Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 2 de maio de 2010

De Olho: Gaby Amarantos no Domingão do Faustão


É famosa a frase do artista plástico norte-americano Andy Warhol dizendo que no futuro todos poderiam desfrutar seus 15 minutos de fama. Warhol morreu em 1987, então o futuro do qual ele falava pode ser os dias de hoje - ou até já ter passado, se levarmos em consideração que Gaby Amarantos teve, agora há pouco, quase a metade disso - oito minutos - para mostrar a música do Pará (ou ao menos uma de suas vertentes, o tecnomelody) no Domingão do Faustão, da TV Globo. Sim, amigos, oito minutos cravados e selados, das 19h02 às 19h10!


Pelo menos Gaby usou muito bem o tempo que recebeu do programa: já entrou agitando com "Hoje Eu Tô Solteira", adaptação tecnomelódica de um sucesso de Beyoncé, e após conversar (muito rapidamente) com o apresentador Fausto Silva, ensaiou um canto-e-resposta com a platéia, que estava animada respondendo "Gol" a uma música que tinha por tema o futebol, que Gaby cantou a propósito da proximidade da Copa do Mundo. Em seguida, sabe-se lá porque, Fausto agradeceu e deu por encerrada a participação dos paraenses. Não foi muito diferente, aliás, do que ocorreu com Mestre Laurentino e o Coletivo Rádio Cipó, no mesmo programa, em 2 de agosto de 2009 (relembre aqui), o que é bastante estranho, afinal, diferente do que aconteceu no ano passado, hoje havia telão com fotos da cantora, a primeira música teve a letra exibida como legenda pro público de casa cantar junto, e em breve Gaby terá uma coletânea lançada pela gravadora Som Livre, do mesmo grupo que é dono da Globo.


Entre uma música e outra, o programa exibiu breve trecho do show de Gaby no Rec-Beat (foto acima) em 15 de fevereiro (que comentamos aqui), ressaltado como o maior momento de sua carreira até agora, e onde Faustão foi buscar a comparação com Beyoncé, base aliás das chamadas que, ao longo do programa, ele fazia para anunciar a presença da nortista. Inclusive era de Beyoncé, e não de Gaby Amarantos, o vídeo que era exibido em todas essas chamadas.

Abaixo você confere quase a íntegra da participação de Gaby no programa (o vídeo pára bem na hora em que o apresentador dispensa a convidada, sem maiores delongas). Destaque para os trechos do show do Recife.

5 comentários:

  1. A voz e o carisma de Gabi são inconfundíveis. Retrata a mistura e a levada autentica da música que se faz nessa região do país. Parabéns Gabi:

    ResponderExcluir
  2. Adorei ver a nossa cantora Gaby Amarantos no programa do Faustão e da Ana Maria Braga, seria muito bom se empresários apoiassem os cantores do PARÀ. temos que apoia-los, para que nossa musica daqui do Pará não seja falsificada lá fora, com fez a BANDA DEJAVU(que vergonha) ganhando fama emcima da BANDA TECNO SHOW de GABY AMARANTOS, Parabens GABY. segue em frente.

    ResponderExcluir
  3. Parabens Gaby Amarantos, adorei ver a banda Tecno show no Programa do faustão, vai em frente GABY

    ResponderExcluir
  4. ela deveria pelo menos apresentar uma música autoral já que aqui os bregueiros se apossam das "obras" principalmente internacionais e não pagam o os direitos, e enchem a boca dizendo que são suas as composições

    ResponderExcluir
  5. cara eu semrpe que vejo ela não vejo muita graça ,eu vejo ela muito cansada cantando,e tudo que ela fz mais ...é dizer treme trem treme ,mexendo os ombros, existem outros lá no pará que as musicas são em melhores...mas tudo isso nem é questão de o povo gostar é oque esta pagando por traz ...sempre um cantor paga para se apresentar ...na globo...eu revenero quem vai lá por que o povo colocou e não o empresario ...bom eu só axo que ela é sim uma boa cantora ,sim mas deixa a desejar um pouco pra ta fazendo tanto sucesso ....

    ResponderExcluir