Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 21 de março de 2010

Na Rede: Grito Rock Manaus, um mês depois


Ao preparar a atualização deste domingo da seção Vamos Falar de Jornalismo Cultural?, do meu site Jornalismo Cultural, na qual incluí justamente o texto do dia 22 de fevereiro que apresentava a nova seção, dei-me conta de que hoje faz um mês, exatamente, que o Som do Norte foi o primeiro veículo a noticiar a interrupção do Grito Rock Manaus, a partir dos relatos da jornalista Cyneida Correia no Twitter, ao vivo do local do evento na noite de 20 de fevereiro. Julguei oportuno, então, reunir aqui as principais publicações a respeito do assunto disponíveis na internet. 

A primeira, de fato, foi Manaus: um Grito Rock pela metade, em que editei o relato dos Twitters de Cyneida e do Coletivo Difusão, um dos promotores do Grito na capital do Amazonas. No mesmo dia, o texto foi reproduzido na íntegra no site Manaus Rock, onde foi amplamente comentado. 

No dia seguinte, publiquei a respeito a notícia  Iekuana toca no Grito Rock Boa Vista - e quase não toca no de Manaus, no site da Rádio Vertical, e comentei o fato em texto publicado na capa do Jornalismo Cultural, o mesmo que foi republicado hoje na Vamos Falar...

Também na segunda, nossa nota Na Rede: A hora em que o Grito Rock Manaus parou reproduziu vídeo publicado pouco antes pelo Manaus Rock. Igualmente no dia 22, foi postado no YouTube o vídeo abaixo, com o início do show da banda Snatch, até o momento da interrupção. 

Não sendo possível a Snatch seguir no palco, acertou-se que a Iekuana, que viajara de Boa Vista de ônibus por conta própria unicamente para se apresentar no Grito Rock Manaus, poderia "tocar apenas duas músicas", como é informado no texto Polícia invade palco e encerra evento de música, publicado no dia 24 na Folha de Boa Vista

No dia 25, o site Centro de Mídia Independente - CMI Brasil  publicou um dos textos de maior repercussão sobre o evento, intitulado Relato sobre o Grito Manaus, e assinado por Sâmia Amorim, que em comentário feito pouco depois na própria página informava que seu relato "é oficial e foi feito pelos Organizadores do Grito Manaus 2010". Ele foi reproduzido na íntegra  no blog do Coletivo Difusão no mesmo dia, no MacacaralhoManauara há três semanas, e no site do Grito Rock, com o título de Relato Grito Rock Manaus, há duas semanas e três dias.  

Ainda no dia 25, a TV Amazon Sat exibiu uma reportagem feita por Carlos Batata sobre o Grito no programa Raízes da Amazônia.  Foram entrevistados  Allan Gomes, do Coletivo Difusão, os artesãos Fabiano e Rô Alves, da grife Kaaitá, que expunham seus produtos no dia do evento, e os músicos Diego, da Antiga Roll, e Moisés Martins, da 00:00; aparecem ainda trechos dos shows das duas bandas. É o único dos materiais localizados que não cita a interrupção do evento. O vídeo foi publicado pela emissora em seu site, na página do programa, em 5 de março, porém a exibição trava próximo dos 1:25 (verifiquei agora há pouco, às 18h07, e seguia assim). Os músicos da Antiga Roll obtiveram com a Amazon uma cópia do programa, que postaram no YouTube, que então pode ser visto sem travamento aqui abaixo ou no blog da banda, num post do dia 8 de março. Cinco dias antes, a Antiga Roll já comentara sua participação no Grito, posteriormente interrompido, no post Putaqueopariu!

As fotos que ilustram esta matéria nos foram enviadas por Cyneida Correia e mostram a banda Iekuana em dois momentos antes de entrar no palco (acima) e, aqui, durante o show em Manaus. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário