Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Agenda 26 de outubro: Belém


Galeria: Karol Diva no Projeto Botequim (fotos e vídeo)

A cantora amapaense Karol Diva foi a atração desta terça, 21, no Projeto Botequim do SESC Centro (Macapá). Acompanhada por uma banda que teve a direção musical do violonista José Maria Cruz, a intérprete fez desfilar em sua bela voz clássicos e sucessos regionais (a exemplo de "Ao Pôr-do-Sol", de Firmo Cardoso) e nacionais, como "Lança Perfume" (Rita Lee) e "Folhetim" (Chico Buarque). 



Karol aproveitou a ocasião para anunciar que prepara o lançamento de um CD de "releituras tucujus" (ou seja, regravações de clássicos da música amapaense). Uma faixa que já está certa no trabalho é "Tajá" (Osmar Júnior - Fernando Canto), que neste show Karol cantou ao lado de Silmara Lobato (vocalista da banda Negro de Nós). Outros hits regionais no show foram "Tô em Macapá" (Nivito), "Jeito Tucuju" (Val Milhomem - Joãozinho Gomes). Da mesma dupla é "Mal de Amor", marabaixo que foi um dos pontos altos do show - aprecie este momento no vídeo que gravamos em HD e que encerra esta postagem. 

Com Mayara Braga (foto abaixo), Karol cantou "Sufoco", sucesso de Alcione. O número que encerrou o show também era do repertório da Marrom: "Não Deixe o Samba Morrer", que contou com duas participações especiais, a das irmãs cantoras Lílian Carvalho e Carol Carvalho. 

Outro convidado foi o cantor e compositor Enrico Di Micelli, que além de dividir o palco com Karol também apresentou duas canções solo, acompanhando-se ao violão. 


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Agenda Macapá: Programação do Festival de Música Instrumental do Amapá - Feminsap/2014

 Fotos do evento de 2012, por Katya Lacerda


QUINTA-FEIRA – 23 de Outubro. Às 16h
LOCAL: Norte das Águas – Orla do Araxá
- Amazon Music  (AP)
- Charme no Chôro (PA)
- Carvô Jazz (AP)


SEXTA-FEIRA – 24 de Outubro
LOCAL: Escola de Música Walkíria Lima. Às 16h
Workshop com Nelson Faria (Guitarra) e Kiko Freitas (Bateria)

LOCAL: Norte das Águas – Orla do Araxá. Às 21h

- Lolito do Bandolim  (AP)
- Mini Paulo (PA)
- Manoblues Band (AP)


SÁBADO – 25 de Outubro

LOCAL: Escola de Música Walkíria Lima. Ás 14h.
Master Class com Nosso Trio

LOCAL: Norte das Águas – Orla do Araxá. Às 21h
- Denis Lapassion  (Guiana)
- Nosso Trio (RJ)


SEGUNDA-FEIRA – 27 de Outubro – Horário da tarde a ser confirmado
LOCAL: Escola de Música Walkíria Lima
Workshop com Ney Conceição.

INSCRIÇÕES PARA WORKSHOP: 9174-1402/8108-2181

VALOR: R$ 20,00


Turnê Amazônia de Patrícia Bastos chega a Manaus


Agenda 23 de outubro: Macapá




segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Cinco bandas do Amazonas gravam DVD nesta quinta em Manaus

Nesta quinta, 23 de outubro, as bandas Nattus Triballia, Os Tucumanus, Casa de Caba, Selva Madre e Raizes Caboclas estarão no palco montado no Tiwa Ecoresort, às marges do Rio Negro, para gravar o DVD da campanha Nossa Energia Move a Amazônia, organizada pela Distribuidora Equador de Petróleo. As bandas foram escolhidas através de votação realizada na internet.


Nattus Tribalia


Casa de Caba


Os cerca de 250 convidados que irão assistir a gravação sairão do pier do Estaleiro Juruá, localizado na Ponta do Ismael, no bairro do São Raimundo, em barcos que partirão com intervalos de meia hora a partir das 16h da quinta-feira. O responsável pela promoção, David Freidzon,  gerente de marketing da Equador Petróleo, comenta que foi solicitado que todos vistam roupas brancas. A gravação deve durar cerca de cinco horas.

Raízes Caboclas

Os Tucumanus


O DVD será lançado em uma festa no dia 3 de dezembro, no Anfiteatro da Ponta Negra, com novo show das bandas vencedoras, mais apresentações de Gabriel o Pensador e da banda Detonautas, além de atividades esportivas e culturais. Serão produzidas 30 mil cópias do DVD.







Selva Madre

Agenda 26 de outubro: Santa Isabel (PA)


Agenda 24 de outubro: Macapá





Agenda 22 de outubro: Belém



sábado, 11 de outubro de 2014

Agenda: 12 de outubro

Macapá:







Rio de Janeiro:


No clipe de "Ela Vem", Liah Soares homenageia o Círio e Nossa Senhora de Nazaré

Estamos em plena comemoração do Círio de Nazaré, a grande festividade em homenagem a Nossa Senhora que mobiliza por completo a cidade de Belém no começo de outubro, atingindo seu auge no segundo domingo do mês - amanhã, portanto -, quando a imagem da Virgem é levada em procissão de volta à Basílica de Nazaré (eu morava a meia quadra da praça do CAN na época do Círio de 2011 e posso garantir: a partir da quinta-feira que antecede o domingo do Círio, a cidade literalmente se transforma e as ruas no entorno da Basílica ficam lotadas de fiéis que vêm agradecer à santa as graças alcançadas - muitos desses fiéis são paraenses que moram em outros estados e retornam à cidade apenas na época do Círio). 

É, portanto, o momento mais adequado para publicarmos no blog o clipe da canção "Ela Vem", uma homenagem a Nossa Senhora de Nazaré e ao Círio, gravada pela cantora paraense Liah Soares em dueto com o padre Reginaldo Manzotti; o clipe foi lançado no YouTube no final de setembro.

Feliz Círio!






sexta-feira, 10 de outubro de 2014

@BandaCalypso retuita o @SomdoNorte

Hoje às 10h50, publicamos em nosso Twitter uma notícia muito auspiciosa - a fan page da Banda Calypso no Facebook atingiu nesta semana a marca de 2 milhões de curtidas! Para comemorar a marca, a banda criou esta imagem de agradecimento:



Como era de se esperar, o índice foi logo superado - neste momento, a página já registra 2.009.133 curtidas! 

Este foi o nosso tuíte, publicado pela manhã:

Às 15h53, o Twitter oficial da banda retuitou nossa mensagem para seus  114.535 seguidores:




De lá pra cá, vários fãs da banda curtiram e retuitaram nossa mensagem da manhã. Às 18h16, Franklin R. Vieira, fã da Calyso e morador de Teófilo Otoni (MG), nos mandou a seguinte mensagem: 


Ouvindo Junto: Natália Matos

A cantora paraense Natália Matos comenta faixa a faixa seu CD de estreia:

1 – Cio: É uma música do terceiro álbum do Kiko Dinucci, em parceria com Douglas Germano. Sempre quis gravar essa música, pela intensidade que ela carrega e pela identificação com esse universo de imagens e emoções. Ela já estava no repertório dos meus shows e agora ganhou um lindo arranjo do Guilherme Kastrup, cheio de mistérios, que flerta com a cumbia.

2 – Beber Você: Mais uma pérola dessa parceria de Felipe Cordeiro, Arnaldo Antunes, Manoel Cordeiro, Luê e Betão Aguiar. Que belo jogo de palavras de uma saudade doída de um amor. Ela é bem humorada, que até a saudade se veste de leveza, como faz a água. A música é graciosa e ficou cheia de suingue com as percussões arrasadoras de Guilherme Kastrup.

3 – Você Me Ama, Mas: Essa é a nossa música pop do disco. Uma das minhas primeiras composições, fala dos limites do amor e expõe a dificuldade de se ser só quando somos, os dois amantes, um só. Frases impulsivas e um tanto irônicas trazem um quê de humor no incômodo com o outro e na busca da tristeza e da solidão para se compor.

4 – Coração Sangrando: Um brega rasgado da Dona Onete, compositora que conquista qualquer coração com seu chamego e suas incríveis canções. Quando estive em sua casa, ela cantarolou toda a intenção do arranjo dos sopros, e no dia em que ele ficou pronto eu fui abaixo de emoção. Pra completar, tive o prazer de cantá-la ao lado de Zeca Baleiro, que trouxe ainda mais beleza. É de chorar!

5 – Baila de Havana: A gente deu um ar super moderno para esta música inédita de um grande compositor do Pará, o qual eu não poderia deixar de gravar, Ronaldo Silva. A letra é despretensiosa, fala de um jogo de conquista dentro de um baile, ainda faz referência a vários ritmos latinos e tem um clima super caliente.

6 – Flor do Segredo: Fui tocada pela delicadeza e sinceridade desta letra de amor. Embalada por um clima de fado, ganhou efeitos e condução minimalista do Guilherme Kastrup que se somam à viola do Caçapa, aos violinos de Hertz, e trouxe uma intensidade que eu procurava. Ela é do Almirzinho Gabriel, autor de outras tantas belas músicas como esta.

7 – Um Amor de Morrer: Conheci esta canção em um vídeo. Achei aquilo tudo muito precioso e a pedi ao Rômulo Fróes, que me entregou de coração, como se entrega um pássaro ao voo. O arranjo ficou precioso como ela: o cavaco do Rodrigo Campos e a viola do Caçapa ressoando tocantes e doloridos como um amor de morrer.

8 – Pouca Luz: Um momento de solidão, encantamento e reflexão sobre o tempo e a luz elétrica. A música passa por ritmos diferenciados que, neste arranjo, ganharam um refinamento e uma profundidade incríveis.

9 – Maria do Pará: Iva Rothe a compôs pensando nas marchinhas do Pinduca, e nós a fizemos mais experimental. A história é um barato: um romance entre uma paraense do interior, de uma ilha, e um rapaz da “cidade”, que enfrentam a distância pelo “écran” e viagens de po-po-pô (barquinho monomotor usado para chegar a comunidades ribeirinhas). Gosto muito do MPC misturado aos meus vocais, que se confundem com a voz principal quase como se fosse a tentação desta Maria.

10 – Este Pranto é Meu: Quis regravar esta música do Pim, irmão do Pinduca. Fizemos mais grave, mais lenta, passeando pelo carimbó e pelo marabaixo, com as guitarras do Kiko Dinucci “ferindo mais que um punhal”. Há nela um lirismo que me encanta.

11 – Cândido Brilho: Minha primeira música em parceria. Renato Torres veio fazer perdurar o encantamento com a noite e com a lua e levou minha urbana solidão para a beira do mar. Ela flertava com a guitarrada quando cantada no Terruá Pará, e entrou no disco, para registrar este meu momento, em versão mais rápida, quase uma lambada.

12 – Cio (DubMix): Guilherme Kastrup se encantou com a possibilidade de iniciar e finalizar o trabalho com a mesma música depois que vimos prontos os belos Dub que o Victor Rice preparou para esta e várias outras músicas do disco.


Agenda: 10 de outubro

Macapá:







Manaus:



Palmas:



Belém: