Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Festival Megafônica traz a Belém a vanguarda da cena independente nacional


No final de agosto, Belém se tornará a capital da cultura independente nacional durante a realização do 1° Festival Megafônica de Artes Integradas (dias 27 e 28) e do 1º Congresso Regional Fora do Eixo Norte (dias 27 a 29). Paralelamente ao Festival, acontecem a Mostra Audivisual Fora do Eixo (25 de agosto) e uma tarde de pocket shows no Espaço Aberto Ná Figueredo (26 de agosto). Os eventos serão realizados pelo Coletivo Megafônica e irão reunir na capital paraense alguns dos principais nomes da cena independente do país, com destaque para a banda Black Drawing Chalks, cujo CD Life is a Big Holiday for Us foi apontado pela revista Rolling Stone Brasil como o melhor disco brasileiro de 2009, e que estará se apresentando pela primeira vez em Belém.


Black Drawing Chalks

O Festival Megafônica terá duas noites de shows. Na sexta, 27 de agosto, tocam no Espaço Cultural Cidade Velha: Felipe Cordeiro (Belém), Projeto Secreto Macacos (Belém), Paralelo XI (Primavera - PA), Tereza (Rio de Janeiro), Juca Culatra (Belém), Mini Box Lunar (Amapá), Johnny Rockstar (Belém) e Proyecto Gómez (Argentina); além das presenças do Casarão Floresta Sonora e DJs Pogobol. No sábado, 28, acontecem no Açaí Biruta os shows de 16-Bits (Novo Repartimento - PA), Destruidores de Tóquio (Capanema - PA), Beatle George (Amapá), Veludo Branco (Roraima), Turbo (Belém), Brown-Há (Distrito Federal), Delinquentes (Belém) e Black Drawing Chalks (Goiás); além da discotecagem dos DJs Se Rasgum, Pogobol e Durango'95.


Brown-Há

Na quarta, dia 25, o Cinema Olympia sedia a Mostra Clube de Cinema Fora do Eixo, que terá a exibição de curtas, documentários e clipes realizados pelos Coletivos Fora do Eixo da região Norte, além de uma palestra sobre Vivências e Experiências Audiovisuais do Norte com a cineasta paraense Priscilla Brasil.

Na tarde de pocket shows no Espaço Ná Figueredo, quinta, 26 de agosto, irão se apresentar as bandas S.I.m, La Orchestra Invisível, Dharma Burns e Cryptatrio, que integram o Coletivo Megafônica.


Mini Box Lunar

O Congresso Regional Fora do Eixo Norte acontece entre os dias 27 e 29 no SEBRAE e terá debates e workshops sobre os novos paradigmas do cenário musical no Brasil e as alternativas de viabilidade do cenário frente à questão; o evento é uma das etapas preparatórias do 3º Congresso Nacional Fora do Eixo, previsto para outubro.

Formado há dois anos em Belém pela união de bandas, produtores e jornalistas que trabalham para estimular a cadeia produtiva da cultura sob a perspectiva da cooperação, o Megafônica é desde 2009 o Ponto Fora do Eixo no Pará. O Circuito Fora do Eixo surgiu em 2005 através de uma parceria entre produtores culturais das cidades de Cuiabá (MT), Rio Branco (AC), Uberlândia (MG) e Londrina (PR), que queriam estimular a circulação de bandas sem vínculo com grandes gravadoras, o intercâmbio de tecnologias de produção e o escoamento de produtos da cena independente, na qual se encontra a parcela mais criativa da produção musical brasileira atual. O Fora do Eixo está presente hoje em 25 dos 27 Estados brasileiros, e sua articulação permite fazer eventos do porte do Grito Rock América do Sul 2010, realizado nos meses de janeiro e fevereiro em 74 cidades do Brasil, Argentina, Uruguai e Bolívia, e que vem sendo considerado o maior evento cultural cooperativado do mundo.


Release oficial do Festival
Assessoria de Imprensa Som do Norte

2 comentários:

  1. Ih! Junto com o festival de contrabaixo! Tomara que dê pra eu ir

    ResponderExcluir
  2. é nóis
    www.veludobranco.com.br

    Cesar Matuza!

    ResponderExcluir