDs gravados ao vivo, é uma tendência nacional, outro ponto positivo é que não teremos as dúvidas e reclamações de sempre de alguns representantes de agremiações que dizem haver privilégios da banda base com determinadas escolas.

Ele informa que a gravação será no Sambódromo e cada escola de samba irá levar sua bateria e o público pagará ingresso que será investido nas próprias agremiações.

Cidade do Samba

O presidente aproveita para esclarecer que a LIESA enviou ofícios para o Governo do Estado solicitando informações sobre a paralisação das obras da Cidade do Samba, cuja construção iniciou este ano e está parada:

- A proposta do Governo era de que a primeira etapa fosse concluída até o final deste ano mas os representantes da empresa responsável alegam que o pagamento está atrasado, só depende do atual governo cumprir sua parte, mas ainda tem tempo para que até o próximo carnaval as escolas utilizem os barracões da Cidade do Samba.

A Cidade do Samba está sendo erguida às margens da avenida Ivaldo Veras e a primeira etapa prevê a construção de seis barracões ao custo de R$ 7,2 milhões. De acordo com o projeto, a segunda etapa inclui a construção de mais seis barracões, área de shows e lojas. O presidente fala que até agora somente três barracões foram iniciados e os presidentes de escolas de samba e brincantes cobram da LIESA a conclusão das obras.

- O Carnaval de 2011 já está sendo preparado pela diretoria da LIESA, as escolas estão fazendo a sua parte e a Liga está dando suporte para que tudo ocorra sem atropelos - diz o presidente.

A única agremiação pendente é a Piratas da Batucada, que por uma decisão do conselho, formado por representantes das escolas, será punida com o afastamento do carnaval 2011 e o desligamento da LIESA. Paralelo a essa situação, a escola enfrenta problemas internos na escolha da nova diretoria e o caso está na justiça. A Junta Governativa que dirige a escola propôs à LIESA que os Piratas retornem ao carnaval desfilando no Grupo de Acesso. A presidência da LIESA aguarda que Piratas resolva os problemas internos para dar o parecer sobre a participação da agremiação no carnaval 2011.

Conheça os Enredos da Escolas para 2011

Boêmios do Laguinho – “Laguinho, África Minha: Cantos e revoadas de dois poetas geniais”.

Maracatu da Favela – “Espelho, Espelho meu…”

Cidade de Macapá – “Sonho… Fantasia ou Realidade”.

Piratas Estilizados – “Bar do Abreu: Estilizando a tradição, vou em doses de poesia, embriagado de alegria da apoteose da emoção”.

Solidariedade – “Tumuc Humac – da Vila do Espírito, tudo passa pela grande pedra”.

Emissários da Cegonha – “Com garra e determinação ele se fez respeitar, das mãos de um sapateiro molda-se a justiça no Estado do Amapá”.

Jardim Felicidade – “De Parintins para o mundo a maravilha do ouro cultural”.

Unidos do Buritizal – “O Universo azul”.

Império do Povo – ”Perfume”

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Euterpe fala ao Amazonas em Tempo


A cantora e compositora Euterpe foi destaque na edição de 22 de setembro do caderno "Plateia", do jornal Amazonas em Tempo, de Manaus. O motivo da entrevista foi o anúncio da turnê que ela inicia em março de 2011 por 10 Estados da Amazônia Legal, mais o Rio de Janeiro.

Entre outros temas, ela comenta a parceria com Eliakin Rufino, a expectativa por voltar a cantar em Manaus e seus planos para fazer com que sua música seja valorizada no exterior. Esse é, esperamos, um caminho possível para o artista do Norte brasileiro, já que ele pouco pode contar com a mídia local: Euterpe comenta na matéria a orientação que algumas rádios de Boa Vista têm para não executar cantores de Roraima, e aponta como exemplo a ser seguido o programa Feira da Música, que Edgar Augusto apresenta na Rádio Cultura do Pará.

Leia a íntegra da matéria clicando aqui.

Disco do Mês: As meninas do Dueto Amazônico


Entrou no ar nesta madrugada nosso Disco do Mês de outubro: Da Amazônia para o Mundo, que o Dueto Amazônico, de Manaus, lançou em junho na cidade de Parintins (AM). O dueto foi criado no ano passado pelas cantoras Anna Cláudia Ribeiro e Julieta Câmara, e este CD é seu primeiro trabalho lançado. No repertório, predominam clássicos das toadas de boi, raramente interpretadas por mulheres.

As belas vozes de Anna e Julieta foram uma grata surpresa que tive no começo do ano, e que devo agradecer à a radialista Viviane Cariolano (Amazonas FM e TV Cultura-AM). No dia 25 de março, Viviane indicou no Twitter o perfil delas no site Conexão Vivo - http://anna-e-julieta.conexaovivo.com.br/. Fui conferir e me encantei com a proposta e mais ainda com o resultado. No mesmo dia, escrevi para as duas, que me disseram estar entrando em estúdio dali a pouco tempo, e desde então ficamos em contato, e o convite que fiz para que o CD fosse nosso Disco do Mês veio ao natural.

Ouça Da Amazônia para o Mundo na íntegra no Música do Norte.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Inscrições abertas para Workshop Jornalismo Cultural 2.0 em Belém


No dia 5 de novembro, sexta-feira, o jornalista cultural Fabio Gomes (na foto, durante a realização do Workshop em Macapá, AP - 13.07.10) realiza em Belém (PA) a quarta edição do Workshop Jornalismo Cultural 2.0 (veja o programa aqui), em que divide com os participantes sua experiência à frente do blog Som do Norte e também de seus outros sites, o Jornalismo Cultural e o Brasileirinho. O evento será realizado no Espaço Aberto Ná Figueredo (Av. Gentil Bittencourt, 449, entre Benjamin Constant e Dr. Moraes), a partir das 15h, com duração prevista de três horas e meia. As inscrições já estão abertas para jornalistas, estudantes de Jornalismo, produtores culturais e artistas, bem como outras pessoas que mantenham sites ou blogs direcionados à área cultural.

Para se inscrever, preencha e envie o formulário abaixo, que em seguida retornaremos informando os dados para depósito do valor da inscrição. Fique atento: são apenas 50 vagas para este encontro. O simples envio do formulário não garante a vaga; confirmaremos sua inscrição tão logo identifiquemos seu depósito.

Aproveite os descontos para pagamento antecipado. O valor da inscrição é de R$ 80,00 até o dia 4 de novembro, e R$ 100,00 para pagamentos no próprio dia do Workshop. Informaremos aqui se as vagas se esgotarem antes disso. Inclusive pedimos que você nos informe outros dias e horários em que poderia participar do Workshop, para que avaliemos a viabilidade de agendar uma nova turma.


Inscrição no Workshop Jornalismo Cultural 2.0

1 - Nome:

2 - E-mail:

3 - Comente seu interesse em se inscrever no Workshop e quais suas expectativas:

4 - Você gostaria que nosso Workshop fosse em outro horário ou dia da semana, ou tem algum comentário a fazer?



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Agenda Belém: Nanna Reis no Café com Arte



Uma nova apresentação do show Brasilidade, no próximo dia 7, marca o início da temporada que a cantora Nanna Reis irá realizar no Café com Arte nas quintas de outubro. Nada será como antes.

Brasilidade, que estreou em maio no Teatro Margarida Schivasappa, é um passeio pela música brasileira, revelando um pouco da identidade musical das diversas regiões do país, com ênfase na região Norte. O espetáculo aposta na diversidade rítmica, indo do samba e choro ao lundu e carimbó, expressando as peculiaridades da música brasileira, fruto da mistura de povos distintos e de culturas diferentes. No repertório, inéditas como "A Tentação" (Alfredo Reis) estão lado a lado com clássicos como "Falando de Amor" (Tom Jobim) e "Esotérico" (Gilberto Gil) - todas com arranjos mais jovens, criados coletivamente pelo novo trio de Nanna, formada por Elaine Valente (guitarra/Banda Mahara), Inês Fernandes (baixo/ex-O Meio do Mundo) e Anderdez (bateria). O violonista Wendel Raiol faz participação especial.

Na reestreia do show no Bocaiúva Café no final de setembro, o público aprovou inovações como a transformação do clássico caipira "Tocando em Frente" (Almir Sater - Renato Teixeira) num reggae, ou a levada rock de "Nada Será como Antes" (Milton Nascimento - Ronaldo Bastos).

Brasilidade terá nova apresentação no Café com Arte no dia 14. Já no dia 21, Nanna estreia novo show, Cinema Cantado, uma bem-humorada abordagem da relação entre música e cinema, tão antiga quanto o próprio cinema. A temporada encerra, no dia 28, com nova apresentação do Cinema Cantado, show que tem roteiro e direção de Fabio Gomes.

Nanna Reis, 19 anos, canta desde os 8 e começou a participar de festivais aos 15. Em agosto, recebeu o prêmio de Melhor Intérprete no 2º Festival de Música Popular Paraense (foto), ao cantar a música que obteve o 1º lugar, "Iluminada" (Tynnôko Costa). Em 2009, foi acompanhada pelo violonista Sebastião Tapajós ao participar do show de lançamento do DVD Billy Blanco, o Compositor, na presença do homenageado.

SERVIÇO
Temporada Nanna Reis
Café com Arte
Trav. Rui Barbosa, 1437, entre Brás e av. Nazaré
Inf: 3224-8630
Dias: 7, 14, 21 e 28/10 (quintas)
Início: 22h
Ingresso: R$ 10


AVISO

Após realizar o primeiro show, em 7/10, Nanna decidiu não seguir a temporada no Café com Arte.

sábado, 2 de outubro de 2010

Disco do Mês: The Baudelaires no Zap'n'Roll


A participação de The Baudelaires no Vaca Amarela 2010 em Goiânia, no dia 18 de setembro, segue repercutindo. Depois de considerá-la uma das melhores surpresas do festival (Vaca Amarela mostra ótimos shows e estrutura invejável - site Dynamite), o jornalista Humberto Finatti no blog Zap'n'Roll dedicou à banda paraense um tópico inteiro do seu texto intitulado O mega fofo e incrível Belle & Sebastian fala de amor. E o blog conta como foi o Vaca Amarela, como são os Baudelaires e o Umbando, dá ingressos pro SWU etc, etc.. Reproduzo o tópico logo a seguir, aproveitando para corrigir um equívoco do original (Finatti confundiu o baterista Bruno com o vocalista Marcelo). Para ler o texto na íntegra, clique no link. O CD mencionado é School Days, o Disco do Mês de setembro do Som do Norte - ouça clicando aqui.
***

DUAS BANDAÇAS REVELADAS EM GOIÂNIA

* The Baudelaires –
o quarteto de Belém (capital do Pará) é sensacional. O blog já tinha assistido parte do show deles no festival Quebramar, em julho passado, em Macapá. Mas no Vaca Amarela, no finde passado, foi possível sacar todas as belíssimas nuances power pop construídas pelas duas guitarras (tocadas por Andro e Marcelo) e pelas melodias fofas que a banda engendra. Cantando em inglês, com uma seção rítmica (formada pelo baixista Ariel e pelo batera Bruno) oscilando entre precisão e suavidade e fazendo da dolência e do bucolismo musical sua razão de existir, os Baudelaires destilam doses acachapantes de indie guitar, Beatles e Weezer em canções fantásticas como “She’s A Queen” ou “She’s A Painter” (esta, um encontro dos sonhos entre Teenage Fanclub e Belle & Sebastian). Estão com um cd em circulação, com onze faixas (sendo que a capa em papelão remete às capas dos antigos compactos de vinil) e podem ser melhor ouvidos e conhecidos em www.myspace.com/baudelairesband . Vá lá, ouça e chore de satisfação.

(NR: Em seguida, Finatti fala dos goianos do Umbando.)

Preparativos para o Arrastão do Círio 2010

Por Yorranna Oliveira*

As atividades do Instituto Arraial do Pavulagem para o Arrastão do Círio, evento que há dez anos homenageia a padroeira dos paraenses, já começaram. Através do projeto "Ponto de Cultura Arraial do Saber", conveniado com o Ministério da Cultura, os integrantes do Batalhão da Estrela participam de oficinas de aperfeiçoamento em percussão, dança e artes circenses até o dia 7 de outubro, na sede do Instituto Arraial do Pavulagem, em Belém. As inscrições para as oficinas já encerraram; as vagas foram abertas para quem já havia das atividades do Batalhão da Estrela, no Cordão do Peixe-Boi, em fevereiro de 2010, e/ou no Arrastão do Pavulagem, em junho deste ano.

A maratona de oficinas e ensaios é para fazer bonito quando a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré aportar da Romaria Fluvial no cais da escadinha da Estação das Docas, no final da manhã de sábado, dia 9. O Batalhão vai prestar sua homenagem tocando “Vós sois o Lírio Mimoso” - hino tradicional do Círio de Nazaré - no ritmo da Marujada de Bragança. Para acompanhar o cortejo no sábado, basta chegar a partir das 10 horas na escadinha da Estação das Docas. O evento tem a parceria da Prefeitura Municipal de Belém e inicia com a chegada da imagem de Nossa Senhora na orla e segue pelas ruas do Ver-o-Peso em direção à Praça do Carmo, no bairro da Cidade Velha.

Projeto Orube – Os componentes do Boi Orube do Satélite, parceiro nos cortejos do Instituto, também ensaiam para o Arrastão do Círio desde o dia 23 de agosto. O Projeto Orube é o resultado de uma experiência baseada na educação cultural e pedagógica que utiliza conteúdos teóricos e saberes populares sobre a temática socioambiental.

O Centro Comunitário do Conjunto Satélite, em Belém, resolveu conceber um boi-mirim, como alternativa para a quadra junina da comunidade. O projeto propõe a construção de um arraial junino com padrões de qualidade cultural para os moradores locais, com o objetivo de aprimorar um conceito capaz de garantir a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes do bairro, refletindo sobre o lixo, a segurança e a poluição sonora.

A ideia foi estimulada por meio de oficinas de bairros da Fundação Curro Velho, a partir de fevereiro de 2008, com o apoio do Instituto Arraial do Pavulagem e outros parceiros.

Serviço:

Outras informações sobre o grupo e o Instituto Arraial do Pavulagem em www.arraialdopavulagem.com.br

* Edição: Fabio Gomes

***

O vídeo abaixo tem 34 minutos de duração e documenta o Arrastão do Círio de 2008.


sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Música do Dia: Sangue Novo


Nossa Música do Dia nesta sexta é o primeiro single de O Segundo Depois do Silêncio, o segundo CD dos acreanos Los Porongas, composição assinada pelos quatro integrantes da banda: Diogo Soares, João Eduardo, Jorge Anzol e Márcio Magrão. A banda fez um show oficial de lançamento do single na Out's, em São Paulo, no dia 24 de setembro, com abertura dos cearenses da O Sonso.

No mesmo dia, a banda disponibilizou a faixa para download em seu site, num pacote que inclui a letra e algo pouco comum: o release da música, texto que já antecipa o clima que os fãs podem esperar do CD - os integrantes anunciam com “Sangue novo” um disco de rock brasileiro instigante e nada colorido. Isto porque, mesmo com as boas críticas ao primeiro trabalho - CD Los Porongas, 2007 -, longe de acreditar em qualquer fórmula, os Los Porongas buscaram outras paisagens sonoras para compor o segundo disco.

LOS PORONGAS

" Sangue Novo"




Baixe a música no site da banda

Ficha Técnica:
Sangue novo
Single do disco O Segundo Depois do Silêncio
Produzido por Los Porongas e Dado Villa-Lobos
Técnico de Gravação RJ: Duda Mello
Auxiliar RJ: Fernando Fischgold
Técnico de gravação SP: João Leão
Auxiliares SP: Bruno Souto e Saulo Duarte
Mixagem e masterização: Carlos Eduardo Gadelha
Gravado no estúdio Lobo Mao, Rio de Janeiro (setembro de 2009) e no Cambuci Roots (entre abril e maio de 2010)


Na Rede: Expectativa pelo CD de Juliana Sinimbú


Não é a toda hora que um disco que ainda nem foi lançado gera tanta expectativa quanto o CD Sonho Bom de Fevereiro, que marca a estreia fonográfica de Juliana Sinimbú.

Ontem foi a vez da blogueira Fernanda Isobe, de Belém, mandar um Salve, Juliana Sinimbú!, dizendo, entre outras coisas, que "...seu nome é Juliana Sinimbú, sua voz é uma mescla de exotismo, força e beleza, seu ritmo é o bom e velho samba e seu repertório é a materialização do bom gosto." Fernanda também reproduz trechos do meu texto publicado no perfil de Juliana no site Conexão Vivo.

Uma boa amostra da expectativa pelo lançamento está na parte de comentários do blog de Fernanda, onde várias pessoas já se manifestam querendo saber onde compra o CD de Juliana. Por enquanto, como eu falei lá, é necessário esperar: o disco ainda nem foi prensado. Aguardem, pois a espera compensará.

O CD Sonho Bom de Fevereiro tem o apoio do Som do Norte.

Workshop Jornalismo Cultural 2.0

Obrigado por se inscrever em nosso Workshop!

Em seguida entraremos em contato para que você possa efetivar sua inscrição.

Fabio Gomes
Editor do Som do Norte e
do Jornalismo Cultural