Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

domingo, 13 de setembro de 2009

Agenda Belém: Lançamento do DVD Billy Blanco, o Compositor

No sábado, 19 de setembro, o palco do Teatro Maria Sylvia Nunes se transformará por uma noite na casa de Billy Blanco. Em um cenário que lembra uma sala de estar, o compositor paraense, 85 anos feitos em maio, recebe seus amigos e parceiros Paulo André Barata, Sebastião Tapajós, Juliana Sinimbú, Nanna Reis, Lívia Rodrigues, Eloy Iglesias, além do filho, Billynho Jr., para cantar, conversar e ver trechos do DVD Billy Blanco, o Compositor. Na banda que os acompanha, Tynnôko Costa (piano e direção musical), Mario Jorge (contrabaixo) e Thiago D'Albuquerque (percussão).

O DVD reúne um show coletivo gravado em 19 de junho de 2008 no Theatro da Paz, quando do lançamento do CD também intitulado Billy Blanco, o Compositor, e depoimentos de Sebastião Tapajós, Paulo André Barata, Luiz Pardal, Tynnôko Costa, Dudu Neves, Alfredo Oliveira, Nilson Chaves, Edgar Augusto, Juliana Sinimbú, Olivar Barreto, Paulo José Campos de Melo e dois integrantes da Orquestra Brasileira de Belém, os jovens Moisés Batista e Luana Brandão; os depoimentos foram gravados na Taberna São Jorge, no Bar e Restaurante Palafita e no Boteco das Onze.

Billy Blanco e Tynnôko Costa

Trechos dos depoimentos

  • "Tudo o que se falar de Billy Blanco vai ser pouco. Billy Blanco é um dos maiores expoentes da música brasileira. É dele um dos primeiros sucessos do Tom Jobim, 'Teresa da Praia’. E eu vi um depoimento do Baden Powell dizendo que a vida dele tinha mudado em 90 graus depois que ele conheceu o Billy. A Bossa Nova também foi outra coisa que o Billy participou diretamente. O Billy é um expoente brasileiro maior e o Brasil talvez ainda não tenha acordado pra isso. Ele é um cidadão do mundo e tenho as melhores lembranças e o maior carinho pelo Billy." (Sebastião Tapajós)
  • "Billy Blanco é cronista do cotidiano brasileiro e tem seu lugar na história da MPB." (Paulo André Barata)
  • "Billy mandava discos de 78 rotações para o meu pai, Edyr Proença. Em um deles, ouvi a Doris Monteiro cantando ‘Mocinho Bonito’, tinha uma dedicatória: ‘para meu amigo Edyr, do amigo Billy Blanco’. Quis conhecê-lo, pois fiquei curioso que o papai fosse amigo de um compositor que a Doris Monteiro tinha gravado” (Edgar Augusto)
  • "A obra dele foi cantada pelos artistas, na época, os mais consagrados e veteranos, mas os novos também vem cantando Billy Blanco. O que foi sucesso é sucesso sempre." (Juliana Sinimbú)
Serviço

Show de lançamento do DVD Billy Blanco, o compositor
Teatro Maria Sylvia Nunes (Estação das Docas)
Data: 19 de setembro de 2009 - 20h
Ingresso: R$ 20,00 (inteira, com direito ao DVD) e R$ 10,00 (meia)

Um comentário:

  1. A produção do espetáculo confirmou que ele inicia às 20h, e não às 21h, como informado inicialmente.

    ResponderExcluir