Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 16 de maio de 2010

Na Rede: 7ª Mostra SESC Rondônia de Música


O Blog do Sérgio Ramos fez ampla cobertura da 7ª edição da Mostra SESC Rondônia de Música, realizada em Porto Velho de 4 a 8 de maio.
  • No dia 5, tocaram no Teatro 1 do Sesc Esplanada Llitsia Moreno e Waldemir Fernandes, de Porto Velho; Klayton de Jesus, de Ji-Paraná e o grupo Minhas Raízes, de Nazaré. A noite teve a participação especial de Célio Cruz, do Amazonas, e Eliakin Rufino, de Roraima, que vemos aqui cantando "Cabelo de Mola", acompanhado por Bira Lourenço ao pandeiro, em vídeo de Bethânia Diniz, que também fez fotos que você vê clicando aqui.

  • No dia 6, aconteceu pela manhã debate sobre Processos composicionais nas canções da Amazônia: Pesquisa, Mercado, Identidade e Contemporaneidade, reunindo Nilson Chaves (PA), Eliakin Rufino, Bado e Sílvio Santos (Porto Velho). Das ideias debatidas na ocasião, que você pode ler na resenha de Zé Katraca publicada por Ramos, destaco dois trechos: Eliakin Rufino afirmou que “O importante é cantar nossa aldeia com a sonorizaçao universal”; e o compositor Rudney Prado disse da dificuldade em se conseguir abertura nas emissoras de rádio de Porto Velho, para se implantar um programa realmente cultural que toque as músicas de compositores da Amazônia.
    Nilson Chaves, Eliakin Rufino, Sílvio Santos e Bado
  • Veja fotos dos shows do dia 6, com Elisa Cristina, Guilherme Barros, Rudney Prado e Silvio José, de Porto Velho, Graça Gomes, do Acre, e Zé Miguel, do Amapá.
  • Naturalmente, o show mais comentado e documentado foi o do dia 8, no Mercado Cultural, que lançou em Porto Velho o DVD Gente da Mesma Floresta, reunindo Graça Gomes, Eliakin Rufino, Bado, Célio Cruz, Zé Miguel e Nilson Chaves. O vídeo apresenta Bado e Nilson Chaves cantando "Sabor de Açaí".


  • Leia coluna Lenha na Fogueira, de Zé Katraca, do dia 11 (Trecho: O que assistimos no Mercado Cultural foi um espetáculo jamais apresentado em nossa cidade. Vimos que a Amazônia musicalmente falando, não fica nada a dever a quem quer que seja.)
  • O blog Papel de Seda, de Macapá, também destacou este show, publicando no dia 12 o texto Zé Miguel cativa público de Porto Velho em “Gente da Mesma Floresta”, escrito por Joel Elias. Pinço dali uma frase dita por Bado durante o show: “Sempre apostei na música amazônica como uma música universal, que abrange a diversidade rítmica presente na cultura do Norte do país. Com outros artistas, como é o caso do Zé Miguel, só faz enriquecer essa experiência".

Nenhum comentário:

Postar um comentário