Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Disco do Mês: Mundano


Nosso Disco do Mês de fevereiro é o CD Mundano, do cantor e compositor paraense Arthur Nogueira, gravado como resultado da premiação obtida no  Projeto Pixinguinha da Funarte - Edição 2008, e lançado num minicircuito de shows pelo Pará que iniciou em Belém (18 de setembro de 2009), prosseguiu em Santarém (25 de setembro) e foi concluído em Bragança (1º de outubro). 

Aos 21 anos, dos quais 6 dedicados a música, Arthur Nogueira já teve seu trabalho elogiado por importantes profissionais da música brasileira, a exemplo de Marina Lima e Antonio Cicero. Jornalista e leitor assíduo de poesia, incorpora às canções densas referências e imagens poéticas, influenciado por autores como Carlos Drummond de Andrade e Waly Salomão.  Seus poemas já foram publicados na revista Cult (São Paulo). 

Seu primeiro CD, Arthur Nogueira (2007), foi gravado com incentivo do Banco da Amazônia e do Governo do Estado do Pará. Trata-se de um álbum que desenha a paisagem amazônica de maneira sutil e universal. No repertório, músicas dele mesmo, além de temas assinados por Floriano, Emanuel Matos, Jorge Andrade, Maria Lidia, João de Jesus Paes Loureiro e outros compositores do Pará, mais uma versão para “Por que você faz cinema?”, de Adriana Calcanhoto e Joaquim Pedro de Andrade.


Produzido pelo intérprete juntamente com Maria Lidia, Mundano  reúne canções escritas por Arthur sozinho ou em parceria com Leandro Dias, Vital Lima, Marcelo Ribeiro, Maria Lidia e Renato Torres. Foi gravado no estúdio Apce Music Edition, em Belém, e conta com a participação especial das cantoras Alba Maria e Marina Lima, ambas lendo trechos de poemas.

O processo de composição, as relações de amor, a função do autor e os sentimentos que a música é capaz de despertar nas pessoas. Esses são os temas que formam o conceito de Mundano. O CD incita uma breve discussão sobre o processo de criação: uma canção só vem porque quer e a partir de um bom motivo. Quando chega ao mundo, imediatamente se torna parte dele e nem mesmo o autor pode calcular os efeitos que sua obra é capaz de despertar em um eventual ouvinte. Qualquer um pode se apropriar dela a seu bel-prazer - daí dizer que a música é mundana.

O repertório faz referência ao que é relativo ao mundo, como as canções, e aos elementos mundanos da vida pós-moderna: as efêmeras relações de amor em uma cidade grande e os prazeres carnal e material que decorrem disso. "Sei lá", de Felipe Cordeiro, evoca signos característicos de Belém: o carimbó, o clima quente e úmido, as gírias. "Lá", de Arthur Nogueira (à esquerda, em foto de Thiago Kunz), faz referência ao mar do Rio de Janeiro e às praias de Ipanema e Leblon. Outras canções, como "03h05", "Deixa" e "Pretexto" (parceria, respectivamente, com Vital Lima, Leandro Dias e Marcelo Ribeiro), são declarações de amor essencialmente urbanas.

Entre as 11 canções do CD, há duas regravações: "Mal secreto", de Jards Macalé e Waly Salomão, lançada por Gal Costa na década de 1970; e "$ Cara", de Marina Lima e Antonio Cicero.

A direção musical de Mundano é de Felipe Cordeiro e os arranjos foram elaborados em conjunto com a banda – da qual, além de Felipe e Arthur, fazem parte os músicos Renato Torres (guitarra), Maurício Panzera (baixo) e Arthur Kunz (bateria) - os três últimos compõem a banda Clepsidra.




Som do Norte

Gostou da nossa caixinha cantante?
Então copie o código e leve-a para cantar em seu site ou blog!



FICHA TÉCNICA 
repertório 
01. mal secreto (jards macalé e waly salomão)
02. deixa (arthur nogueira e leandro dias)
03. sei lá (felipe cordeiro)
04.(arthur nogueira)
05. $ cara (marina lima e antonio cicero)
06. carbono (arthur nogueira e maria lidia)
07. convite (vital lima e arthur nogueira)
08. 03h05 (vital lima e arthur nogueira)
09. pretexto (arthur nogueira e marcelo ribeiro)
10. gratuito (renato torres e arthur nogueira)
11. sem nome (arthur nogueira e marcelo ribeiro)
ficha musical
renato torres guitarra e violão aço
felipe cordeiro violão nylon
maurício panzera baixo
arthur kunz bateria
rodrigo ferreira teclados em “mal secreto”, “convite”,  “$ cara” e “pretexto”
márcio jardim percussão em “lá”, “carbono”, “convite”, “pretexto”, “sei lá” e  “deixa”
ribeiro trombone em “pretexto”
arthur nogueira guitarra em “sem nome”
alba maria voz em “03h05”, trecho do poema “le chat”, de charles baudelaire
maria lidia voz e violão em “vimos rei arthur” (maria lidia) música incidental em "carbono"
marina lima voz em “gratuito”, trecho do poema “felicidade”, de antonio cicero
*  renato torres, maurício panzera e arthur kunz são a banda clepsidra
ficha técnica 
direção geral arthur nogueira
direção musical felipe cordeiro
arranjos arthur nogueira, felipe cordeiro, renato torres, maurício panzera e arthur kunz, exceto “03h05”, arranjo de  floriano | “pretexto”, arranjo de felipe cordeiro | “gratuito”, arranjo de renato torres    
técnicos de gravação assis figueiredo e ulisses moreira
estúdio de gravação apce music edition (belém/pa)
mixagem assis figueiredo
concepção visual e design gráfico gil yonezawa
fotografia jaime souzza
tratamento de imagem gil yonezawa
participação especial (fotos) baguera, “le chat”
produção executiva m.m. produções ltda.
direção de produção maria lidia
assistente de produção elias pinheiro
realização fundação nacional de artes (funarte) - projeto pixinguinha 2008 
muito obrigado cicero, marina, mônica marques, cássio tavernard, márcio macedo, marta braga, dé palmeira, felipe, renato, panzera, arthur, rodrigo, márcio jardim, floriano, maria lidia, ton, dand, alba, marcelo, leandro, vital, gil, jaime, andréa, giluí, cris, simone, pessoal de casa, pessoal do “bodega” e toda a equipe da fundação nacional de artes (funarte). subamos!
redes de relacionamento 
http://www.flickr.com/photos/mundano_

CONTATOS PARA SHOW:

Nenhum comentário:

Postar um comentário