Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Agenda Belém: Nanna Reis


A volta do show Brasilidade, de Nanna Reis, nesta quinta, 30 de setembro, no Bocaiúva Café, está marcada por uma série de novidades. Será seu primeiro show depois de receber o prêmio de Melhor Intérprete do 2º Festival de Música Popular Paraense, em agosto. A cantora passa a ser acompanhada por um trio (guitarra, baixo e bateria) formado por jovens músicos paraenses. O violonista Wendel Raiol fará participação especial. A direção do show passa a ser do jornalista e produtor Fabio Gomes.

Estreia do show Brasilidade - 20/5/10
Teatro Margarida Schivasappa (Belém)

O show Brasilidade é um passeio pela música brasileira, apresentando um pouco da identidade musical de cada região do país, com ênfase em músicas inéditas de compositores paraenses. Reunindo clássicos como "Falando de Amor", de Tom Jobim, e inéditas como "A Tentação", de Alfredo Reis, o espetáculo investe na diversidade rítmica, indo do samba e choro ao lundu e carimbó, expressando as peculiaridades da música brasileira, fruto da mistura de povos distintos e de culturas diferentes. A própria Nanna escolheu o repertório da estreia e apresentou suas ideias a respeito dos arranjos ao maestro Tynnôko Costa - a nova banda de Nanna irá executar os arranjos originais escritos pelo maestro para o show de estreia, realizado em 20 de maio no Teatro Margarida Schivasappa (foto).

Serviço

Brasilidade - Nanna Reis
Bocaiúva Café (Trav. Quintino Bocaiúva, 1086, entre Boaventura da Silva e Tiradentes)(antigo Café Imaginário)
Quinta, 30/9, 23h
Ingressos: R$ 5 (até 23h); após este horário, R$ 10
Produção: Som do Norte
  • Na quarta, dia 29, Nanna canta na Quarta Cultural da UFPA, em dois momentos. Primeiro, na parte destinada ao Projeto Mostra de Intérpretes da MPB, se apresenta ao lado de José Júnior e a banda base da SAM (Música Popular). Nanna foi escolhida por ser hoje a artista de maior destaque dentre todos os já revelados pela Mostra (um projeto de extensão da UFPA). Depois, interpreta "Caminhando" (Geraldo Vandré) e "Roda Viva" (Chico Buarque), ao lado da banda Pimentas Inflamáveis, no quadro "Arte e Protesto", dedicado às músicas de protesto da década de 1960. O evento terá ainda como convidados especiais Felipe Cordeiro & Os Astros do Século. Veja a notícia completa no site da UFPA.
  • Em outubro, Nanna realiza uma temporada inovadora às quintas-feiras no Café com Arte. "Serão quatro noites, com quatro shows diferentes", antecipa. Também já tem agendada participação no segundo show da temporada de Anna Marçal no Veneza, no dia 14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário