Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Programação do Grito Rock Rio Branco

Por Kaline Rossi
do Coletivo Catraia


Pela quarta vez o Acre fará parte do maior festival independente integrado da América Latina. O Grito Rock acontece em Rio Branco nos dias 29 e 30 de janeiro, sexta e sábado, na sede social do Rio Branco Football Club, e em mais de 80 cidades do Brasil e países vizinhos durante o período carnavalesco.


O Festival surgiu no ano de 2003 em Cuiabá (MT), como um grito alternativo de carnaval, focado na música autoral. No ano de 2006, com o crescimento do Circuito Fora do Eixo em todas as regiões do país, o festival se expandiu. Passou a ser realizado simultaneamente em diversos pontos desta que hoje é a maior rede de coletivos produtores de cultura do Brasil.

A marca desta edição será a pluralidade. Bandas da capital e do interior, iniciantes e consolidadas apresentarão em 2 dias a diversidade da produção autoral acreana. O metal das bandas Zebulom, Wildchild, Survive e Fire Angel, o rock poético de Capuccino Jack, Parafal e Caro John (Tarauacá) e o instrumental do Caldo de Piaba serão apresentados juntamente com as boas surpresas da K-42 (Sena Madureira), Alter Ego, AC 40 e Mogno. Mas nem só de rock vive o Grito.


O Coletivo Catraia, realizador do Grito Rock Rio Branco, é um dos 45 pontos que realizam trabalhos em conjunto no Circuito Fora do Eixo. Além do Grito Rock, outra ação que articula os pontos desta rede é o Observatório Fora do Eixo. Conectados pela internet, os membros dos diversos coletivos do Circuito a cada edição discutem temas pertinentes ao mundo da cultura independente, sempre acompanhados de especialistas convidados. No dia 28 de janeiro, o tema em pauta será a formalização de coletivos culturais. O Catraia mediará um debate com o consultor do SEBRAE Emerson Costa Gomes, que por meio do Projeto Cultura Acreana apoia a formalização de diversos grupos culturais do Estado. A recém criada Cooperativa dos Músicos do Acre também estará presente, como estudo de caso de organização artística. Os interessados em acompanhar o debate podem acessar, no dia 28 de janeiro às 18h (pelo horário de Brasília, 20h), o endereço: http://observatorioforadoeixo.wordpress.org

Em 2010 o Grito se consolida como um festival de artes integradas, ampliando a sua programação. No começo de cada dia será a vez do Hip Hop: show de dança de rua com Tropa de Elipe Breakers, workshop de break com o B-boy Master Figa (Porto Velho) e campeonato de B-boys. Entre um show e outro, o público poderá conferir a produção de curtas metragem de produtores da cidade, uma atividade realizada em parceria com a Associação Samaúma Cinema e Vídeo. Em parceria com a CUFA-AC, acontecerão intervenções de grafitti e será montada uma banca para confecção de camisetas no local. O público poderá adquirir uma camiseta na hora, ou levar sua camiseta para aplicar a estampa de sua banda preferida. Ao final dos shows, a festa continua com a discotecagem dos Djs Izonel e Yuri.



O Grito Rock é uma realização do Circuito Fora do Eixo e do Coletivo Catraia, em parceria com o Centro Acreano de Hip Hop, CUFA-AC e Samaúma Cinema e Vídeo, com patrocínio da Malharia M&M e LOC-MAC, apoio do Governo do Estado do Acre, Supersom, O paço, SEBRAE-AC, Armarinho Badate, Biau Som, AFA e loja Brazucas.


Serviço:
Grito Rock Rio Branco 2010

29 e 30 de janeiro - às 18h
Sede social do Rio Branco Football Club (centro)
Entrada franca até as 20h; após R$ 10,00 por dia (estudantes e lista amiga R$ 5,00)


Nenhum comentário:

Postar um comentário