Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Música do Dia: Baixaria Blues

No Acre, "baixaria" tem um significado a mais do que nos outros estados do Brasil: a palavra denomina um prato que leva pão de milho, cheiro verde, carne moída e ovo frito, e que tem grande saída no Mercado Velho, em Rio Branco - vários dos restaurantes estampam, orgulhosos: "Temos baixaria".

Não fica claro se era exatamente à iguaria que se refere um dos versos - Nem ligo pra baixaria do mercado falido - da nossa Música do Dia, "Baixaria Blues", parceria de Diogo Soares (de Los Porongas) e Saulo Machado (da Filomedusa e da Camundogs. Quando a Camundogs ainda era Stigma, Saulo assinava às vezes seu sobrenome como Shabbacka). Mas que se trata de um clássico recente da música acreana, não se tenham dúvidas. A banda Stigma a apresentou em seu show Acústico Stigma 7 anos, dentro do projeto Quinta Cultural do Basa, realizado no Teatro Plácido de Castro (Teatrão) em 25 de agosto de 2005. Nesse dia, houve a participação especial nesta música de Pia Vila, artista citado na letra (No ouvido, o velho Pia Vila adoidado). Mas depois desse show, a música passou a ser praticamente uma marca registrada da cantora Carol Freitas (que naquela noite no Teatrão cantou "Todos Querem Jogar", de João Eduardo, Diogo Soares e Aarão Prado).  


Carol Freitas

Carol gravou "Baixaria Blues" três vezes, pelo menos: em 2006, 2007 e 2009. A mais recente foi num EP de sua banda atual, Filomedusa, lançado virtualmente em março no  MySpace; esta nova versão contém uma citação de "O Trem da Viagem", de Felipe Jardim e Pia Vila, e seu andamento é mais lento que o da incluída no CD Quinta Cultural Acre, de 2007. Nesse CD, Carol contou com a participação do baixista C.A. Benjamim, seu colega na banda Caricatus, mais os músicos André Dantas (piano e teclados), Jorge Gondim (bateria) e Charles Brown (guitarra). É bastante possível que tenham sido os mesmos a lhe acompanhar na gravação de 2006, cuja sonoridade é bastante parecida com a do CD Quinta Cultural... A diferença maior é que, no CD, Carol realizou uma interpretação vocal linear (e irretocável, também, justiça se lhe faça). Já na gravação de 2006, que é a que vamos ouvir, Carol suingou bastante ao final. 

CAROL FREITAS
"
Baixaria Blues" (Diogo Soares - Saulo Machado)


Agradecimento: Aldeia FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário