Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 8 de agosto de 2010

Foi Show: São João com Gonzagão

Por Fabio Gomes, jornalista cultural



Em abril, quando eu ainda residia em Porto Alegre, em função das chuvas torrenciais que caíram no Rio de Janeiro e em Niterói, e de ter lido reflexões do músico Ariel Andrade (da banda paraense The Baudelaires) no Twitter a respeito da consciência social que todos devemos ter frente a casos como este, eu decidi que dali em diante todos os eventos apoiados ou promovidos pelo Som do Norte deveriam ser solidários, ou seja, funcionarem como postos de arrecadação de alimentos, roupas, remédios etc. para serem doados a entidades assistenciais. O texto em que expus minha tomada de posição recebeu o título de Música Solidária: A Propósito de "Uma Noite para o Rio" (assim se chamaria o show beneficente que Ariel quis promover, mas que acabou não acontecendo por motivos alheios à vontade dele).

Ainda em abril, me lembrei que uma boa ocasião para fazer um evento solidário em Belém seria junho, pois já há varios anos, sempre nesse mês, Yuri Guedelha (foto à direita) promove um show em homenagem a Luiz Gonzaga. A minha dúvida era se neste ano o show iria acontecer na capital paraense, já que Yuri desde o início do ano se encontrava cursando o Doutorado em Educação Musical na Bahia. Conversei com Juliana Sinimbú, que topou a ideia de produzir o show comigo, se por acaso Yuri não voltasse a Belém a tempo de fazer o evento. Escrevi a Yuri, que considerou a ideia excelente e imediatamente me colocou em contato com a produtora de seus shows, sua esposa, a produtora Maria do Carmo Santos, e nestes e-mails trocados entre Porto Alegre, Salvador e Belém começamos a traçar a história do show deste ano. Foi Yuri que chamou minha atenção para o fato de que o homenageado, Luiz Gonzaga, se destacava por ser um homem solidário.

De fato, além de ser considerado a maior expressão musical já produzida pelo Nordeste, e responsável pela consagração nacional dos ritmos de sua região como o baião e o forró, o cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga (1912-1989) sempre se preocupou em ajudar o próximo. Seu primeiro show no Nordeste, logo após a consagração nacional com "Baião", em 1946, foi para arrecadar dinheiro para a reforma do Hospital São Francisco, no Crato (CE). Já em 1984, mobilizou o país por oito meses para envio de dinheiro, medicamentos e alimentos para os flagelados da seca no Nordeste, além de pessoalmente dar o exemplo doando os cachês de todos seus shows neste período. E, para completar o simbolismo do evento, eu descobri que foi em Belém que Gonzaga fez em 1952 o show do encerramento de sua primeira turnê nacional, iniciada em... Porto Alegre. Nada é por acaso MESMO!

Entre a idealização e a concretização do show, aconteceu minha mudança para Belém, no dia 10 de junho. Logo retomei contato com Yuri e Maria do Carmo me colocando à disposição para ajudar no que pudesse. 

Assim como em 2009, neste ano o São João com Gonzagão foi realizado em duas noites. A primeira, 24 de junho, uma quinta, aconteceu no SESC Boulevard, com realização da Federação do Comércio do Estado do Pará, SESC e SENAC. O Grupo Sarau Brasil - Yuri Guedelha (voz, flauta e sax); Diego Leite (violão), Bruno Mendes (percussão e voz) e Marcelo Ramos (contrabaixo e cavaquinho) - teve como convidados Adriana Cavalcante, Gigi Furtado, Juliana Sinimbú, Léo Meneses, Nanna Reis, Roguesi e Samantha Allevato.

A edição solidária aconteceu na sexta, 25 de junho, no Teatro Gasômetro; o ingresso consistia na doação de dois quilos de alimento não-perecível, com doação destinada ao Abrigo João de Deus. A produção foi de Nívia RibeiroGeuliana Rupf, com apoio da Secretaria de Saúde, Som do Norte e Abelhuda. São deste dia as fotos que vemos em seguida.


Grupo Sarau Brasil


Nanna Reis brilhou na interpretação...


... de "O Xote das Meninas"


Yuri fez de tudo: cantou, tocou flauta e pandeiro, foi mestre de cerimônia...


Léo Meneses impressionou a todos...


... com o agudo final na interpretação de "Assum Preto"


Gigi Furtado nos divertiu...


... com sua versão de "Cintura Fina"


Adriana Cavalcante escolheu como figurino um vestido de noiva...


...para marcar sua apresentação de "A Vida do Viajante"


Gaby Amarantos foi, como de hábito, o grande destaque...


... ao cantar "Forró nº 1"


Banda, Adriana, Nanna, Aíla, Gaby e Léo se aprontam para o número final...


... "Asa Branca", que Yuri chamou de "2º Hino Nacional". A letra estava no telão...


... e também à frente das cantoras...


...para que todos cantassem junto, encerrando uma noite de alegria...


...e de solidariedade.

O momento com certeza mais belo do show foi justamente o que teve menos plateia. Foi quando, na tarde do sábado, dia 26, Yuri Guedelha foi ao Abrigo João de Deus...

entregar os mais de 80 quilos de alimentos arrecadados na véspera.

2 comentários:

  1. MARIA DO CARMO BRITO DOS SANTOS9 de agosto de 2010 11:36

    Obrigado pelo Apoio que você deu para a realização deste show que foi fundamental para o Sucesso. ANO QUE VEM ESPERO TER A PARDERIA DO SOM DO NORTE E FAREMOS UM SHOW MUITO MAIOR
    ABRAÇOS
    YURI GUEDELHA E MARIA DO CARMO

    ResponderExcluir
  2. Obrigado FÁBIO pelo grande Apoio que você deu para a realização deste show. SUA PARCERIA FOI FUNFDAMENTAL PARA O SUCESSO DO EVENTO. ano que vem estaremos juntos!!!!
    ABRAÇOS
    YURI GUEDELHA E MARIA DO CARMO

    ResponderExcluir