Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Assembléias setoriais de Cultura: Roraima reúne 17 segmentos e festeja mais uma vitória

O Extremo Norte do País está em festa.  

O velho ditado “a união faz a força” parece estar estampado nos sorrisos de artistas, gestores e produtores culturais que circulam por estas bandas do Brasil.

Tudo por conta da Assembléia Setorial de Cultura de Roraima, realizada neste sábado, 23 de janeiro, no Palácio da Cultura Nenê Macaggi, Centro de Boa Vista, Roraima.

Resultado de esforço e união partilhados entre a sociedade civil e o poder público (Prefeitura de Boa Vista/FETEC, Núcleo de Cultura do Estado de Roraima, Fórum Permanente de Cultura, Coletivo Arteliteratura Caimbé, Coletivo Canoa Cultural, IPHAN e Sociedade Civil), o evento é a prova viva de que a máxima supracitada apresenta-se como algo bem maior que um simples ditado popular: é uma preciosa semente geradora de árvores cujos frutos possuem um doce e suave sabor de vitória.

Organizada por Vinícius Tocantins, Hudson Romério, Carla Gisele Moraes, Edgar Borges, Chiquinho Santos e Zanny Adairalba, a assembléia teve p articipação maciça da classe artística e a representatividade de 17 segmentos da cultura local (Artesanato, Arte Digital, Artes Visuais, Arquitetura e Urbanismo, Audiovisual, Circo, Culturas afro-brasileiras, Culturas indígenas, Culturas populares, Dança, Moda, Literatura, livro e leitura, Música, Patrimônio Imaterial, Museus, Patrimônio Material e Teatro).

A Assembléia Setorial de Cultura de Roraima elegeu uma delegação de 51 representantes da sociedade civil (e respectivos suplentes) e ainda 17 indicações do poder público que apresentarão propostas nas pré-conferências setoriais de cultura, marcadas para fevereiro, em Brasília.

Foi uma ação planejada com muita responsabilidade, espírito de equipe e, por que não dizer, uma pitada de ousadia, visto o curto espaço de tempo proposto para sua execução e a incumbência de mobilizar o maior número possível de segmentos culturais em um único evento.


A iniciativa mostra um amadurecimento político e social que, certamente, abrirá novos caminhos rumo à qualificação das políticas públicas e a valorização dos profissionais da área neste Estado da Amazônia.

Roraima reconhece e agradece o esforço do Ministério da Cultura, seus programas e ações que vem funcionando como uma mola propulsora de fortalecimento sócio-cultural no Estado e ainda a visita cada vez mais constante de seus representantes.

Agradece em especial a realização do 20º Seminário do Sistema Nacional de Cultura (realizado em novembro de 2009, em Roraima), com a presença de Roberto Peixe, Bernardo Machado, Alberdan Batista e Diana Célia Gomes, entre outros, que apresentaram esclarecimentos e orientações definitivas para as tomadas de decisões necessárias nesse processo de construção de um novo e promissor cenário na área de produção e gestão cultural.



* Zanny Adairalba é Gestora Cultural do Município de Boa Vista-RR, membro do Fórum Permanente de Cultura de Roraima - Coordenação de Mobilização, sócia fundadora do Coletivo Arteliteratura Caimbé, Membro da Equipe de Coordenação da Rede de Pontos de Cultura da Prefeitura de Boa Vista - Programa Cultura Viva/ Minc, compositora e poetisa.

Publicado originalmente no blog Coletivo Arteliteratura Caimbé

Enviado por Victor Matheus, do Coletivo Canoa Cultural, Delegado Setorial de Música de Roraima para a Pré-Conferência Setorial de Música

Nenhum comentário:

Postar um comentário